Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto História e sociedade.
Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde junho de 2015.

Lugares de prática religiosa são espaços, lugares, localidades, acidentes geográficos, construções, monumentos e outros locais privilegiados para a experiência do sagrado, do transcendente.

Muitos destes lugares são destinados ao culto religioso propriamente dito (mesquita, sinagoga, igreja, templo, terreiro, santuário); outros são para a vivência espiritual (mosteiro ou convento); alguns são para a formação religiosa (noviciado, seminário). Há lugares em que a experiência místico-religiosa se dá em um acidente geográfico (rio, monte, lago, gruta). Há também destinos de peregrinação e festividades. Incluem-se ainda nestes lugares de prática religiosa os lugares de culto ou reverência aos mortos (cemitérios, necrópoles, túmulos, catacumbas).

As diversas religiões privilegiam uma forma ou outras de lugares sagrados e espaços místicos. A arquitetura religiosa é variada, rica e com características que variam conforme os tempos, os lugares e as crenças.

CandombléEditar

CristianismoEditar

Fé Bahá'íEditar

HinduísmoEditar

  • Rio Ganges

IslamismoEditar

JudaísmoEditar

Religiões orientaisEditar

Termos comuns a diversas confissões religiosasEditar

CidadesEditar

Arquitectura residencialEditar

Arquitectura educativaEditar

Arquitectura funeráriaEditar

Acidentes geográficosEditar