Abrir menu principal

Mártires do Japão

página de desambiguação de um projeto da Wikimedia
Mártires do Japão
Os Mártires de Nagasaki. Pintura do século XIX.
Mártires
Morte  em Japão
Veneração por Igreja Católica
Comunhão Anglicana
Festa litúrgica 6 de fevereiro (Os 26 Mártires do Japão)
Gloriole.svg Portal dos Santos

A expressão Mártires do Japão designa vários grupos de mártires cristãos que morreram no Japão devido à sua fé, como por exemplo:

No total contabilizam-se 205 mártires entre 1597 e 1637; 16 deles entre 1633 e 1637 e dois padres agostinianos em 1632 (Martín Lumbreras Peralta e Melchor Sánchez Pérez, beatificados em 23 de abril de 1989). Em 24 de novembro de 2008 foram beatificados Pedro Kibe Kasui e outros 108 mártires correspondentes ao período entre 1603-1639.

Cristianismo no JapãoEditar

O xogunado e governo imperial tolerou inicialmente o estabelecimento de missões católicas e dos missionários, pensando aproveitar o facto de a presença dos cristãos vir a enfraquecer o poder dos monges budistas, e ajudar no comércio com Espanha e Portugal. Porém, o xogunado receou o colonialismo, vendo que as Filipinas tinham sido tomadas pelos espanhóis após a conversão da população. O governo xogum viu o cristianismo como uma ameaça, e começou a perseguir os cristãos. A religião católica foi banida e os que recusassem renegá-la eram executados.

Referências

  1. * Alvares, Constantino, Jose Garcia and Pedro Tejero. Witnesses of the Faith in the Orient: Dominican Martyrs of Japan, China, and Vietnam, Manila: Life Today Publications, 1989.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar