Abrir menu principal

Lustosa

localidade e antiga freguesia de Lousada, Portugal
Portugal Lustosa 
  Freguesia portuguesa extinta  
Lustosa está localizado em: Portugal Continental
Lustosa
Localização de Lustosa em Portugal Continental
Coordenadas 41° 20' 19" N 8° 19' 18" O
Concelho primitivo Lousada
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
- Total 10,38 km²

Lustosa uma freguesia portuguesa do concelho de Lousada, com 10,38 km² de área e 4 792 habitantes (2011). A sua densidade populacional era 461,7 hab/km².
Foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2012/2013,[1] sendo o seu território integrado na União de Freguesias de Lustosa e Barrosas (Santo Estêvão).

Para lá da Serra de Campelos, Lustosa apoia-se nas amplas chãs da serra, alongando-se através do curso de pequenas e intrépidas ribeiras que descem até ao Vizela.

Em 1049, surge um testamento de Ansur Dias, que deixa ao Mosteiro de Cete alguns bens imóveis, entre os quais o casal de Carcavelos de Riba Sousela, que se situava no território entre o Sousa e o Sousela, no sopé do monte Calvelo.

Pela descrição de 1258, de "Sancti Jacobi de Lustosa", feita pelo pároco Domingos Eanes, e corroborada por testemunhas, constatamos que o padroado da igreja pertencia aos cavaleiros Ferrazes e herdadores, e a sua confirmação dependia do arcebispo de Braga.

A 2 de Junho de 1551 o arcebispo de Braga D. Baltazar, e Gaspar Nunes Barreto, concertaram que o padroado da Igreja ficasse para os sucessores deste, que eram os Barretos e Ferrazes do Porto.

Nas Memórias Paroquiais, a freguesia é enquadrada na província do Minho, Arcebispado de Braga, concelho de Aguiar de Sousa e termo da cidade do Porto.

A freguesia de São Tiago de Lustosa, comarca de Penafiel pelo Decreto nº 13.917, de 9 de Julho de 1927, era abadia da apresentação dos Morgados de Freiriz, segundo Carvalho da Costa que, neste ponto, está em desacordo com a "Estatística Parochial de 1862 que diz ser da apresentação dos Soutos d'El-Rei, no antigo concelho de Aguiar de Sousa.

Pertenceu ao concelho de Barrosas, extinto pelos Decretos de 30 de Junho de 1852 e 30 de Dezembro de 1853, passando a fazer parte do concelho de Lousada por este último decreto.

Em 1839 aparece na comarca de Penafiel e no concelho de Aguiar de Sousa; em 1852, na comarca de Lousada e no concelho de Barrosas; em 1853, na comarca de Santo Tirso e no concelho de Paços de Ferreira e, em 1862, na comarca e concelho de Lousada.

Da diocese de Braga passou para a do Porto em 1882. Comarca eclesiástica de Amarante - 2º distrito (1907). Primeira vigararia de Felgueiras (1916); segunda vigararia de Lousada (1970)

http://lustosa-lousada.blogspot.pt/

Faça parte da Wikipédia.

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Lustosa [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 050 1 186 1 245 1 322 1 524 1 369 1 508 1 779 1 935 2 526 2 862 3 176 3 812 4 437 4 792
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 1 071 768 2 258 340 24,1% 17,3% 50,9% 7,7%
2011 924 721 2 695 452 19,3% 15,0% 56,2% 9,4%

Referências

  1. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.