MIBRA (Monazita Ilmenita do Brasil)

A MIBRA (Monazita Ilmenita do Brasil) foi uma usina instalada em Guarapari (ES) pela Sociéte Minière et Industrielle Franco–Brasiliense para fazer o beneficiamento da areia monazítica, exportando o produto para ser tratado na França. A empresa explorou essa areia até 1960, quando o governo brasileiro começou a taxar o material.

A MIBRA (Monazita Ilmenita do Brasil) foi substituída pela Nuclemon, que se tornou a exploradora exclusiva de todas as jazidas de areia monazítica do país.[1]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

Referências

  1. Mineração: Guerra pelas terras raras Revista Unesp Ciência, 9 de abril de 2012.