Abrir menu principal

MLS Supporters' Shield

MLS Supporters' Shield
Icon Major League Soccer Supporters' Shield.svg
Dados gerais
Organização Major League Soccer
Edições 22
Local de disputa  Estados Unidos
 Canadá
Sistema Turno classificatório
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

O MLS Supporters 'Shield, ou, apenas, Supporters 'Shield, é o troféu anual entregue à equipe com a melhor campanha da temporada regular da Major League Soccer, conforme determinado pelo sistema de pontos. Originalmente, este prêmio, não reconhecido pela Liga, foi concedido por torcedores - daí seu nome. Foi criado em 1999, quando premiou o Los Angeles Galaxy pela temporada de 1998.[1] Foi concedido retroativamente para os anos de 1996 e 1997. Ele ecoa a prática das principais ligas mundiais, em que o time com o melhor campanha é o campeão.

Em fevereiro de 2006, os dirigentes da Liga decidiram que o campeão da temporada regular participaria da Liga dos Campeões da CONCACAF - se a equipe fosse americana, junto com o vencedor (se a equipe fosse americana) da MLS Cup, que premia o vencedor dos playoffs.

D.C. United e Los Angeles Galaxy, com quatro conquistas, são os maiores vencedores.

HistóriaEditar

Concepção do TroféuEditar

Quando a Major League Soccer teve sua temporada inaugural em 1996, a liga se assemelhava as demais ligas norte-americanas contemporâneas. Após a temporada regular, a campanha culminava nos playoffs da MLS Cup, a caminho do jogo do título, a MLS Cup. O clube com a melhor campanha da temporada regular recebeu o chaveamento mais favorável nos playoffs.

Em 1997, o torcedor Nick Lawrus propôs a noção de um "Supporters' Scudetto", uma vez que o Tampa Bay Mutiny, clube com a melhor campanha da temporada regular, foi derrotado na MLS Cup de 1996. Um comitê composto por membros de todos as torcidas das equipes da MLS mudou o nome para "Supporters' Shield", mas devido a divergências entre os membros da comissão, a proposta não se concretizou.[2]

No ano seguinte, outro grupo liderado pelo entusiasta de futebol Sam Pierron tentou reviver a ideia, dando um prêmio aos campeões da temporada regular.[2] Como a MLS se recusou a financiar a ideia, Pierron começou a levantar fundos para comprar um troféu com a ajuda de torcedores de vários clubes da MLS. A captação de recursos foi reforçada por uma doação do comentarista da ESPN, Phil Schoen. No final, quase US$ 3.000 (três mil dólares) foram doados para a entrega do troféu, que foi feito pela artista Paula Richardson, em prata de lei, por US$ 2.200 (dois mil e duzentos dólares).[2]

Todo esse processo levou quase três anos, desde a concepção até a confecção do troféu. Como resultado do atraso, o primeiro time a ser realmente premiado com o Supporters' Shield foi o LA Galaxy em 1999. Eles receberam o troféu com base na temporada regular de 1998. Tampa Bay Mutiny e D.C. United receberam placas e tiveram seus nomes gravados no troféu.[1]

Sistema de Pontuação e Critérios de DesempateEditar

 
Frankie Hejduk, do Columbus Crew, fez parte de três temporadas em que o time venceu o Supporters' Shield.

Desde a temporada de 2000, o sistema de atribuição de pontos na Major League Soccer é o mesmo que o padrão internacional, três pontos por vitória, um por empate e nenhum ponto por derrota. A partir da temporada de 2014, foram impostas novas regras para desempates. No caso de empate, no total de pontos acumulados, ao fim da temporada, os seguintes critérios são usados:

  1. Maior número de vitórias
  2. Saldo de gols
  3. Gols pró
  4. Menor número de cartões
  5. Gols pró como visitante
  6. Saldo de gols como visitante
  7. Gols pró como mandante
  8. Saldo de gols como mandante
  9. Cara ou coroa (dois equipes) ou sorteio (três ou mais equipes)

Durante o início até meados dos anos 2000, o Supporters' Shield recebeu pouca atenção ou reconhecimento da MLS, ou do público em geral, já que a Liga concedia vaga em torneios continentais, apenas, ao campeão e vice-campeão da MLS Cup.

O ReconhecimentoEditar

Em fevereiro de 2006, a USSF decidiu que o vencedor do Supporters' Shield e o vencedor da MLS Cup representariam os Estados Unidos na Liga dos Campeões da CONCACAF, antiga Copa dos Campeões da CONCACAF.[3] Se a equipe vencedora do Supporters' Shield também vencer a MLS Cup, a equipe com a segunda melhor campanha da temporada regular também se qualifica.[4] Quando a Copa dos Campeões se tornou Liga dos Campeões da CONCACAF, a Federação de Futebol dos Estados Unidos deu ao vencedor do Supporters' Shield e ao vencedor da MLS Cup vagas diretas à fase de grupos do torneio continental.

Em sete ocasiões (1997, 1999, 2000, 2002, 2008, 2011 e 2017) o vencedor do Supporters' Shield também venceu a MLS Cup na mesma temporada. Em 2011, a Liga anunciou que o adversário do vencedor do Supporters' Shield, na fase de quartas de final dos playoffs da MLS Cup, seria a equipe classificada com menor número de pontos.

