Abrir menu principal
Lourenço Cybo
Conde de Ferentilo
Co-governante de Massa e Carrara
Retrato de Lourenço Cybo,
por Parmigianino, 1524
1519-1549
Ricarda Malaspina
Descendência Leonor Cybo-Malaspina
Júlio I Cybo-Malaspina
Alberico I Cybo-Malaspina
Casa Cybo, Cybo-Malaspina (desde 1520)
Nascimento 20 de julho de 1500
  Sampierdarena, República de Gênova
Morte 14 de março de 1549 (48 anos)
  Pisa, Ducado de Florença
Enterro Catedral de Massa
Pai Franceschetto Cybo
Mãe Madalena de Médici

Lourenço Cybo (em italiano: Lorenzo Cybo; 20 de julho de 1500 - 14 de março de 1549) foi um nobre e general italiano, pertencente à família Cybo, que veio a ser duque de Ferentillo.

Nascido em Sampierdarena (na atual Génova), era filho de Franceschetto Cybo e Madalena de Médici, filha de Lourenço de Médici. Era familiar próximo de vários membros da hierarquia da Igreja católica, entre os quais se contam os Papas Leão X, seu tio materno, e Inocêncio VIII, seu avô paterno.

CasamentoEditar

Inocêncio VIII incitou-o a casar-se com Ricarda I (Ricciarda), herdeira da família Malaspina, que governava os estados de Massa e Carrara. O casamento realizou-se em 14 de maio de 1520, data em que adoptou o apelido Cybo-Malaspina[1]. Os Cybo-Malaspina sucederam-se continuamente no Ducado de Massa e Carrara até finais do Século XVIII.[2]

DescendênciaEditar

Do seu casamento com Ricarda Malaspina, Lourenço teve três filhos que usaram o apelido Cybo-Malaspina:

  1. Leonor (Eleonora), (1523 - 1594), que casou primeiro com Gian Luigi Fieschi, Conde de Lasagna e Sr. de Pontremoli e Torriglia; e em segundas núpcias com Gianludovico "Chiappino" Vitelli, Marquês de Cetona;
  2. Júlio (Giulio) (1525 - 1548), Marquês de Massa e Senhor de Carrara de 1546 a 1547, sem geração;
  3. Alberico I (Alberico) (1534 - 1623), Marquês de Massa e Senhor de Carrara de 1553 a 1623[3]. Com geração dos seus dois casamentos.

Lourenço teve ainda um filho natural:

Carreira políticaEditar

Em 25 de julho de 1519, Lourenço herdou o feudo da família de seu pai, o Condado de Ferentillo, nos Estados Pontifícios, governando-o até à morte.

Depois de uma breve passagem pela Corte de França foi, a partir de 1524 governador de Spoleto e, desde 1530, comandante-general dos Estados Pontifícios , graças à influência familiar (para além do ti e do avô que tinham sido Papas, o seu irmão era o Cardeal Inocêncio Cybo.

Lourenço morre em Pisa, na altura já uma possessão dos florentinos, em 14 de março de 1549.


Precedido por
Franceschetto Cybo
 
Conde de Ferentillo

1519-1549
Sucedido por
Alberico I Cybo-Malaspina


Referências

  1. de acordo com http://genealogy.euweb.cz/italy/cybo2.html foi no ano do seu casamento que Lourenço adoptou o apelido composto, que permitiu dar continuidade aos Malaspina no governo de Massa-Carrara, sem esquecer a sua origem familiar
  2. «Cybo, Lorenzo, marchese di Massa e conte di Ferentillo». Dizionario Biografico degli Italiani (em italiano) 
  3. entre os muitos outros títulos usados pelo marquês contam.se: Conde I1566) e Marquês (1569) de Aiello, Barão de Paduli 1566), Conde de Ferrentillo (1549), Senhor de Monteleone (1562-1565)