Lytta vesicatoria

espécie de inseto

Lytta vesicatoria (Linnaeus, 1758), comummente conhecida como como cantárida[1] ou escaravelho-verde-das-verrugas[2], é uma espécie de insetos coleópteros polífagos pertencente à família dos Meloídeos.[3][4]

Como ler uma infocaixa de taxonomiaLytta vesicatoria
cantárida
Lytta vesicatoria.
Lytta vesicatoria.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Coleoptera
Subordem: Polyphaga
Família: Meloidae
Género: Lytta
Subgénero: Lytta
Espécie: L. vesicatoria
Nome binomial
Lytta vesicatoria
(Linnaeus, 1758)
Lytta vesicatoria na Sibéria

Os élitros desta espécie são particularmente ricos em cantaridina[1], substância que é utilizada para preparar a cantárida, um produto tóxico com propriedades diuréticas e vesicantes presentes nas partes moles e no líquido circulante, sendo que em doses elevadas pode ser letal.[5]

Historicamente, a cantaridina fora reputada como afrodisíaco, provavelmente induzido pela observação de congestão pélvica e priapismo, que surgem no rescaldo da intoxicação, com esta substância.[5] Presentemente, não lhe são reconhecidas tais propriedades.[5]

Trata-se de uma espécie presente no território português e espanhol. Sendo que em Portugal tendem a marcar presença na região Norte.[2][4]

Referências

  1. a b Infopédia. «cantárida | Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Porto Editora. Consultado em 5 de junho de 2022 
  2. a b Geraldes, Helena (25 de janeiro de 2022). «Que espécie é esta: escaravelho-verde-das-verrugas». https://www.wilder.pt/. Consultado em 5 de junho de 2022 
  3. «Lytta vesicatoria». Sistema Global de Informação sobre Biodiversidade (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2019 
  4. a b «Lytta vesicatoria | Página de Espécie • Naturdata - Biodiversidade em Portugal». Naturdata - Biodiversidade em Portugal. Consultado em 5 de junho de 2022 
  5. a b c Diaz, P.; Carneiro, A.; Montes, V.; Alves, S. (12 de novembro de 2020). «Um Afrodisíaco Potencialmente Fatal: Intoxicação por Cantaridina». Consultado em 5 de junho de 2022 

Ligações externasEditar