Lista dos campeões estaduais de futebol do Brasil em 2019

A lista a seguir traz dados acerca dos campeonatos estaduais de futebol realizados no Brasil em 2019.[1]

Significados das colunas:

  • Estado: nome do estado, listados em ordem alfabética.
  • Copa do Brasil 2020: times classificados para a Copa do Brasil em sua edição de 2020 pelo Campeonato Estadual. [Ordem de posição final]
  • Série D 2020: times classificados para o Campeonato Brasileiro de Futebol - Série D em sua edição de 2020.
  • Final: placares dos jogos finais ou, em caso de não ter havido final, a vantagem do campeão ao final do campeonato.
  • Rebaixados: times rebaixados para a divisão inferior (2ª divisão, Série B, Módulo II) de 2020. [Ordem de posição final]
Temporada de Estaduais 2019
Dados
Período 22 de dezembro de 201815 de dezembro de 2019
◄◄ Estaduais de 2018 Estaduais de 2020-2021 ►►

Estaduais Editar

Estado Campeão/Artilheiro Vice-campeão Copa do Brasil 2020 Série D 2020 Final Rebaixados
 
AC
Atlético Acreano
(9° título)
Adriano (Galvez)
9 gols
Galvez Atlético Acreano
Galvez[2]
Galvez[2]
Rio Branco-AC
Galvez 1 x 1 Atlético Acreano
Atlético Acreano 1 (5) x (4) 1 Galvez
 
AL
CSA
(39° título - 2º consec.)
Alexandre (Jacyobá)
8 gols
CRB CSA
CRB
Coruripe[3]
Coruripe
Jacyobá
CSA 1 x 0 CRB
CRB 1 (2) x (4) 0 CSA
Dimensão Capela
 
AM
Manaus
(3° título - 3º consec.)
Raílson (Penarol)
7 gols
Fast Clube Manaus
Fast Clube[4]
Fast Clube[4]
Nacional-AM
Fast Clube 0 x 2 Manaus
Manaus 0 x 0 Fast Clube
Rio Negro-AM
Sul América
 
AP
Santos-AP
(7° título)
Tony Love (Trem)
7 gols
Ypiranga-AP Santos-AP Santos-AP
Ypiranga-AP
Ypiranga-AP 1 x 0 Santos-AP
Santos-AP 2 x 0 Ypiranga-AP
 
BA
Bahia
(48° título - 2º consec.)
João Neto (Atlético de Alagoinhas)
8 gols
Bahia de Feira Bahia
Bahia de Feira
Atlético de Alagoinhas
Atlético de Alagoinhas
Bahia de Feira
Vitória da Conquista
Bahia de Feira 1 x 1 Bahia
Bahia 1 x 0 Bahia de Feira
Jequié
 
CE
Fortaleza
(42° título)
Edson Cariús (Ferroviário)
10 gols
Ceará Ceará
Barbalha[5]
Floresta
Guarany de Sobral
Fortaleza 2 x 0 Ceará
Ceará 0 x 1 Fortaleza
Iguatu[6]
Guarani de Juazeiro[7]
 
DF
Gama
(12° título)
Jessuí (Formosa)
8 gols
Brasiliense Gama
Brasiliense
Brasiliense
Gama
Gama 3 x 1 Brasiliense
Brasiliense 2 x 2 Gama
Santa Maria
Bolamense
 
ES
Vitória-ES
(10° título)
Robert (Real Noroeste)
12 gols
Real Noroeste Vitória-ES
Vitória-ES Vitória-ES 1 x 1 Real Noroeste
Real Noroeste 1 (2) x (4) 1 Vitória-ES
Tupy[8]
Castelo[9]
 
GO
Atlético Goianiense
(14° título)
Alan Mineiro (Vila Nova)
9 gols
Goiás Atlético Goianiense
Goiás
Vila Nova
CRAC
Goianésia
Goiânia
Atlético Goianiense 3 x 0 Goiás
Goiás 0 x 1 Atlético Goianiense
Itumbiara
Novo Horizonte
 
MA
Imperatriz[10]
(3° título)
Cris (Cordino) / Marciano (Maranhão) / Maxuell Samurai (Sampaio Corrêa) / Toquinho (Cordino) / Vinícius Paquetá (Pinheiro)
4 gols
Moto Club[10] Imperatriz
Moto Club
Sampaio Corrêa
Moto Club Imperatriz 0 x 0 Moto Club
Moto Club 2 x 3 Imperatriz
Santa Quitéria
 
