Luc Illusie

matemático francês

Luc Illusie (1940) é um matemático francês. Trabalha com geometria algébrica.

Luc Illusie
Illussie em setembro de 2014, enquanto palestrava sobre o teorema "Thom-Sebastiani" em Bures-sur-Yvette, França.
Nascimento 1940 (81 anos)
Nacionalidade França Francês
Alma mater Universidade Paris-Sul
Prêmios Medalha Émile Picard (2012)
Orientador(es)(as) Alexander Grothendieck[1]
Orientado(a)(s) Torsten Ekedahl, Gérard Laumon
Campo(s) Matemática
Tese 1971: Complexe Cotangent, Applications

Illusie foi aluno de Henri Cartan (participou do Seminário Cartan/Schwartz 1963/64) e foi na década de 1960 colaborador próximo de Alexander Grothendieck, que foi orientador de seu doutorado em 1971 na Universidade Paris-Sul em Orsay. Com estes dois professores e Pierre Berthelot editou o Seminário Grothendieck de 1966/67. Foi professor da Universidade Paris-Sul, onde é atualmente professor emérito. Em 2006/2007 esteve no Instituto de Estudos Avançados de Princeton.

Em trabalho conjunto com Daniel Quillen introduziu o conceito de complexos cotangentes. Em 1990 foi co-editor de um Festschrift de Grothendieck.[2]

Dentre seus orientados consta Gérard Laumon (1983). Em 2012 recebeu a Medalha Émile Picard.[3]

Referências

  1. Luc Illusie (em inglês) no Mathematics Genealogy Project
  2. Pierre Cartier, Luc Illusie, Yuri Manin, Kenneth Alan Ribet, Nicholas Katz, Gérard Laumon (Editores) The Grothendieck Festschrift, 2 Volumes, Birkhäuser 1990
  3. «Medalha Émile Picard, pdf» (PDF). Consultado em 15 de novembro de 2014. Arquivado do original (PDF) em 14 de dezembro de 2013 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.