Abrir menu principal
Lyliah Virna
Nome completo Lylia Virna Menezes Soriano[1]
Nascimento 16 de agosto de 1975 (43 anos)
Maceió  Alagoas
Ocupação Atriz[2]
Atividade 1989—presente
IMDb: (inglês)

Lyliah Virna, cujo nome de batismo é Lylia Virna Menezes Soriano (Maceió, 16 de agosto de 1975), é uma atriz e ex-rainha da beleza brasileira. Desde 1989 atua em televisão e teatro, tendo feito sua última aparição televisiva na telenovela Pequena Travessa, do SBT.[2]

Em 1993, entrou para a história dos concursos de beleza aos dezessete anos ao tornar-se a primeira e única alagoana eleita Miss Brasil Mundo.[3][4][1]

Índice

CarreiraEditar

Miss Brasil MundoEditar

EM 15 de outubro de 1993 foi realizado em Maceió, Alagoas, o Miss Brasil Mundo com representantes dos vinte e seis estados e do Distrito Federal.[3] Após os desfiles e apresentações, a representante alagoana sai vitoriosa e é coroada.[3][4][nota 1]

O Miss Mundo 1993 aconteceu em Sun City, África do Sul e teve como vencedora a Miss Jamaica, Lisa Hanna. Lyliah não figurou entre as dez semifinalistas.[3][1]

AtrizEditar

Sua carreira de atriz começou no teatro, atuando em mais de uma dezena de peças realizadas em seu estado natal e também em São Paulo, entre as quais Cinderela, As Mentiras que os homens contam e Ninguém é de Ninguém. Desde 1996 vem contracenando como atriz em produções do SBT e da Record, como Chiquititas, Canoa do Bagre e Dona Anja.[nota 2]

Cronologia artísticaEditar

TelevisãoEditar

TeatroEditar

  • 2011 – Ninguém é de Ninguém, de Zibia Gasparetto
  • 2011 – As Loiras preferem os Gays
  • 2005 a 2007 – As Mentiras que os homens contam, de Luís Fernando Veríssimo
  • 2004 – Vale Encantado, de Oswaldo Montenegro
  • 2004 – Aldeia dos Ventos, de Oswaldo Montenegro
  • 2003 – Good Morning São Paulo
  • 2003 – O Evangelho Segundo Jesus Cristo, de José Saramago
  • 2002 – Cinderela, de José Wilker
  • 1993 – Imagens do Inconsciente
  • 1992 – Sociedade Alternativa
  • 1991 – La Señora de la Noche Etierna
  • 1990 – O Presidente Não Tem Cabeça
  • 1989 – Arca de Noé

Notas

  1. As candidatas de São Paulo e Paraná ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente, e esta última também foi escolhida Miss Simpatia.[3]
  2. Foi durante as gravações de Dona Anja que um romance entre ela e o ator Gustavo Haddad teve início, o qual culminaria em casamento. Hoje os dois estão separados.

Referências

  1. a b c Donald West (2008). «Miss World 1993». Portal Pageantopolis. Consultado em 25 de maio de 2014. Arquivado do original em 8 de outubro de 2014 
  2. a b Da redação (8 de novembro de 2002). «Gata Borralheira». Em destaque – Paraná Online. Consultado em 25 de maio de 2014 
  3. a b c d e «Lylia Virna Menezes Soriano: Miss Alagoas Mundo 1993». Miss Brasil Mundo. 18 de novembro de 2012. Consultado em 24 de maio de 2014 
  4. a b Da redação (6 de Julho de 2010). «Miss Mundo Alagoas 2010 será realizado em Arapiraca». Correio dos Municípíos. Consultado em 25 de maio de 2014 
Precedido por
  Priscila Maria Furlan
Miss Brasil Mundo
1993
Sucedido por
  Walquiria Melnik