Lud (filho de Heli)

Lud, de acordo com a fantasiosa História dos Reis da Bretanha de Geoffrey de Monmouth e textos medievais correlatos, teria sido um rei da Grã-Bretanha em tempos pré-romanos.

HistóriaEditar

Lud era o filho mais velho do rei Heli, e sucedeu ao pai no trono. Seu reino teria sido notável pela construção de cidades e pela refortificação de Trinovantum (Londres), a qual particularmente apreciava. Geoffrey explica que o nome "Londres" vem de "Caer Lud", ou Cidade de Lud. Quando ele morreu, foi sepultado em Ludgate. Seus dois filhos, Androgeus e Tenvantius, ainda não tinham idade para governar, e então ele foi sucedido pelo irmão, Cassivelauno.[1]

Nas versões galesas da História de Geoffrey, onde ele é chamado de Lludd, incluem a história de Lludd e Llefelys, uma da qual aparece na coleção de contos galeses conhecidos como Mabinogion. Enquanto Lludd é rei da Bretanha, seu irmão Llefelys (não mencionado por Geoffrey) torna-se rei da França, e ajuda Lludd a livrar a Bretanha de três ameaças sobrenaturais.[2] Logo, ele parece derivar de Lludd Llaw Eraint, personagem da mitologia galesa, anteriormente Nudd Llaw Eraint, e a fim de Nuada Airgetlám da mitologia irlandesa, um rei dos Tuatha Dé Danann.

Referências

  1. Geoffrey de Monmouth, Historia Regum Britanniae 3.20
  2. Wm. R. Cooper, The Chronicle of the Early Britons (pdf), 2002, pp. 24-26

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.