MT
Cuiabá
(9° título - 3º consec.)
Caio Dantas (Cuiabá)
8 gols
Operário VG Operário VG
União Rondonópolis
Operário VG
União Rondonópolis
Operário VG 0 x 2 Cuiabá
Cuiabá 2 x 2 Operário VG
Juara
Operário FC
 
MS
Águia Negra
(3° título)
Salomão (Águia Negra)
10 gols
Aquidauanense Águia Negra
Aquidauanense
Águia Negra
Aquidauanense
Aquidauanense 1 x 2 Águia Negra
Águia Negra 0 x 1 Aquidauanense
URSO
União ABC
Novoperário
Operário de Dourados
 
MG
Cruzeiro
(40° título - 2º consec.)
Fred (Cruzeiro)
12 gols
Atlético Mineiro Cruzeiro
Atlético Mineiro
América Mineiro
Boa Esporte
Caldense
Patrocinense
Tupynambás
Cruzeiro 2 x 1 Atlético Mineiro
Atlético Mineiro 1 x 1 Cruzeiro
Guarani-MG
Tupi[11]
 
PA
Remo
(46° título - 2º consec.)
Michel (Paragominas)
5 gols
Independente-PA Remo
Independente-PA
Bragantino-PA
Bragantino-PA
Independente-PA
Independente-PA 1 x 0 Remo
Remo 2 x 0 Independente-PA
São Francisco-PA
São Raimundo-PA
 
PB
Botafogo-PB
(30° título - 3º consec.)
Clayton (Botafogo-PB)
7 gols
Campinense Botafogo-PB
Campinense
Atlético Cajazeirense
Campinense
Campinense 1 x 2 Botafogo-PB
Botafogo-PB 2 x 0 Campinense
Esporte de Patos
Serrano-PB
 
PR
Athletico Paranaense
(24° título - 2º consec.)
Rodrigão (Coritiba)
7 gols
Toledo Toledo
Coritiba
Londrina
Operário Ferroviário
FC Cascavel
Toledo
Toledo 1 x 0 Athletico Paranaense
Athletico Paranaense 1 (6) x (5) 0 Toledo
Maringá
Foz do Iguaçu
 
PE
Sport
(42° título)
Hernane (Sport)
9 gols
Náutico Sport
Náutico
Afogados
Afogados
Central
Salgueiro
Náutico 0 x 1 Sport
Sport 1 (4) x (3) 2 Náutico
América-PE
Flamengo de Arcoverde
 
PI
River-PI[10]
(31° título)
Eduardo (River-PI)
8 gols
Altos[10] River-PI
Altos
Altos
River-PI
Altos 2 x 3 River-PI
River-PI 3 x 0 Altos
 
RJ
Flamengo
(35° título)
Bruno Henrique (Flamengo)
8 gols
Vasco da Gama Vasco da Gama
Bangu
Fluminense
Volta Redonda
Boavista
Bangu
Cabofriense
Vasco da Gama 0 x 2 Flamengo
Flamengo 2 x 0 Vasco da Gama
America
Goytacaz
 
RN
América de Natal
(36° título)
Jefinho (Potiguar de Mossoró)
13 gols
ABC América de Natal
ABC
América de Natal
Potiguar de Mossoró
ABC 0 x 0 América de Natal
América de Natal 2 x 1 ABC
Força e Luz
 
RS
Grêmio[12]
(38° título - 2º consec.)
Marcão Santana (São Luiz) / Rafael Gava (Caxias)
6 gols
Internacional[12] Caxias
São Luiz
Novo Hamburgo
Caxias
São Luiz
Internacional 0 x 0 Grêmio
Grêmio 0 (3) x (2) 0 Internacional
Avenida
Veranópolis
 
RO
Vilhenense
(1° título)
Leleco (Real Ariquemes) / Rodrigão (Guaporé)
6 gols
Ji-Paraná Vilhenense Ji-Paraná
Vilhenense
Ji-Paraná 0 x 1 Vilhenense
Vilhenense 1 x 1 Ji-Paraná
 
RR
São Raimundo-RR
(10° título - 4º consec.)
Clébson Monga (São Raimundo-RR)
6 gols
Baré São Raimundo-RR Baré
São Raimundo-RR
São Raimundo-RR 2 x 1 Baré
 
SC
Avaí
(17° título)
Daniel Amorim (Avaí)
9 gols
Chapecoense Avaí
Chapecoense
Joinville
Marcílio Dias
Atlético Tubarão
Avaí 1 (4) x (2) 1 Chapecoense Metropolitano
Hercílio Luz
 
SP
Corinthians
(30° título - 3º consec.)
Diego Cardoso (Guarani) / Jean Mota (Santos) / Rafael Costa (Botafogo-SP) / Ytalo (RB Brasil)
7 gols
São Paulo Novorizontino
Ferroviária
Ponte Preta[N 1]
Ferroviária
Novorizontino
Mirassol[N 1]
São Paulo 0 x 0 Corinthians
Corinthians 2 x 1 São Paulo
São Caetano
São Bento
Red Bull Brasil[N 1]
 
SE
Freipaulistano
(1° título)
Luan (Freipaulistano)
9 gols
Itabaiana Freipaulistano
Lagarto
Freipaulistano
Itabaiana
Itabaiana 1 x 2 Freipaulistano
Freipaulistano 3 x 1 Itabaiana
Guarany-SE
Olímpico
 
TO
Palmas
(7° título - 2º consec.)
Dudu (Arsenal) / Tozin (Palmas)
6 gols
Tocantinópolis Palmas Tocantinópolis
Palmas
Tocantinópolis 0 x 1 Palmas
Palmas 3 x 1 Tocantinópolis
Alvorada[13]
Arsenal[14]
Araguaína[14]
Gurupi
Notas
  1. a b c Red Bull Brasil após a fusão com o Bragantino foi impedido de disputar a Copa do Brasil por ser do mesmo dono do Bragantino, já classificado para competição e sua vaga foi repassada para a Ponte Preta. O clube também desistiu de sua vaga na Série D e sua vaga foi repassada ao Mirassol e ainda, o clube foi auto-rebaixado para a Série A2 por não poder disputar a mesma divisão que outro clube do mesmo dono, com isso o Água Santa, 3º colocado na Série A2 foi promovido para seu lugar.

Artilheiros Editar

Estado Artilheiro Gols  
  AC   Adriano (Galvez) 9
  AL   Alexandre (Jacyobá) 8
  AM   Raílson (Penarol) 7
  AP   Tony Love (Trem) 7
  BA   João Neto (Vitória) 8
  CE   Edson Cariús (Ferroviário) 10
  DF   Jessuí (Formosa) 8
  ES   Robert (Real Noroeste) 12
  GO   Alan Mineiro (Vila Nova) 9
  MA   Cris (Cordino)
  Marciano (Maranhão)
  Maxuell Samurai (Sampaio Corrêa)
  Toquinho (Cordino)
  Vinícius Paquetá (Pinheiro)
4
  MG   Fred (Cruzeiro) 12
  MS   Salomão (Águia Negra) 10
  MT   Caio Dantas (Cuiabá) 8
  PA   Michel (Paragominas) 5
  PB   Clayton (Botafogo-PB) 7
  PE   Hernane (Sport) 8
  PI   Eduardo (River-PI) 8
  PR   Rodrigão (Coritiba) 7
  RJ   Bruno Henrique (Flamengo) 8
  RN   Jefinho (Potiguar de Mossoró) 13
  RO   Leleco (Real Ariquemes)
  Rodrigão (Guaporé)
6
  RR   Clébson Monga (São Raimundo-RR) 6
  RS   Marcão Santana (São Luiz)
  Rafael Gava (Caxias)
6
  SP  Diego Cardoso (Guarani)
  Jean Mota (Santos)
  Rafael Costa (Botafogo-SP)
 Ytalo (RB Brasil)
7
  SC   Daniel Amorim (Avaí) 9
  SE   Luan (Frei Paulistano) 9
  TO   Dudu (Arsenal)
  Tozin (Palmas)
6

