Lost in the Fire

"Lost in the Fire" é uma canção do DJ francês Gesaffelstein e do cantor canadense The Weeknd. A faixa foi lançada em 11 de janeiro de 2019 como o segundo single do segundo álbum de estúdio de Gesaffelstein, Hyperion (2019).[3][4] Jason "DaHeala" Quenneville ajudou os artistas a compor e produzir a canção, com textos adicionais de Ahmad "Belly" Balshe e Nate Donmoyer.

"Lost in the Fire"
Single de Gesaffelstein e The Weeknd
do álbum Hyperion
Lançamento 11 de janeiro de 2019 (2019-01-11)
Formato(s)
Gênero(s)
Duração 3:15
Idioma(s) inglês
Gravadora(s) Columbia
Composição
Produção
Cronologia de singles de Gesaffelstein
"Reset"
(2018)
"Blast Off"
(2019)
Cronologia de singles de The Weeknd
"What You Want"
(2018)
"Wake Up"
(2019)

Antecedentes e lançamentoEditar

Alguns meses após suas duas colaborações com The Weeknd, nas faixas "I Was Never There" e "Hurt You", do EP de 2018 do artista, My Dear Melancholy,, Gesaffelstein lançou o single "Reset", de seu segundo álbum de estúdio Hyperion.[5] Após o lançamento do single em novembro de 2018, ambos os artistas coincidentemente começaram a soltar teasers sobre seus próximos projetos para os fãs, com The Weeknd compartilhando várias fotos de si mesmo trabalhando em estúdio em suas mídias sociais, e Gesaffelstein compartilhando imagens de possíveis capas de Hyperion em outdoors e em suas mídias sociais. Uma semana depois do Ano Novo de 2019, tanto Gesaffelstein quanto The Weeknd anunciaram um single colaborativo intitulado "Lost in the Fire", com ambos os artistas postando mais fotos do videoclipe da canção até o lançamento da mesma, em 11 de janeiro de 2019.[6]

Letra e controvérsiasEditar

Charles Holmes, da revista Rolling Stone, descreveu a letra da canção como sendo aquele tipo de "canção direta de Weeknd, permeando o limite entre amor épico e luxúria neurótica, como ele costuma fazer". Ele também menciona como, na canção, Tesfaye está sofrendo a perda de um parceira em um verso, enquanto no outro ele está prometendo satisfazer sexualmente sua parceira. Especula-se que uma das mulheres referidas na canção seja sua atual namorada, a modelo Bella Hadid. Os versos "And I just want a baby with the right one/’Cause I could never be the one to hide one" ("E eu só quero um bebê com a certa/Pois eu nunca seria o tipo que esconde um filho") foram percebidas por Holmes como sendo uma crítica ao cantor Drake, no que diz respeito à revelação controversa de que ele tem um filho, ocorrida como resultado da briga em letras de canções de rap entre ele e o rapper Pusha T.[7] Outros autores também viram a possibilidade dos versos serem uma crítica a Drake.[8]

A segunda estrofe da canção, com os versos "You said you might be into girls, said you're going through a phase/Keeping your heart safe/Well, baby, you can bring a friend/She can ride on top your face/While I fuck you straight" ("Você disse que talvez goste de meninas, disse que está passando por uma fase/Mantendo seu coração seguro/Bem, baby, você pode trazer uma amiga/Ela pode cavalgar na sua cara/Enquanto eu te fodo até virar hétero"), também causaram controvérsia. Os versos foram chamados de homofóbicos e misóginos, e foram acusados por alguns de fetichizar a bissexualidade e perpetuar a falácia de que uma pessoa pode "virar hétero".[9][10][11]

VideoclipesEditar

Após ser lançado um teaser de 11 segundos em 7 de janeiro de 2019, dois videoclipes foram lançados, juntamento como single, em 11 de janeiro de 2019. O primeiro dos dois foi um vídeo vertical, exclusivo do Spotify, o qual, após o lançamento da canção, chegou ao topo da lista de reprodução da plataforma, 'Today's Top Hits'.[12] O segundo dos dois foi o videoclipe oficial do single, o qual fora dirigido por Manu Cossu[1] e lançado no canal do YouTube de Gesaffelstein, como o teaser anteriormente mencionado. Ele apresenta The Weeknd realizando vários movimentos de dança e poses ao longo de cenas acompanhadas por um fundo escuro com Gesaffelstein em pé parado ao lado dele. Os críticos notaram o vídeo como sendo escuro e elegante. O vídeo vertical da canção foi posteriormente disponibilizado no canal de Gesaffelstein no YouTube em 11 de fevereiro de 2019.

