Lucas (filme)

filme de 1986 dirigido por David Seltzer
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Lucasfilm.

Lucas (prt: Lucas[2]; bra: A Inocência do Primeiro Amor[3]) é um filme de romance de comédia dramática dos Estados Unidos de 1986 dirigido por David Seltzer e estrelando Corey Haim, Kerri Green, Charlie Sheen e Winona Ryder (em seu primeiro papel de longa-metragem).[4]

Lucas
Cartaz promocional
No Brasil A Inocência do Primeiro Amor
Em Portugal Lucas
 Estados Unidos
1986 •  cor •  100 min 
Direção David Seltzer
Produção
Roteiro David Seltzer
Elenco Corey Haim
Charlie Sheen
Kerri Green
Courtney Thorne-Smith
Gênero comédia dramático-romântica
Música Dave Grusin
Cinematografia Reynaldo Villalobos
Edição Priscilla Nedd
Companhia(s) produtora(s) 20th Century Fox
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 28 de março de 1986
Idioma inglês
Orçamento US$6 milhões[1]

EnredoEditar

A trama gira em torno do jovem Lucas Blye (Haim), garoto superdotado de 13 anos que, excluído e escarnecido pelos colegas de sua escola secundária, apaixona-se por Maggie (Green), de 16 anos, que por sua vez acaba interessando-se por Cappie (Sheen), o capitão do time de futebol americano local.[5]

ElencoEditar

RecepçãoEditar

Recepção As críticas para Lucas foram geralmente positivas. Com base em 20 críticas coletadas pelo agregador de críticas de filmes Rotten Tomatoes,70% dos críticos deram a Lucas uma crítica positiva e o filme tem uma pontuação média de 6,6/10.[6] No Metacritic,tem uma pontuação média ponderada de 75 de 100 com base em 11 críticos, indicando "críticas geralmente favoráveis".[7] Roger Ebert deu ao filme quatro de 4 estrelas, chamando-o de "um filme sobre adolescentes que estão procurando como ser bons uns com os outros, de cuidar, e não simplesmente serem preenchidos com egoísmo e luxúria".[8] Ebert mais tarde incluiu o filme entre os seus 10 melhores filmes de 1986.[9]

O filme não foi considerado um sucesso de bilheteria, arrecadando US$ 8.200.000 nos Estados Unidos.[10] Corey Haim e Kerri Green foram indicados ao Young Artist Award em 1987.[11]

O filme ficou em 16º lugar na lista da Entertainment Weekly dos 50 Melhores Filmes do Ensino Médio.[12]

Referências

  1. Aubrey Solomon, Twentieth Century Fox: A Corporate and Financial History, Scarecrow Press, 1989 p. 260
  2. Lucas no SapoMag (Portugal)
  3. «A Inocência do Primeiro Amor». no AdoroCinema 
  4. «Winona Ryder biography» (em inglês). Biography. Consultado em 7 de novembro de 2013 
  5. «Lucas (1986)» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 7 de novembro de 2013 
  6. «Lucas (1986)». Rotten Tomatoes. Flixster. Consultado em 3 de janeiro de 2018 
  7. «Lucas Reviews». Metacritic. Consultado em 7 de abril de 2019 
  8. «Lucas» (em inglês). Roger Ebert. Consultado em 7 de novembro de 2013 
  9. «Ebert's 10 Best Lists: 1967-present» (em inglês). Web Citation. Consultado em 7 de novembro de 2013 
  10. «Lucas (1986)». Box Office Mojo. Internet Movie Database. Consultado em 4 de março de 2011 
  11. «Eighth Annual Youth in Film Awards». Young Artist Award. 1987. Consultado em 4 de março de 2011. Cópia arquivada em 4 de março de 2011 
  12. «Head of the Class: The 50 Best High School Movies». Entertainment Weekly. Consultado em 4 de março de 2011. Cópia arquivada em 4 de março de 2011 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.