Abrir menu principal

PersonagensEditar

Lucio Silla (Lúcio Cornélio Sulla) (ditador romano) tenor
Celia (irmã de Lucio Silla) soprano
Giunia (Julia) (esposa prometida de Cecilio) soprano
Cecilio (Cecilius) (senador romano deposto) soprano castrato
Lucio Cinna (Lúcio Cornélio Cinna) (amigo de Cecilio) soprano travesti
Aufidio (amigo de Lucio Silla) tenor

SinopseEditar

A história acontece em Roma, pelo ano de 79 a.C. O personagem principal é Lucius Cornelius Sulla, político, general e ditador romano (138 a.C.-78 a.C.).

Lucio Silla, ditador de roma, manda ao exílio o senador Cecilio. Cecilio está prometido a Giunia, filha de seu arquinimigo: Caio Mario. Lucio Sila difunde a notícia de que Cecilio morreu, a fim de conseguir casar-se com Giunia. Mas Giunia repele todas as tentativas do ditador de conquistá-la. Descobre-se que nas catacumbas, que Cecilio há voltado em Roma em segredo para vê-la.

O oponente político de Lucio Silla: Lucio Cinna, que ama a Celia, irmã de Silla. Lucio Cinna e Cecilio planejam um ataque contra Silla, mas fracassa. Cecilio é detento e conduzido a prisão, onde se encontra com Giunia. O casal se despede, preparando-se para morrer juntos.

Mas o ditador Lucio Silla decide perdoá-los e decide juntar os dois casais: Giunia com Cecilio y Lucio Cinna con Celia. Ele se demite da política para viver como cidadão romano, e todos os políticos exilados podem agora voltar a Roma.

OrquestraçãoEditar

Ligações externasEditar