Márcia Real

actriz brasileira

Márcia Real, cujo verdadeiro nome é Eunice Alves (São Paulo, 6 de janeiro de 1929 - Ibiúna, 15 de março de 2019)[1] foi uma atriz e dubladora brasileira.

Márcia Real
Márcia Real
Nome completo Eunice Alves
Nascimento 6 de janeiro de 1929
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Morte 15 de março de 2019 (90 anos)
Ibiúna, SP
Ocupação Atriz e dubladora

BiografiaEditar

De família humilde, teve um avô advogado, que logo percebeu a vivacidade e a memória da neta e que desejava que ela fosse advogada também.

Adolescente, um dia encontrou-se na rua com a atriz Bibi Ferreira. Após uma conversa ganhou um papel na peça “Minhas queridas esposas”.[1]

CarreiraEditar

Após uma experiência na Rádio Tupi, estreou na televisão, atuando nos programas TV de Vanguarda e TV Comédia, na TV Tupi. Foi um dos principai nomes da TV Tupi de São Paulo fazendo papéis como: Lady Macbeth, Ana Karenina, etc. Estreou em telenovelas em 1964 em um dos principais papéis de Corações em Conflito, na TV Excelsior.

Márcia Real foi também apresentadora de televisão. Destacou-se no Clube dos Artistas, ao lado de Airton Rodrigues, no qual ficou por 10 anos. Ganhou vários prêmios, entre eles o Troféu Roquette Pinto, o principal prêmio de televisão da década de 1960, por três vezes.

Participou também de vários filmes e peças de teatro. Trabalhou como dubladora, na década de 1960. Casou-se duas vezes e tem duas filhas.

É bastante conhecida por ter ganho o primeiro Troféu Imprensa de melhor atriz, no ano de 1961. Seu maior destaque na televisão foi no papel da durona Valquíria na novela Bebê a Bordo (1988), de Carlos Lombardi.

MorteEditar

Márcia Real morreu na madrugada do dia 15 de março de 2019 em um hospital de Ibiúna, onde ela estava internada. A atriz sofria de Mal de Alzheimer há mais de uma década. A causa da morte não foi divulgada. Real deixou duas filhas e três netos.[1]

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Papel
2002 SPA TV Fantasia TV Gazeta
2001 O Direito de Nascer [2] SBT
1999 Ô Coitado
1997 Canoa do Bagre RecordTV
O Olho da Terra
1996 Irmã Catarina CNT
1994 Quatro por Quatro TV Globo
1992 De Corpo e Alma
1990 Mico Preto
1988 Bebê a Bordo
1979 Gaivotas Rede Tupi
1978 Aritana
1973 Vidas Marcadas[3] RecordTV
Venha Ver o Sol na Estrada
1972 O Leopardo
O Tempo Não Apaga
1971 Os Deuses Estão Mortos
1970 As Pupilas do Senhor Reitor
1969 Dez Vidas TV Excelsior
Sangue do Meu Sangue
Os Estranhos
1968 Legião dos Esquecidos
1966 Redenção
A Grande Viagem
1965 Vidas Cruzadas
Pecado de Mulher
1964 Mãe
Isabella TV Paulista
Corações em Conflito
1959 TV de Comédia Rede Tupi
1958 TV Teatro
Suspeita
TV de Comédia
1956 Grande Teatro Tupi
Uma História de Ballet
1953 O Mártir do Calvário
Delícias da Vida Conjugal
A Viúva
48 Horas com Bibiana
1952 Senhora
Vestidos da Minha Vida
TV de Vanguarda Rede Tupi

FilmesEditar

Ano Título Papel
2002 Avassaladoras Maria Alice
1976 Possuídas pelo Pecado Mãe[4]
Amadas e Violentadas Carmen[5]
1975 O Rei da Noite Sinhá
A Ilha do Desejo Madame Geny [6]
1964 O Vigilante Contra o Crime
1956 O Sobrado Alice Terra Cambará
1951 Liana, a Pecadora Liana
1949 Carnaval no Fogo

Trabalhos em dublagemEditar

entre outros.

Prêmios e indicaçõesEditar

Troféu ImprensaEditar

Ano Categoria Indicação Resultado
1961 Melhor Atriz Márcia Real Venceu

Referências

  1. a b c «Morre a atriz Márcia Real, veterana da televisão, aos 90 anos». Uol. Consultado em 15 de março de 2019 
  2. Marcelo Mansfield (12 de outubro de 1997). «Conto de fadas». Folha. UOL. Consultado em 2 de novembro de 2018 
  3. Xavier, Nilson. «Vidas Marcadas». Teledramaturgia. Consultado em 23 de março de 2018 
  4. «Possuídas pelo Pecado». Cinemateca Brasileira. Consultado em 19 de setembro de 2021 
  5. «Amadas e Violentadas». Cinemateca Brasileira. Consultado em 23 de março de 2018 
  6. Cinemateca Brasileira A Ilha do Desejo [em linha]
  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.