Abrir menu principal

Luís Ribeiro Pinto Neto

futebolista brasileiro

Luís Ribeiro Pinto Neto, mais conhecido como Lula, (Arcoverde, 16 de novembro de 1946), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como ponta-esquerda.

Lula
Lulapontaquerda.jpg
Informações pessoais
Nome completo Luís Ribeiro Pinto Neto
Data de nasc. 16 de novembro de 1946 (73 anos)
Local de nasc. Arcoverde (PE), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,70 m
Informações profissionais
Posição (ex-Ponta-esquerda)
Clubes de juventude
1963 Ferroviário-RN
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1964
1965
1965–1967
1967
1967–1974
1974–1977
1977–1980
ABC
Ferroviário-RN
Fluminense
Palmeiras
Fluminense
Internacional
Sport



0016 000(1)
0377 0(102)
0+350 0(+200)
0012 000(6)
Seleção nacional
Brasil 0013 000(2)

CarreiraEditar

Lula foi revelado pelo Ferroviário de Natal, quando chamou a atenção de um olheiro do Fluminense, que o levou para o clube carioca. Foi emprestado ao Palmeiras, onde ganhou seu primeiro título brasileiro, a Taça Brasil de 1967,[1] não tendo disputado nenhuma partida pelo Palmeiras no Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1967,[2] campeonatos reconhecidos como Campeonatos Brasileiros.

Em seu retorno ao Fluminense, conquistou três títulos estaduais e a última edição do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1970, conquistando o seu segundo título nacional.[3]

Entre o início de 1965 e fevereiro de 1974, Lula disputou 377 partidas pelo Fluminense, com 170 vitórias, 104 empates e 103 derrotas, marcando 102 gols[4].

Ainda em 1974, transferiu-se para o Internacional, onde atuou até 1977 e conquistou três títulos do Campeonato Gaúcho e dois do Campeonato Brasileiro, alcançando a marca de ter conquistado 4 títulos nacionais, por 3 clubes diferentes.[5]

Lula mantinha um comportamento rebelde fora dos gramados. Chegou a se desentender com o ex-treinador Rubens Minelli, na época do Internacional-RS, que pediu demissão, mas foi demovido pelo então vice-presidente de futebol, Federico Arnaldo Ballvê.

O mesmo Ballvê proferiu uma frase famosa sobre Lula: "Durante a semana ele nos incomoda, e no domingo incomoda os adversários".

Encerrou a sua carreira no Sport, em 1979.

Pela Seleção Brasileira, atuou em 13 partidas, marcou dois gols e ganhou cinco títulos.

Em campo, Lula era veloz e goleador. A partir de 1989, também atuou como treinador de diversos times da Arábia Saudita, onde continua a trabalhar em 2014.[6][7]

TítulosEditar

Fluminense
Internacional
Palmeiras
Seleção Brasileira

Ligações externasEditar

Referências

  1. KAMERS, Fernando e TATU, Fábio (14 de dezembro de 2010). «Fichas Taça Brasil 1967». Site Porcopedia. Consultado em 2 de fevereiro de 2014 
  2. KAMERS, Fernando e TATU, Fábio (11 de junho de 2011). «Fichas Roberto Gomes Pedrosa 1967». Site Porcopedia. Consultado em 2 de fevereiro de 2014 
  3. FILHO, Paulo Cezar (30 de maio de 2012). «História – Fluminense no Campeonato Brasileiro de 1970». Site Flunews. Consultado em 2 de fevereiro de 2014. Arquivado do original em 19 de fevereiro de 2014 
  4. DE FREITAS LIMA, Ricardo. «Jogadores - Letra L - Lula-1974». Fluzão.info. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  5. IMORTAIS DO FUTEBOL, Equipe do site (26 de abril de 2012). «Esquadrão Imortal – Internacional 1975-1976». Site Imortais do Futebol - Item: Personagens. Consultado em 2 de fevereiro de 2014 
  6. MONTEIRO, Luiz Maurício (10 de dezembro de 2011). «Tricampeão estadual pelo Flu, Lula espera nova chance como técnico e pede Abel na Seleção». Site UOL. Consultado em 2 de fevereiro de 2014 
  7. LANCEPRESS, Equipe do (25 de fevereiro de 2014). «Ídolo do Fluminense, Lula visita as Laranjeiras e lembra título de 1971». Site Lancenet. Consultado em 26 de fevereiro de 2014 

Ligações externasEditar