Abrir menu principal

Love Is a Many-Splendored Thing

filme de 1955 dirigido por Henry King
Love Is a Many-Splendored Thing
Suplício de uma saudade (PRT)
A colina da saudade (BRA)
 Estados Unidos
1955 •  cor •  102 min 
Direção Henry King
Produção Buddy Adler
Roteiro John Patrick
Han Suyin (livro)
Elenco Jennifer Jones
William Holden
Gênero drama
romance
Música Alfred Newman
Distribuição Twentieth Century-Fox Film Corporation
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Love Is a Many-Splendored Thing (br: Suplício de uma Saudade; pt: A Colina da Saudade) é um filme estadunidense de 1955 do gênero Drama romântico, dirigido por Henry King para a 20th Century Fox. Roteiro de John Patrick do livro de 1952 de Han Suyin. A canção tema que fez muito sucesso ("Love is a Many-Splendored Thing") foi gravada pelo grupo The Four Aces. Jerry Vale, Nat King Cole e Frank Sinatra seriam outros dos muitos artistas que a cantariam nos anos seguintes.

O filme inspiraria uma telenovela americana de 1967 do mesmo nome.

ElencoEditar

 
Jennifer Jones como a médica eurasiana Han Suyin

SinopseEditar

 
Jennifer Jones e William Holden em cena do filme
 
Prédio em Hong Kong, atualmente demolido, que serviu como o Clube dos Correspondentes Estrangeiros, mostrado no filme

Em 1949, a China se torna comunista e os refugiados não param de chegar em Hong Kong. A médica eurasiana viúva Han Suyn está sobrecarregada com tantos atendimentos no hospital que trabalha e resolve tirar um dia de folga e ir a uma festa da sociedade. Lá ela encontra o correspondente de guerra americano casado Mark Elliott, que pede para fazer uma entrevista com ela. Os dois se apaixonam mas o homem não consegue o divórcio e a doutora começa a sofrer pressões, tanto em seu trabalho quanto da sua família. Quando estoura a Guerra da Coréia, o jornalista parte para acompanhar o conflito e o casal passa a se corresponder por cartas.

PrêmiosEditar

Referências

  1. «NY Times: Love Is a Many-Splendored Thing». NY Times. Consultado em 22 de dezembro de 2008 

Ligações externasEditar