Abrir menu principal

Luis Padilla Nervo

Luis Padilla Nervo
Nascimento 19 de agosto de 1894
Zamora
Morte 9 de setembro de 1985 (91 anos)
Cidade do México
Cidadania México
Alma mater Universidade Nacional Autónoma de México
Ocupação juiz, diplomata, político, advogado, ministro
Prêmios Grande Cruz do Mérito da República Federal da Alemanha, Medalha de Honra Belisario Domínguez
Empregador Universidade Nacional Autónoma de México

Luis Padilla Nervo (19 de agosto de 18949 de setembro de 1985) foi um político e diplomata mexicano. Foi o primeiro embaixador mexicano na Organização das Nações Unidas (ONU), Ministro das Relações Exteriores do México de 1952 a 1958 no governo Adolfo Ruiz Cortines e Presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas na 6.ª Sessão em 1951.[1]

CarreiraEditar

Estudou direito na Universidad Nacional Autónoma de México. Fez pós-graduação em universidades dos Estados Unidos, França e Reino Unido. Representou o México durante aConferência das Nações Unidas sobre Organização Internacional em São Francisco, Califórnia, em 1945, e assinou a Carta das Nações Unidas. Foi o primeiro embaixador mexicano na ONU, posição na qual foi membro do Conselho de Segurança das Nações Unidas. Durante a 6.ª Sessão foi Presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas.

Padilla Nervo foi também embaixador em El Salvador, Paraguai, UNESCO, Costa Rica e Dinamarca. Na administração pública mexicana foi Secretário de Governo, Secretário de Educação e Secretário de Trabalho. Foi eleito juiz do Tribunal Internacional de Justiça para o período de 1964 a 1973.

Referências