Abrir menu principal

Lista de seleções masculinas de futebol

artigo de lista da Wikimedia

Esta é uma lista das seleções masculinas de futebol no mundo. Há mais nações com equipes de futebol do que para qualquer outro esporte, com equipes representando 191 dos 193 estados membros da ONU, bem como vários territórios dependentes, entidades subnacionais e estados que não são membros das Nações Unidas. Esta lista divide as equipes em dois grupos principais:

  • Equipes que são membros da Federação Internacional de Futebol (FIFA), o órgão que rege o futebol no mundo (211 equipes), ou que têm filiação em uma confederação continental afiliada à FIFA sem serem membros da FIFA (12 equipes).
  • Equipes que não são membros da FIFA ou de qualquer federação continental, mas que representam estados soberanos. Este grupo inclui membros das Nações Unidas e estados observadores, bem como estados que não são membros da ONU (12 equipes).

Índice

Os Países filiados à FIFAEditar

 
Mapa do Mundo com as suas seis confederações.

Há atualmente 211 seleções nacionais afiliadas à Federação Internacional de Futebol (FIFA), o maior órgão governamental de futebol, distribuídos em seis diferentes confederações. Eles têm direito a disputar a Copa do Mundo FIFA (caso se classificarem) e os jogos entre eles são reconhecidos como partidas internacionais. Baseado nos resultados das equipes nos últimos quatro anos, é elaborado mensalmente o Ranking Mundial da FIFA.

Cada seleção nacional é também afiliada a uma das seis confederações, de acordo com sua localização:

Ásia (AFC)Editar

Devido à dimensão geográfica da Ásia, a AFC é subdividida em quatro sub-federações:

África (CAF)Editar

Devido ao tamanho geográfico da África, a CAF é dividido em cinco federações regionais:

Américas do Norte e Central, e Caribe (CONCACAF)Editar

A federação CONCACAF é dividido em três federações regionais que têm a responsabilidade de parte da área geográfica da região:

Zona Norte-americana - NAFUEditar

Zona Centro-americana - UNCAFEditar

Zona do Caribe - CFUEditar

América do Sul (CONMEBOL)Editar

Oceania (OFC)Editar

Europa (UEFA)Editar

Seleções participantes nos campeonatos de confederações continentaisEditar

Estas seleções nacionais não são filiadas à FIFA, apenas às confederações continentais. Participam dos campeonatos continentais, como exemplo, a Copa Ouro da CONCACAF.

Ásia (AFC)Editar

África (CAF)Editar

Américas do Norte e Central, e Caribe (CONCACAF)Editar

Oceania (OFC)Editar

Seleções não filiadas à confederações da FIFAEditar

As equipes nacionais de futebol incluídas nesta seção não são membros da FIFA nem de suas confederações continentais afiliadas. As equipes não são elegíveis para participar da Copa do Mundo FIFA ou de seus campeonatos de confederações continentais. Os estatutos da FIFA não permitem que as equipes participantes compitam com esses lados sem a prévia permissão da mesma.

Esta seção lista:

  • 7 equipes representando estados que não são membros das Nações Unidas.

Estados soberanos não afiliadosEditar

Existem sete estados membros e observadores das Nações Unidas que não são membros da FIFA nem de suas confederações continentais afiliadas. Cinco deles, no entanto, têm colocado equipes nacionais em amistosos não oficiais, torneios de nível olímpico (como os Jogos do Pacífico ou os Jogos da Micronésia) ou em torneios realizados fora dos auspícios da FIFA. Essas equipes estão listadas abaixo.

Nauru é um estado membro da ONU sem nenhum time oficial de futebol, embora haja relatos de equipes não-oficiais de Nauru jogando amistosos em pelo menos duas ocasiões. Outro estado-membro da ONU, as Ilhas Marshall, não possuem nenhum time de futebol nacional registrado.

Estados não afiliados com limitado reconhecimento internacionalEditar

Três estados com reconhecimento internacional limitado, estados soberanos de facto, são membros plenos da FIFA e estão listados acima: Palestina e Taiwan (como Taipé Chinês) são membros da FIFA e da AFC; Kosovo é membro da FIFA e da UEFA.

Nenhum dos estados soberanos de facto ou parcialmente reconhecidos restantes são membros da FIFA nem de suas confederações continentais afiliadas. Sete equipes nacionais competem em jogos de futebol não-FIFA e amistosos não oficiais:

As associações nacionais que representam todas as sete dessas equipes são filiadas a ConIFA, uma organização para equipes representando estados não reconhecidos, regiões subnacionais e minorias sem pátria.

Territórios depedentesEditar

Os times de futebol que representam os seguintes territórios depedentes, não são membros da FIFA ou da sua confederação local:

Associações regionaisEditar

Os times de futebol que representam os seguintes associações regionais, não são membros da FIFA ou da sua confederação local:

Regiões históricas, autônomas e micronaçõesEditar

Os times de futebol que representam os seguintes regiões históricas, autônomas e micronações, não são membros da FIFA ou da sua confederação local:

ConIFAEditar

 Ver artigo principal: ConIFA

NF-BoardEditar

 Ver artigo principal: NF-Board

Ex-Equipes nacionais de futebolEditar

Essas equipes nacionais já não existem mais devido à dissolução da nação ou do território que eles representavam. Apenas as equipes nacionais que já foram membros da FIFA estão listadas abaixo.

