Luís Miguel da Rocha Ferreira (Valongo, 20 de novembro de 1971) , conhecido publicamente como Luís Ismael, é um cineasta amador, empresário e figurante português, conhecido pelo seu trabalho na trilogia Balas e Bolinhos.[1] O seu nome artístico, Luís Ismael, foi inspirado no personagem primeiramente mencionado no livro do Génesis e depois referenciado no Alcorão.[2]

Luís Ismael
Luís Ismael
Luís Ismael, em 2018
Nome completo Luís Miguel da Rocha Ferreira
Nascimento
Valongo, Portugal
Nacionalidade português
Ocupação Empresário e cineasta
Globos de Ouro
Nenhum
Outros prémios
Nenhum

Filmografia

editar
  • 2001: Balas e Bolinhos
  • 2004: Balas e Bolinhos - O Regresso
  • 2010: Consequências (curta-metragem)
  • 2012: Balas e Bolinhos - O Último Capitulo
  • 2018: Bad Investigate
  • 2021 1618

Crítica

editar

Os três filmes da saga Balas e Bolinhos foram sucesso de bilheteira. Eles replicam filmes como Trainspotting, Pulp Fiction ou Kill Bill : Volume 1, na tentativa de se tornarem mais "Hollywood" e profissionais. Os filmes recorrem a uma narrativa e diálogos simples, utilizando o exagero e recurso a linguagem deselegante como recurso cómico.

Os trabalhos de Luís Ismael até hoje são considerados pela crítica como medíocres, tanto a nível técnico como criativo.

O apoio do Estado português, no âmbito do programa Garantir Cultura - criado para apoiar empresas de âmbito cultural na sequência da pandemia de covid-19 em Portugal -, ao episódio-piloto da série Uma Coisa Leva a Outra, de Luís Ismael, foi orçamentado em 115.425,00€.[3]

Referências

  1. Jorge Pereira (18 de agosto de 2010). «Entrevista a Luis Ismael - 'Balas & Bolinhos 3' (2012)». c7nema. Consultado em 3 de novembro de 2012 
  2. Sofia Canelas de Castro (28 de outubro de 2012). «Luís Ismael: A estrela das mentiras.». Correio da Manhã. Consultado em 3 de novembro de 2012 
  3. «GARANTIR CULTURA». Lightbox. Consultado em 16 de fevereiro de 2022 

Ligações externas

editar
  Este artigo sobre um(a) cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.