Abrir menu principal


Escritor e compositor, Márcio Hilton Fragoso Borges nasceu em Belo Horizonte (MG), no dia 31 de janeiro de 1946.

Seu pai, Salomão Magalhães Borges, é jornalista autodidata, e sua mãe, Maria Fragoso Borges, professora primária.

Nasceu em uma família bastante musical – seu pai tocava um pouco de violão e sua mãe cantava em corais e tocava piano.

Segundo filho de uma turma de 11 – muitos deles também envolvidos com a música -, considera a grande influência de sua vida seu irmão mais velho, Marilton Borges.

A infância em Santa Tereza foi marcada por problemas de saúde.

Nessa época, iniciou-se na literatura e começou a escrever, o que mais tarde culminaria em sua carreira de letrista.

Na adolescência, mudou-se para o Edifício Levy, no Centro de Belo Horizonte, e então conheceu os vizinhos Wagner Tiso e Milton Nascimento, que se tornou seu grande amigo e parceiro musical.

Márcio é autor da letra de “Clube da Esquina”, sua primeira parceria com o irmão Salomão Borges (também conhecido com ). Posteriormente, essa canção daria nome aos dois discos e ao movimento Clube da Esquina (movimento musical tipicamente mineiro, do início dos anos 70), de cujo núcleo formador Márcio é um dos pilares e principais letristas.

Em 1996, escreveu o livro “Os Sonhos Não Envelhecem – Histórias do Clube da Esquina”, uma narrativa que registra detalhes dos tempos de efervescência do Clube da Esquina.

Em 2001 escreveu um livro infanto-juvenil chamado “Os 7 falcões”. O livro narra em tonalidades cinematográficas os sonhos e as descobertas de uma turma que vive em uma metrópole entre o crescimento e as raízes provincianas

Em 2014 escreveu um livro "Cartas da Humanidade". O livro é uma compilação impressionante de caracteres cuneiformes, pergaminhos, papéis diversos, e-mails, dos mais remotos desertos antigos às mais povoadas metrópoles contemporâneas, a humanidade vem trocando cartas e deixando suas mensagens, sem saber se durarão ou não, com os recursos disponíveis. Passando por religiões, artes, ciências, romances célebres, declarações de grandes reis, estadistas e presidentes, conflitos, intrigas palacianas, prenúncios de golpes de estado e guerras, frases preconceituosas e outras tantas curiosidades.

Atualmente reside na cidade de Belo Horizonte e dedica-se à direção do Museu Clube da Esquina, do qual é idealizador.

Algumas músicas compostas por Márcio Borges:

- Um Girassol da Cor de seu Cabelo;

- Trem de Doido;

- Os Povos;

- Tarde;

- Quem Sabe Isso Quer Dizer Amor;

- Clube da Equina.


Referências

Ligações externasEditar