Abrir menu principal
Lu Ain-Zaila
Nome nativo Luciene Marcelino Ernesto
Ocupação pedagoga, escritora de ficção científica
Página oficial
http://brasil2408.com.br/

Luciene Marcelino Ernesto, mais conhecida como Lu Ain-Zaila é uma pedagoga e escritora afro-brasileira de ficção científica e literatura fantástica.[1]

BiografiaEditar

Formada em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, publicou em 2007, a sua primeira história, o conto O Caminho Sankofa de Nande na revista Eparrei,[2] em 2015, após uma visita a Bienal do Livro do Rio de Janeiro, a autora percebeu que não haviam livros em que poderia ser identificar,[2] resolveu então criar uma história de ficção científica semi-distópica na Duologia Brasil 2408, composta pelos romances In) Verdades (2016) e (R) Evolução (2017), lançados de forma independente, os romances contam a história de uma heroína negra chamada Ena, que luta contra a corrupção no Brasil do século 25.[3][4] Em 2018, lança um projeto de financiamento coletivo Benfeitoria, o livro Sankofia: breves histórias afrofuturistas, contendo contos que vão do afrofuturismo ao sword and soul,[2] uma variante afrocêntrica do subgênero sword and sorcery, protagonizada por personagens negros.[5]

BibliografiaEditar

  • O Caminho Sankofa de Nande, conto publicado na revista Eparrei (Casa de Cultura da Mulher Negra, 2007)
  • Duologia Brasil 2408
    • In) Verdades (2016)
    • (R) Evolução (2017)
  • Sankofia: breves histórias afrofuturistas (2018)
  • Ìségún (2019)

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar