Luís I de Orleães-Longueville

Luís I de Orleães, Duque de Longueville (em francês: Louis Ier d'Orléans, duc de Longueville; 1480 - Beaugency, 1 de agosto de 1516) foi um nobre francês pertencente à Casa Orleães-Longueville, ramo natural cadete da Casa de Valois.

Luís I de Orleães
Duque de Longueville
Reinado 1513 - 1516
Predecessor Francisco II
Sucessor Cláudio
Conde Soberano de Neuchâtel
Reinado 1504 - 1516
Predecessor Joana de Hochberg
Sucessor Joana de Hochberg
 
Cônjuge Joana de Hochberg
Descendência Cláudio de Orleães-Longueville
Luís II de Orleães-Longueville
Francisco, Marquês de Rothelin
Carlota de Orleães-Longueville
Casa Orleães-Longueville
Nome completo Louis Ier d'Orléans, Duc de Longueville
Nascimento 1480
Morte 1 de agosto de 1516 (36 anos)
Pai Francisco I de Orleães-Longueville
Mãe Inês de Saboia
Brasão

Foi Duque de Longueville, Conde de Montgomery, Conde de Tancarville, Príncipe de Châtelaillon, Visconde de Abbeville, Marquês de Rothelin e Conde Soberano de Neuchâtel por casamento. Ocupou ainda os cargos de Grande Camareiro de França e Governador da Provença.

Todos os seus feudos foram herdados através de uma bem sucedida política matrimonial Montgomery, Abbeville, Tancarville e Châtelaillon eram feudos que pertenciam à Casa Harcourt, família a que pertencia Maria de Harcourt, sua avó paterna. Rothelin[1] e Neuchâtel[2] eram património da família da sua mulher, Joana de Hochberg.

BiografiaEditar

Luís I era o filho mais novo de Francisco I de Orleães-Longueville. Os seus avós paterns eram João de Dunois, o famoso bastardo de Orleães, Conde de Dunois e de Longueville, e Maria de Harcourt, herdeira de Montgomery, Melun, Tancarville, Parthenay e Châtelaillon.

A sua mãe era Inês de Saboia, filha de Luís, Duque de Saboia e cunhada do rei de Luís XI.

Luís I sucede no património familiar ao seu irmão mais velho, Francisco II em 1513. Foi feito prisioneiro pelos ingleses na Batalha de Guinegatte (1513) e aproveitou o seu cativeiro em Londres para negociar o casamento de Luís XII com Maria Tudor (1496-1533) que viria a cimentar a paz entre os dois países.

Casamento e descendênciaEditar

Em 1504, Luís I casou com Joana de Hochberg, filha de Filipe de Hachberg-Sausenberg (ramo cadete dos Margraves de Baden) que eram Condes Soberanos de Neuchâtel e Valangin, na Suíça, e senhores de Rothelin (em alemão: Rötteln), em Baden. Joana era bisneta do rei Carlos VII de França, através da sua mãe Maria de Saboia (1463-1513), filha de Amadeu IX e de Iolanda da França.

Do casamento de Luís I e Joana nasceram quatro filhos:

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

ReferênciaEditar

  1. localidade da atual Alemanha
  2. Cantão da atual Suiça

BibliografiaEditar

  • Gunn, Steven J. - The English People at War in the Age of Henry VIII, Oxford University Press, 2018;
  • Potter, David - A History of France, 1460-1560: The Emergence of a Nation State, St. Martin's Press, 1995;
  • Scott, Tom - The Swiss and their Neighbours, 1460-1560: Between Accommodation and Aggression, Oxford University Press, 2017.


Luís I de Orleães-Longueville
Nascimento: 1480 Morte: 1 de agosto 1516
Nobreza da França
Precedido por:
Francisco II
Duque de Longueville
15131516
Sucedido por:
Cláudio
Títulos reais
Precedido por:
Joana
Conde Soberano de Neuchâtel
15041516
(juntamente com Joana)
Sucedido por:
Joana