Abrir menu principal
Luís I
Rei da Etrúria
Reinado 21 de março de 1801
a 27 de maio de 1803
Sucessor(a) Luís II
 
Esposa Maria Luísa da Espanha
Descendência Carlos II, Duque de Parma
Maria Luísa Carlota de Parma
Casa Bourbon-Parma
Nome completo
Luís Francisco Felisberto
Nascimento 5 de julho de 1773
  Placência, Parma
Morte 27 de maio de 1803 (29 anos)
  Florença, Etrúria
Enterro San Lorenzo de El Escorial,
El Escorial, Espanha
Pai Fernando, Duque de Parma
Mãe Maria Amália da Áustria
Religião Catolicismo

Luís I de Bourbon (em italiano Ludovico I di Borbone ou Luigi I di Borbone), também conhecido como Luís I da Etrúria (Piacenza, 5 de agosto 1773 - Florença, 27 de maio 1803) foi o primeiro dos dois reis da Etrúria, onde reinou de 1801 até à sua morte.

InfânciaEditar

Filho mais velho do duque de Parma Fernando I e de Maria Amália de Habsburgo-Lorena, seus avós do seu lado materno eram a famosa Maria Teresa da Áustria e seu marido Francisco I do Sacro Império Romano-Germânico e do lado paterno eram Luísa Isabel de França e Filipe, Duque de Parma.

 
Luís com seus irmãos, 1779.

Luís teve uma infância feliz com seus irmãos sobreviventes, ele era loiro, de boa aparência, de caráter amável e tinha um grande interesse pela ciência.

Casamento e DescendênciaEditar

 
Da esquerda para direita: Rei Luís I, Rainha Maria Luísa com a princesa Maria Luísa Carlota no colo e o príncipe Carlos luís, 1804.

Em 1795, Luís chegou à corte espanhola para terminar seus estudos e também para se casar com uma das filhas do rei Carlos IV de Espanha , que eram primos em primeiro grau. Ele deveria se casar com a Infanta Maria Amália ou com a Infanta Maria Luísa , e escolheu a última, que era um pouco mais atraente e alegre que a melancólica Maria Amália. Em 25 de agosto de 1795, ele se casou com Maria Luísa em Madrid e foi feito um Infante da Espanha .

O casamento entre as duas personalidades diferentes revelou-se feliz, embora estivesse obscurecido pela má saúde de Luís. Ele era frágil, sofria de problemas no peito, e desde um acidente de infância, quando bateu a cabeça em uma mesa de mármore, sofria de sintomas que foram identificados como ataques epilépticos. Com o passar dos anos, sua saúde se deteriorou e ele passou a depender cada vez mais da esposa. O jovem casal permaneceu na Espanha durante os primeiros anos de seu casamento.

O casal teve dois filhos:

Parma e EtrúriaEditar

Enquanto Luís estava na Espanha, o Ducado de Parma foi ocupado pelas tropas francesas em 1796. Napoleão Bonaparte , que conquistaria a maior parte da Itália e queria ganhar a Espanha como aliado contra a Inglaterra, propôs compensar a Casa de Bourbon por sua perda do Ducado de Parma com o Reino da Etrúria , um novo estado que ele criou a partir do Grão-Ducado da Toscana . Isso foi acordado no Tratado de Aranjuez .

Luís teve que receber sua investidura de Napoleão em Paris, antes de tomar posse da Etrúria. Luís, sua esposa e seu filho viajaram incógnitos pela França, sob o nome de conde de Livorno. Tendo sido investido em Paris como rei da Etrúria, Luís e sua família chegaram em agosto de 1801 em sua nova capital, Florença.

Em 1802, tanto Luís quanto sua esposa grávida viajaram para a Espanha para assistir ao casamento duplo do irmão de Maria Luísa, Fernando, e de sua irmã mais nova, Maria Isabel . No mar de Barcelona, ​​Maria Luísa deu à luz sua filha, Maria Luísa Carlota. O casal retornou em dezembro daquele ano, depois de ter sido notificado da morte do pai de Luís.

De volta à Etrúria, a saúde de Luís piorou e, em maio de 1803, ele morreu aos vinte nove anos, possivelmente devido a uma crise epiléptica. Ele foi sucedido por seu filho, Carlos Luís , como o rei Luís II da Etrúria, sob a regência de sua mãe, Maria Luísa.

Ver tambémEditar

AncestraisEditar

BibliografiaEditar

  • Généalogie de la Maison de Bourbon de Bernanrd Mathieu e André Devèche, edição de La Tournelle (1984)
  • Généalogie des rois et des princes de Jean-Charles Volkmann, edição de Jean-Paul Gisserot (1998)


Luís I da Etrúria
Casa de Bourbon-Parma
Ramo da Casa de Bourbon
5 de julho de 1773 – 27 de maio de 1803
Título criado  
Rei da Etrúria
21º de março de 1801 – 27 de maio de 1803
Sucedido por
Luís II


 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Luís I da Etrúria
  Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.