Abrir menu principal

Luís Alberto da Silva Lemos

futebolista brasileiro
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre alguém que morreu recentemente. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (data da marcação: 15 de junho de 2019; editado pela última vez em 4 de junho de 2019) Twemoji 1f464.svg

Luiz Alberto Silva Lemos, mais conhecido como Luizinho Lemos ou Luizinho Tombo (Niterói, 3 de outubro de 1952Nova Iguaçu, 2 de junho de 2019) foi um futebolista e treinador brasileiro.[3][4]

Luisinho Lemos
Informações pessoais
Nome completo Luís Alberto Silva Lemos
Data de nasc. 3 de outubro de 1952
Local de nasc. Niterói (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Falecido em 2 de junho de 2019 (66 anos)
Local da morte Nova Iguaçu (RJ), Brasil
Informações profissionais
Posição atacante
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos)
1973–1974
1975–1977
1977–1978
1978–1979
1980–1982
1982–1984
1984–1985
1985–1987
1987–1988
1988–1990
1990–1991
1991–1992
1992–1994
America
Flamengo
Internacional
Botafogo
Las Palmas
America
Palmeiras
America
Ferroviário
Al-Wakrah
Al-Sadd
Americano
Qatar SC
00? 000(?)
160 00(95)
00? 000(?)
00? 000(?)
015 000(3)
00? 000(?)
00? 000(?)
00? 000(?)
00? 000(?)
00? 000(?)
00? 000(?)
00? 000(?)
00? 000(?)
Seleção nacional3
1976 Brasil 001 000(0)
Times/Equipas que treinou3
1994–1996
1996
1996
1997
1998
1999
1999
2000
2001
2001–2002
2003
2004-2005
2005
2005
2006
2006–2007
2007–2008
2008–2009
2018–2019
America
Remo
Madureira
America
Lagartense
Itaperuna
Bonsucesso
Rio Branco
Brasiliense
Al-Shamal
Ipiranga de Manhuaçu
Al-Seeb
Vilavelhense
Rio Branco
Vilavelhense
Al-Shabab
Al-Kharaitiyat
Hatta Club
America

Considerado um dos maiores ídolos do America, é o maior artilheiro da história deste clube, com 311 gols.[5][6] É irmão dos também atacantes Caio Cambalhota e César Maluco.[7]

Índice

BiografiaEditar

Luizinho era irmão de Caio Cambalhota e de César Maluco, outros centroavantes que fizeram história no futebol brasileiro. Assim como Caio, jogou no America, seu clube do coração em 1973 e 1974 e de 1982 a 1984, tornando-se o maior artilheiro da história do clube rubro com 311 gols e sagrando-se campeão do Torneio dos Campeões em 1982, da Taça Guanabara de 1974 e da Taça Rio em 1982.

Tombo jogou ainda com destaque, também com Caio, no Flamengo (1975 a 1977); no Sport Club Internacional (1977 e 1978), Botafogo (1978 e 1979); também como César, no Palmeiras (1984 e 1985), dentre outros clubes do exterior, pois jogou na Espanha, México e Catar, tendo feito 434 gols apenas atuando pelos clubes brasileiros, sem contar os seus gols no exterior.

Foi artilheiro do Campeonato Carioca de 1974 e 1983, pelo America. Foi o terceiro maior artilheiro do estádio do Maracanã.

Após encerrar a carreira como jogador, tornou-se técnico de futebol, treinando o mesmo America, e depois, clubes do Catar.

MorteEditar

Morreu em 2 de junho de 2019, uma semana após sofrer um infarto agudo do miocárdio durante uma partida do America, contra o Nova Cidade, pela segunda divisão do Campeonato Carioca. Luizinho se sentiu mal aos 28 minutos do segundo tempo, sendo encaminhado para atendimento médico do Hospital Juscelino Kubitschek, em Nilópolis, e depois transferido para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, onde veio a falecer.[8][5][9][10]

TítulosEditar

America[1][6]
Flamengo[1]
  • Torneio Quadrangular de Jundiai: 1975
  • Taça José João Altafini "Mazzola": 1975
  • Taça Jubileu de Prata da Rede Tupi de TV: 1975
  • Torneio Quadrangular de Mato Grosso: 1976
  • Taça Nelson Rodrigues: 1976
  • Taça Geraldo Cleofas Dias Alves: 1976
  • Troféu Governador Roberto Santos: 1976
  • Taça Prefeitura Municipal de Manaus: 1976
  • Taça Duque de Caxias: 1976
Internacional

Referências

  1. a b c «Luís Alberto da Silva Lemos». Flapédia. 26 de agosto de 2011. Consultado em 1 de junho de 2013 [ligação inativa] 
  2. «Luisinho Lemos» (em espanhol). FootballDatabase.eu. Consultado em 1 de junho de 2013 
  3. Rozenberg, Marcelo. «Que Fim Levou? Luizinho Lemos». Terceiro Tempo. Consultado em 1 de junho de 2013 
  4. Menezes, Márcio. «Luisinho Lemos, técnico do America, morre na manhã deste domingo». Terceiro Tempo. Consultado em 2 de junho de 2019 
  5. a b «Morre ex-atacante Luizinho Lemos, ídolo e maior artilheiro do América». Uol. Consultado em 2 de junho de 2019 
  6. a b «Grandes Ídolos - Luisinho Lemos, o Guerreiro». America Football Club. Consultado em 1 de junho de 2013. Arquivado do original em 12 de outubro de 2004 
  7. «Luisinho Lemos». O Gol. Consultado em 1 de junho de 2013 
  8. «Morre Luisinho Lemos, o Luisinho Tombo, ídolo e maior artilheiro do America». Globoesporte.com. 2 de junho de 2019. Consultado em 2 de junho de 2019 
  9. «Técnico do America e ex-jogador, Luizinho Lemos sofre infarto durante jogo». Globo Esporte. Consultado em 2 de junho de 2019 
  10. Menezes, Márcio. «Luisinho Lemos, técnico do America, morre na manhã deste domingo». Terceiro Tempo. Consultado em 2 de junho de 2019 

Ligações externasEditar