VencedoresEditar

Temporada Vencedor Campanha Pontos /
Pts. por Jogo
Desempenho na MLS Cup Número de Conquistas Treinador
Jogos Vitórias Derrotas Empates
1996 Tampa Bay Mutiny 32 20 12 58 / 1.81 Derrotado na Final de Conferência 1 Thomas Rongen
1997 D.C. United 32 21 11 55 / 1.72 Venceu a MLS Cup 1 Bruce Arena
1998 Los Angeles Galaxy 32 24 8 68 / 2.12 Derrotado na Final de Conferência 1 Octavio Zambrano
1999 D.C. United 32 23 9 57 / 1.78 Venceu a MLS Cup 2 Thomas Rongen
2000 Kansas City Wizards 32 16 7 9 57 / 1.78 Venceu a MLS Cup 1 Bob Gansler
2001 Miami Fusion 26 16 5 5 53 / 2.04 Derrotado nas Semifinais de Conferência 1 Ray Hudson
2002 Los Angeles Galaxy 28 16 9 3 51 / 1.82 Venceu a MLS Cup 2 Sigi Schmid
2003 Chicago Fire 30 15 7 8 53 / 1.77 Derrotado na MLS Cup 1 Dave Sarachan
2004 Columbus Crew 30 12 5 13 49 / 1.63 Derrotado nas Semifinais de Conferência 1 Greg Andrulis
2005 San Jose Earthquakes 32 18 4 10 64 / 2.00 Derrotado nas Semifinais de Conferência 1 Dominic Kinnear
2006 D.C. United 32 15 7 10 55 / 1.72 Derrotado na Final de Conferência 3 Piotr Nowak
2007 D.C. United 30 16 7 7 55 / 1.83 Derrotado nas Semifinais de Conferência 4 Tom Soehn
2008 Columbus Crew 30 17 7 6 57 / 1.90 Venceu a MLS Cup 2 Sigi Schmid
2009 Columbus Crew 30 13 7 10 49 / 1.63 Derrotado nas Semifinais de Conferência 3 Robert Warzycha
2010 Los Angeles Galaxy 30 18 7 5 59 / 1.97 Derrotado na Final de Conferência 3 Bruce Arena
2011 Los Angeles Galaxy 34 19 5 10 67 / 1.97 Venceu a MLS Cup 4 Bruce Arena
2012 San Jose Earthquakes 34 19 6 9 66 / 1.94 Derrotado nas Semifinais de Conferência 2 Frank Yallop
2013 New York Red Bulls 34 17 9 8 59 / 1.74 Derrotado nas Semifinais de Conferência 1 Mike Petke
2014 Seattle Sounders FC 34 20 10 4 64 / 1.88 Derrotado na Final de Conferência 1 Sigi Schmid
2015 New York Red Bulls 34 18 10 6 60 / 1.76 Derrotado na Final de Conferência 2 Jesse Marsch
2016 FC Dallas 34 17 8 9 60 / 1.76 Derrotado nas Semifinais de Conferência 1 Óscar Pareja
2017 Toronto FC 34 20 5 9 69 / 2.02 Venceu a MLS Cup 1 Greg Vanney
2018 New York Red Bulls 34 22 7 5 71 / 2.09 Derrotado na Final de Conferência 3 Chris Armas
2019 Los Angeles Football Club 34 21 9 4 72 / 2.12 Derrotado na Final de Conferência 1 Bob Bradley
  Time venceu a MLS Cup.

Maiores vencedoresEditar

Principais colocações da MLS Supporters' ShieldEditar

Equipe[5] 1º lugar 2º lugar 3º lugar 4º lugar
Los Angeles Galaxy 4 4 2 1
D.C. United 4 1 4 1
Columbus Crew 3 0 0 1
San José Earthquakes 2 2 0 1
New York Red Bulls 2 0 3 1
Sporting Kansas City* 1 4 0 1
Chicago Fire 1 2 2 3
FC Dallas** 1 1 2 3
Seattle Sounders FC 1 1 0 1
Tampa Bay Mutiny 1 0 1 1
Miami Fusion 1 0 0 0
Toronto FC 1 0 0 0
Los Angeles Football Club 1 0 0 0
Houston Dynamo 0 1 3 0
New England Revolution 0 1 2 1
Real Salt Lake 0 1 1 2
Colorado Rapids 0 1 1 1
Chivas USA 0 1 0 1
Portland Timbers 0 0 1 0
New York City FC 0 0 0 1
Montreal Impact 0 0 0 0
Philadelphia Union 0 0 0 0
Vancouver Whitecaps 0 0 0 0

*antes chamado Kansas City Wizards

**antes chamado Dallas Burn

***antes chamado MetroStars

NotasEditar

  • O primeiro campeão da MLS Supporters' Shield, o Tampa Bay Mutiny, encerrou suas atividades em 2002. Este foi o único título de toda a sua curta história.
  • Da mesma forma, o Miami Fusion também encerrou suas atividades em 2001 e o MLS Supporters' Shield também foi o único título de sua história.
  • Em 2006 O San José Earthquakes passou a se chamar Houston Dynamo. Porém, foi confirmada a volta do San José Earthquakes para a temporada de 2008.[6]
  • O DC United foi a primeira equipe a conquistar a MLS Supporters' Shield por dois anos consecutivos (2006, 2007).[7]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Gates, Ryan (15 de fevereiro de 2011). «A History of the Supporter's Shield». Stumptown Footy. Consultado em 9 de março de 2019 
  2. a b c Padilla, Janine (29 de outubro de 2013). «MLS 101: Supporters' Shield». New York City Football Club. Consultado em 10 de março de 2019 
  3. «We Call It Soccer: Jeepers, Some Wishes Really Do Come True!». web.archive.org. 30 de dezembro de 2006. Consultado em 10 de março de 2019 
  4. «Latest News | MLSsoccer.com». archive.is. 11 de agosto de 2011. Consultado em 10 de março de 2019 
  5. The latest names are used for clubs who had name changes,e.g. FC Dallas was formerly known as Dallas Burn.
  6. «Cópia arquivada». Consultado em 9 de outubro de 2007. Arquivado do original em 10 de fevereiro de 2008 
  7. [1]

Ligações externasEditar