Equipe anterior Equipe(s) sucessor
(a posição herdada/resultados)
Outra equipe sucessor(s) Notas
  Tchecoslováquia   República Tcheca   Eslováquia Representou a Tchecoslováquia até a sua dissolução na República Tcheca e na Eslováquia em 1993. Competiu como Representante de Tchecos e Eslovacos para o restante de suas partidas nas eliminatórias da Copa do Mundo de 1994.
  Sarre   Alemanha Ocidental Representou o Protetorado de Sarre de 1950 a 1956 antes de sua união com a República Federal da Alemanha.
  Alemanha Ocidental (oficialmente República Federal da Alemanha)   Alemanha Representou a Alemanha Ocidental entre 1952 e 1990, antes da reunificação com a Alemanha Oriental.
  Alemanha Oriental (oficialmente República Democrática Alemã)   Alemanha Representou a Alemanha Oriental entre 1952 e 1990, antes da reunificação com a Alemanha Ocidental.
  Irlanda   Irlanda do Norte   Irlanda Representou a Irlanda desde 1882. A partir de 1922, quando o Estado Livre Irlandês (posteriormente República da Irlanda) deixou o Reino Unido, até 1953, continuou a escolher jogadores de toda a Ilha da Irlanda, antes de se restringir a jogadores da Irlanda do Norte sob pressão da FIFA.
  Malaia   Malásia Representou a Federação Malaia desde 1953 até sua união com Sarawak, Bornéu do Norte e Singapura para formar a Malásia em 1963. Singapura, que ganhou a independência em 1965, manteve sua equipe nacional preexistente.
  Tanganica   Tanzânia Representou Tanganica até sua união com Zanzibar como Tanzânia, em 1964. Zanzibar é um membro associado da CAF e portanto não é um membro da FIFA.
  Mandato Britânico da Palestina   Israel   Palestina Representou o Mandato Britânico da Palestina desde 1934 até a formação do Estado de Israel em 1948. Uma equipe representando os Territórios Palestinos foi formada em 1953 e foi admitida na FIFA em 1998.
  Vietnã do Sul (oficialmente Vietnã)   Vietnã Representou o Vietnã do Sul de 1949 a 1975. O Vietnã do Norte e o Vietnã do Sul mantiveram equipes de futebol separadas de 1954 a 1975. A atual Seleção Vietnamita de Futebol é considerada a sucessora da equipe do Vietnã do Sul, já que o Vietnã do Norte não era membro da FIFA.
  Iêmen do Norte (oficialmente República Árabe do Iêmen)   Iêmen Representou o Iêmen do Norte desde 1965 até sua união com o Iêmen do Sul em 1990.
  Iêmen do Sul (oficialmente República Democrática Popular do Iêmen)   Iêmen Representou o Iêmen do Sul desde 1965 até sua união com o Iêmen do Norte em 1990.
  República Árabe Unida   Egito   Síria Representou a República Árabe Unida de 1958 a 1961 até a secessão da Síria. Foi considerada uma continuação da anterior Seleção Egípcia de Futebol, que se tornou a sua equipe sucessora. A equipe continuou a ser conhecida como a República Árabe Unida até 1970.
  União Soviética   CEI   Estônia
  Letônia
  Lituânia
Representou a União Soviética desde 1940 até a sua dissolução em 1991. Esta foi considerada uma continuação da equipe que tinha representado anteriormente o Império Russo. As equipes que representam a Estônia, a Letônia e a Lituânia estiveram ativas independentemente antes de sua incorporação à União Soviética em 1940.
  CEI   Rússia   Armênia
  Azerbaijão
  Bielorrússia
  Geórgia
  Cazaquistão
  Quirguistão
  Moldávia
  Tajiquistão
  Turcomenistão
  Ucrânia
  Uzbequistão
Representou a Comunidade dos Estados Independentes e da Geórgia a partir de janeiro de 1992 até o final da Eurocopa do mesmo ano, a fim de tomar o lugar da União Soviética na competição.
  Iugoslávia   República Federal da Iugoslávia   Bósnia e Herzegovina
  Croácia
  Macedônia do Norte
  Eslovênia
Representou a Iugoslávia entre 1920 e 1992, antes da dissolução da República Socialista Federativa da Iugoslávia em Bósnia e Herzegovina, Croácia, República Federal da Iugoslávia, Macedônia e Eslovênia.
  República Federal da Iugoslávia (Posteriormente renomeada como Sérvia e Montenegro)   Sérvia   Montenegro Representou a República Federal da Iugoslávia, conhecida como Sérvia e Montenegro depois de 2003, desde 1992 até a sua dissolução na Sérvia e em Montenegro em 2006. Kosovo declarou independência da Sérvia em 2008, e sua seleção nacional foi aceita na UEFA e na FIFA em 2016.
  Antilhas Neerlandesas   Curaçao   Aruba
  Bonaire
  Sint Maarten
Aruba se tornou uma nação separada em 1986 e foi reconhecida pela FIFA em 1988. A antiga seleção representou as Antilhas Neerlandesas até a dissolução do país em 2010. Anteriormente conhecido como "Curaçao", este nome foi restaurado em março de 2011, quando o novo país constituinte de Curaçao tomou o lugar das Antilhas Neerlandesas na FIFA e na CONCACAF. As equipes que representam Bonaire e Sint Maarten são membros efetivos da CONCACAF, mas não da FIFA.

Mudaram os nomesEditar

Além do acima, outras nações foram renomeados:

Ver TambémEditar

Ligações externasEditar