Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Mégacles, veja Mégacles.

Mégacles foi um arconte de Atenas durante a época que Cilón tentou se tornar tirano. Cilón havia vencido a corrida dupla na 35a olimpíada (640 a.C.), e sua tentativa de obter a tirania ocorreu algum tempo depois.[1]

Após Cilón e seus aliados terem sido derrotados, eles se refugiaram, como suplicantes, no tempo de Atena.[2] Mégacles convenceu-os a descerem e se submeterem a julgamento; eles então ligaram um fio à imagem da deusa e, o segurando, desceram.[2] Porém, quando os conspiradores chegaram ao tempo das Erínias, o fio se rompeu sozinho; Mégacles e os demais arcontes interpretaram como se a deusa tivesse tirado deles o direito de serem suplicantes, e os conspiradores foram mortos: os que estavam fora dos lugares sagrados foram apedrejados até a morte, os que estavam nos altares foram massacrados lá mesmo, e apenas os que imploraram às esposas dos arcontes sobreviveram.[2]

Por causa disso, os arcontes foram execrados, e os sobreviventes dos seguidores de Cilón se tornaram inimigos dos descendentes de Mégacles; a disputa atingiu o máximo na época de Sólon.[3]

Referências

  1. Eusébio de Cesareia, Crônica, 72, As Olimpíadas Gregas, desde a primeira até a 247a, quando Antonino, filho de Severo, era imperador dos romanos
  2. a b c Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Solon, 12.1
  3. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Solon, 12.2