Luis Alberto Moreno

Luis Alberto Moreno (Filadélfia, 3 de maio de 1953) é um diplomata e empresário colombiano. Ele foi presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) de 2005 a 2020.[1]

Luis Alberto Moreno
Nascimento 3 de maio de 1953
Filadélfia
Cidadania Colômbia, Estados Unidos
Alma mater
Ocupação jornalista, diplomata,
Prêmios
  • Grã-Cruz da Ordem de Isabel, a Católica (2015)
Luis Alberto Moreno
Assinatura.

Alguns dos marcos da gestão de Moreno no BID são: a aprovação de US$ 4,4 bilhões em alívio da dívida para Bolívia, Guiana, Haiti, Honduras e Nicarágua, os países membros mais fortemente endividados, em 2007; a aprovação do 9º Aumento Geral de Capital, a maior expansão de recursos da história do Banco, em 2010; a concentração das operações do Grupo com o setor privado no BID Invest, em 2016; uma reconstituição de recursos do FUMIN com contribuições históricas de países da América Latina e Caribe, em 2017; o lançamento de um fundo de subsídio especial em 2019 para ajudar os países a integrar os migrantes nas comunidades locais e contribuir para o seu desenvolvimento; e a resposta institucional à pandemia de coronavírus em 2020.[2]

Antes de entrar para o Banco, Moreno foi embaixador da Colômbia nos Estados Unidos por sete anos (1998-2005).

Antes de atuar como embaixador, Moreno teve uma carreira destacada nos setores público e privado. Como Ministro do Desenvolvimento Econômico, levou adiante uma agenda ambiciosa para melhorar a competitividade e foi presidente do Instituto de Fomento Industrial, uma holding do setor público na Colômbia. No setor privado, foi produtor executivo de TV Hoy, um programa jornalístico premiado, e assessor estratégico de importantes empresas colombianas e investidores estrangeiros.

Moreno recebeu inúmeras distinções, entre elas a condecoração máxima da Colômbia em tempos de paz, a Grã-Cruz da Ordem de Boyacá; a Grã-Cruz da Ordem de Rio Branco do Brasil; a Grã-Cruz da Ordem de Isabel a Católica da Espanha; o Prêmio de Liderança Destacada nas Américas por Equidade Social da Inter-American Dialogue; o Prêmio Woodrow Wilson por Serviços Públicos; o Prêmio “Eagle of the Americas” da Associação de Câmaras de Comércio da América Latina; e o Prêmio Bravo Business por Serviços Destacadas ao Hemisfério da Latin Trade.

Graduado em Administração de Empresas e Economia pela Florida Atlantic University, Moreno tem um MBA da Thunderbird School of Global Management. Em 1990, a Harvard University lhe concedeu uma Neiman Fellowship por suas realizações na área do jornalismo.

Ligações externasEditar

Assinatura de Luis Alberto Moreno em uma publicação do BID

Referências

  1. «ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DO BID | IADB». www.iadb.org. Consultado em 5 de outubro de 2020 
  2. «15 años mejorando vidas en América Latina y el Caribe». 15 años mejorando vidas en América Latina y el Caribe (em espanhol). Consultado em 5 de outubro de 2020 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.