Turnos Estaduais Editar

Campeonato Primeiro Turno Segundo Turno
Campeonato Acriano   Primeiro Turno / Galvez[2]   Segundo Turno / Atlético Acreano
  Campeonato Amazonense   Primeiro Turno / Fast Clube[4]   Segundo Turno / Manaus
Campeonato Carioca   Taça Guanabara / Vasco da Gama   Taça Rio / Flamengo
Campeonato Carioca - Série A2   Taça Santos Dumont / America
  Taça Corcovado / Friburguense
Campeonato Carioca - Série B1   Primeiro Turno / Pérolas Negras   Segundo Turno / Rio São Paulo
  Campeonato Paranaense   Primeira Taça / Toledo   Segunda Taça / Athletico Paranaense
  Campeonato Potiguar   Taça Cidade de Natal / ABC   Taça Rio Grande do Norte / América de Natal
  Campeonato Roraimense   Taça Boa Vista / São Raimundo-RR   Taça Roraima / Baré

Torneios Extra Editar

Estado Competição Campeão Vice-Campeão Outros participantes
 
CE - (Detalhes)
Taça Padre Cícero Guarany de Sobral
(2º título)
Horizonte
 
MG - (Detalhes)
Campeonato Mineiro do Interior Boa Esporte
(3º título)
Tombense
 
RS - (Detalhes)
Campeonato do Interior Gaúcho Caxias
(12º título)
 
SP - (Detalhes)
Campeonato Paulista do Interior Red Bull Brasil
(1º título)
Ponte Preta Oeste
Guarani
Mirassol
Botafogo-SP
Bragantino

Divisões de Acesso Editar

Estado Divisão Campeão Promovidos Rebaixados
 
AL
Segunda Divisão CSE
(2° título)
CSE
 
AM
Série B Amazonas
(1° título)
Amazonas
São Raimundo
 
BA
Segunda Divisão Doce Mel
(2° título)
Doce Mel
 
CE
Série B Caucaia
(1° título)
Caucaia
Pacajus
Maracanã-CE
Esporte Limoeiro
Série C Pacatuba
(2° título)
Pacatuba
Itapipoca
 
DF
Segunda Divisão Paranoá
(2° título)
Paranoá
Ceilandense
 
ES
Série B São Mateus
(3° título)
São Mateus
Linhares
 
GO
Divisão de Acesso Jaraguá
(1° título)
Jaraguá
Anápolis
Trindade
América de Morrinhos
Terceira Divisão Goiatuba
(1° título)
Goiatuba
Inhumas
 
MA
Segunda Divisão Juventude Samas
(1° título)
Juventude Samas Viana
Balsas[15]
Expressinho
 
MT
Segunda Divisão Nova Mutum
(1° título)
Nova Mutum
Poconé
 
MS
Série B Pontaporanense
(1° título)
Pontaporanense
Maracaju
CENA
 
MG
Módulo II Coimbra
(1° título)
Coimbra
Uberlândia
Uberaba
Tricordiano
Segunda Divisão Pouso Alegre
(1° título)
Pouso Alegre
Betim
Mamoré[16]
 
PA
Segunda Divisão Itupiranga
(1° título)
Itupiranga
Carajás
 
PB
Segunda Divisão Sport Lagoa Seca
(1° título)
Sport Lagoa Seca
São Paulo Crystal
Miramar
Nacional de Pombal
Spartax
 
PR
Segunda Divisão PSTC
(2° título)
PSTC
União de Francisco Beltrão
Paranavaí
Iraty
Terceira Divisão Andraus
(2° título)
Andraus
Arapongas
 
PE
Série A2 Decisão Sertânia
(1° título)
Decisão Sertânia
Retrô Brasil
 
PI
Segunda Divisão Picos
(2° título)
Picos
Timon
 
RJ
Série B1 Friburguense
(3° título)
Friburguense
America
Barra da Tijuca
Itaboraí
Tigres do Brasil
Série B2 Rio São Paulo
(1° título)
Rio São Paulo
Maricá
Santa Cruz-RJ
Juventus
Série C Ceres
(1° título)
Ceres
Campo Grande
 
RN
Segunda Divisão Força e Luz
(4° título)
Força e Luz
 
RS
Divisão de Acesso Ypiranga de Erechim
(5° título)
Ypiranga de Erechim
Esportivo
São Borja
Farroupilha
Segunda Divisão Guarany de Bagé
(3° título)
Guarany de Bagé
Brasil de Farroupilha
 
SC
Série B Almirante Barroso
(2° título)
Concórdia
Juventus de Jaraguá[17]
Blumenau
Série C Caçador
(2° título)
Caçador
 