Histórico de lançamentoEditar

Região Data de lançamento Formato(s) Gravadora Ref.
  Estados Unidos 11 de janeiro de 2019 Columbia [13]
14 de janeiro de 2019 Rádios hot adulto-contemporâneas [14]
15 de janeiro de 2019 Rádios mainstream [15]
22 de janeiro de 2019 Rádios dance [16]

Referências

  1. a b Kat Bein (11 de janeiro de 2019). «Gesaffelstein & The Weeknd Groove Slow in 'Lost In The Fire' Video: Watch». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 1 de junho de 2019 
  2. a b «Lost in the Fire - de Gesaffelstein, The Weeknd». Tidal. Aspiro. 11 de janeiro de 2019. Consultado em 1 de junho de 2019 
  3. Braudie Blais-Billie (11 de janeiro de 2019). «Listen to Gesaffelstein and the Weeknd's New Song "Lost in the Fire"». Pitchfork (em inglês). Condé Nast. Consultado em 1 de junho de 2019 
  4. «Gesaffelstein x The Weeknd - Lost in the Fire: Impacting Now». Columbia Records (em inglês). Sony Music. 11 de janeiro de 2019. Consultado em 1 de junho de 2019 
  5. Lake Schatz (11 de janeiro de 2019). «The Weeknd and Gesaffelstein reunite for "Lost in Fire": Stream». Consequence of Sound (em inglês). Consequence Holdings, LLC. Consultado em 2 de junho de 2019 
  6. «The Weeknd's Got Everyone Excited Teasing New Music 'Lost In The Fire'». Capital FM (em inglês). Global. 8 de janeiro de 2019. Consultado em 2 de junho de 2019 
  7. Charles Holmes (11 de janeiro de 2019). «The Weeknd's New Song Has People Wondering if He's Dissing Drake». Rolling Stone (em inglês). Wenner Publishing. Consultado em 2 de junho de 2019 
  8. Alyssa Bailey (11 de janeiro de 2019). «All the Bella Hadid and Drake References in The Weeknd's 'Lost in the Fire' Lyrics». Elle (em inglês). Hachette Filipacchi Médias. Consultado em 2 de junho de 2019 
  9. Sam Manzella (15 de janeiro de 2019). «The Weeknd Under Fire for Homophobic Lyrics». NewNowNext (em inglês). Logo TV. Consultado em 2 de junho de 2019 
  10. Josh Jackman (15 de janeiro de 2019). «The Weeknd slammed for singing 'f**k you straight' on 'Lost in the Fire'». PinkNews (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2019 
  11. Aaron Williams (14 de janeiro de 2019). «The Weeknd's 'Lost In The Fire' Lyrics Are Being Called 'Homophobic'». Uproxx (em inglês). Warner Music Group. Consultado em 2 de junho de 2019 
  12. «Today's Top Hits». Spotify (em inglês). 11 de janeiro de 2019. Consultado em 2 de junho de 2019 
  13. «Lost in the Fire». iTunes Store (em inglês). Apple. 11 de janeiro de 2019. Consultado em 2 de junho de 2019 
  14. «Hot/Modern/AC Future Releases: May 20, 2019». All Access Music Group (em inglês). 14 de janeiro de 2019. Consultado em 2 de junho de 2019 
  15. «Top 40/Mainstream Future Releases: May 20, 2019». All Access Music Group (em inglês). 15 de janeiro de 2019. Consultado em 2 de junho de 2019 
  16. «Dance Future Releases: May 20, 2019». All Access Music Group (em inglês). 22 de janeiro de 2019. Consultado em 2 de junho de 2019