Ludwig Borchardt

Ludwig Borchardt (5 de outubro de 186312 de agosto de 1938) foi um arquiteto e egiptólogo alemão. Ele é mais conhecido por encontrar um busto famoso de Nefertiti em Amarna.

Ludwig Borchardt
Nascimento 5 de outubro de 1863
Berlim
Morte 12 de agosto de 1938 (74 anos)
Paris
Sepultamento Cairo
Cidadania Reich Alemão
Cônjuge Emilie Borchardt
Irmão(s) Georg Hermann
Ocupação arquiteto, historiador da arte, arqueólogo, historiador da arquitetura, egiptólogo,
Obras destacadas Busto de Nefertiti

VidaEditar

Também conhecido como Herbert, Borchardt estudou inicialmente Arquitetura e mais tarde Egiptologia com Adolf Erman. Em 1895, ele viajou para o Cairo e produziu, com Gaston Maspero, o Catálogo do Museu Egípcio (Catalogue Général du Musée du Caire).[1]

 
O busto de Nefertiti é o achado mais conhecido de Ludwig Borchardt

Seu foco principal era a arquitetura do Egito Antigo. Ele começou escavações em Amarna, onde descobriu a oficina do escultor Tutmés. Entre seu conteúdo estava o famoso busto de Nefertiti, (agora no Neues Museum em Berlim). De 1902 a 1908, ele realizou extensas escavações na Pirâmide de Sahure, explorando todo o complexo mortuário. Ele publicou suas descobertas em um estudo de dois volumes Das Grabdenkmal des Konigs Sahure , "O Monumento Funerário do Rei Sahure", que ainda é considerado o trabalho padrão no complexo de Sahure.[2]

Borchardt casou-se com Emilie (Mimi) Cohen, uma das filhas de Eduard Cohen e Ida Kuhn. Em 1903, Mimi recebeu uma herança de seu avô Abraham Kuhn de 150 000 marcos, uma fortuna considerável igual a 53,7 quilos de ouro, e gastou a maior parte na compra de uma villa no Cairo.[3]

Em 1907, Borchardt fundou o Instituto Arqueológico Alemão (Deutsches Archäologische Institut) no Cairo, e permaneceu como seu diretor até 1928.[1] Enquanto morava no Cairo, ele também dirigiu as escavações em Heliópolis e as tumbas nobres do Reino Antigo em Abu Gorab. Ele morreu em Paris em 12 de agosto de 1938.

PublicaçõesEditar

  • Baugeschichte des Amontempels von Karnak (1905)
  • Die Annalen und die zeitliche Festlegung des Alten Reiches der ägyptischen Geschichte (1917)
  • Quellen und Forschungen zur Zeitbestimmung der Ägyptischen Geschichte, 3 volumes (1917-1938)

Referências

  1. a b Herbert Ricke, ed. (1955). «Borchardt, Ludwig». Neue Deutsche Biographie (NDB) (em alemão). 2. 1955. Berlim: Duncker & Humblot . pp. 455 et seq..
  2. Ludwig Borchardt: Das Grabdenkmal des Königs Sahurā. 2 Bände, J. C. Hinrichs, Leipzig 1910–1913 (Publication of Borchardt's excavations). Online version
  3. Cilli Kasper-Holtkotte, Deutschland in Ägypten: Orientalistische Netzwerke, Judenverfolgung und das Leben der Frankfurter Jüdin Mimi Borchardt (2017), p. 17 & p. 21, footnote 34
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.