SP
Série A2 Santo André
(5° título)
Santo André
Inter de Limeira
Água Santa[N 1]
Nacional-SP
Linense
Série A3 Audax
(1° título)
Audax
Monte Azul
Taboão da Serra
São Carlos
Segunda Divisão Paulista
(1° título)
Paulista
Marília
 
SE
Série A2 América de Pedrinhas
(1° título)
América de Pedrinhas
 
TO
Segunda Divisão Capital
(1° título)
Capital
Nova Conquista/Miranorte
Araguacema
Notas
  1. Red Bull Brasil após a fusão com o Bragantino foi impedido de disputar a Copa do Brasil por ser do mesmo dono do Bragantino, já classificado para competição e sua vaga foi repassada para a Ponte Preta. O clube também desistiu de sua vaga na Série D e sua vaga foi repassada ao Mirassol e ainda, o clube foi auto-rebaixado para a Série A2 por não poder disputar a mesma divisão que outro clube do mesmo dono, com isso o Água Santa, 3º colocado na Série A2 foi promovido para seu lugar.

Ver também Editar

Referências

  1. «Almanaque dos Estaduais 2019». globoesporte.com. Consultado em 8 de junho de 2019 
  2. a b c «Atlético-AC 1 x 1 Galvez - Campeonato Acreano 2019 Primeiro turno (Final) - Tempo Real - Globo Esporte». globoesporte.com. Consultado em 15 de abril de 2019 
  3. «Terceiro lugar do Alagoano garante o Coruripe na Copa do Brasil de 2020». Globoesporte. Consultado em 15 de abril de 2019 
  4. a b c «Fast 1 x 1 Penarol-AM - Campeonato Amazonense 2019 Primeiro turno (Final) - Tempo Real - Globo Esporte». globoesporte.com. Consultado em 11 de abril de 2019 
  5. «Barbalha é campeão da primeira fase do Cearense 2019». Globoesporte. Consultado em 10 de abril de 2019 
  6. «CEARENSE: Barbalha vence mais uma e segue invicto; Iguatu está rebaixado». Futebol Interior. Consultado em 10 de abril de 2019 
  7. «CEARENSE: Iguatu e Guarani de Juazeiro rebaixados no final da primeira fase». Futebol Interior. Consultado em 10 de abril de 2019 
  8. «Tupy-ES 1 x 1 Rio Branco VN - Campeonato Capixaba 2019 rodada 8 - Tempo Real - Globo Esporte». globoesporte.com. Consultado em 10 de abril de 2019 
  9. «Rio Branco-ES 6 x 1 Castelo - Campeonato Capixaba 2019 rodada 8 - Tempo Real - Globo Esporte». globoesporte.com. Consultado em 10 de abril de 2019 
  10. a b c d «River é campeão do Piauiense; Imperatriz ergue a taça no Maranhão». Gazeta Esportiva. 14 de abril de 2019. Consultado em 19 de abril de 2019 
  11. «Cruzeiro vence, se aproxima da liderança e rebaixa o Tupi». Gazeta Esportiva. 16 de março de 2019. Consultado em 10 de abril de 2019 
  12. a b «Nos pênaltis, Grêmio vence o Inter na Arena e conquista o Gauchão 2019». GaúchaZH. 18 de abril de 2019. Consultado em 19 de abril de 2019 
  13. «Tocantinense; Grupo A; Alvorada; Força Jovem; Interporto; Palmas - Futebol Interior». m.futebolinterior.com.br (em inglês). Consultado em 16 de maio de 2019 
  14. a b «TOCANTINENSE: Arsenal é rebaixado e Atlético Cerrado se classifica». Futebol Interior. Consultado em 16 de maio de 2019 
  15. «SÉRIE "B": Balsas desiste da competição e Bv/15 de Novembro é o primeiro classificado para a semifinal.». BLOG DO ADONIAS SOARES. 31 de agosto de 2019. Consultado em 6 de setembro de 2019 
  16. Lima, Vitor. «Mamoré herda vaga do América-TO e disputará o Módulo II 2020 – Segundona Mineira». Consultado em 7 de novembro de 2019 
  17. «Barroso não disputa Série A do Catarinense 2020 e Juventus assume a vaga». www.nsctotal.com.br. Consultado em 15 de outubro de 2019