Abrir menu principal

MTV Unplugged (Alice in Chains)

álbum ao vivo acústico do Alice in Chains
MTV Unplugged
Álbum ao vivo de Alice in Chains
Lançamento CD:  30 de Julho de 1996
VHS:  8 de Outubro de 1996
DVD:  26 de Outubro de 1999
Gravação 10 de Abril de 1996
Estúdio(s) Majestic Theatre, Brooklyn Academy of Music, Brooklyn, New York
Gênero(s) Acústico, grunge, rock alternativo
Duração 71 min 26 s
Formato(s) CD, VHS e DVD
Gravadora(s) Columbia Records
Produção Alice in Chains, Alex Coletti, Toby Wright, Audrey Morrissey
Cronologia de Alice in Chains
Alice in Chains
(1995)
Nothing Safe: Best of the Box
(1999)

Unplugged é um álbum ao vivo acústico do Alice in Chains, lançado em 29 de Julho de 1999 pela gravadora Columbia Records. Foi gravado em 10 de Abril de 1996 no Majestic Theatre da Brooklyn Academy of Music em Nova York como parte da série de concertos MTV Unplugged, e contém versões acústicas e ao vivo das canções da banda, além de apresentar uma canção inédita, "Killer Is Me". A performance foi a primeira exibição da banda em dois anos e meio, assim como uma das aparições finais da banda com o vocalista Layne Staley. O concerto foi exibido originalmente na MTV em 28 de Maio de 1996. A versão acústica da canção "Over Now" (lançada originalmente no terceiro álbum de estúdio da banda) foi lançada como single. Em adição ao CD, uma versão em VHS e DVD do concerto foram também lançadas. O álbum foi certificado com disco de platina pela RIAA, tendo vendido mais de 1 milhão de cópias só nos Estados Unidos.

As canções "Angry Chair", "Frogs", e "Killer Is Me" foram cortadas da exibição original da MTV, mas estão incluídas em CD, VHS e DVD.[1]

É comumente tido como uma das mais memoráveis edições do "Unplugged" já feitas, com a reputação comparável a famosas edições, por exemplo, Nirvana e Kiss. O baixo de Mike Inez tem a frase "Friends Don't Let Friends Get Friends Haircuts" ("Amigos não deixam amigos fazerem um corte de cabelo de amigos"),[2] se referindo a banda Metallica, ao qual seus membros tinham recentemente cortado seus cabelos antes do lançamento do álbum Load, causando polêmica na época.[2] Todos os quatro então membros do Metallica estavam presentes no concerto do Alice in Chains.[3]

FaixasEditar

  1. "Nutshell" (Staley/Cantrell/Inez/Kinney) – 4:58
  2. "Brother" (Cantrell) – 5:27
  3. "No Excuses" (Cantrell) – 4:57
  4. "Sludge Factory" (Staley/Cantrell/Kinney) – 4:36
  5. "Down in a Hole" (Cantrell) – 5:46
  6. "Angry Chair" (Staley) – 4:36
  7. "Rooster" (Cantrell) – 6:41
  8. "Got Me Wrong" (Cantrell) – 4:59
  9. "Heaven Beside You" (Cantrell/Inez) – 5:38
  10. "Would?" (Cantrell) – 3:43
  11. "Frogs" (Cantrell/Inez/Kinney/Staley) – 7:30
  12. "Over Now" (Cantrell/Kinney) – 7:12
  13. "Killer Is Me" (Cantrell) – 5:23
  • Os lançamentos em DVD e VHS possuem um outro take de "Sludge Factory", no qual Layne Staley mistura as letras e a canção desmorona. Eles então partem para o take "formal" que foi usado no CD.

CréditosEditar

BandaEditar

ParticipaçõesEditar

Técnicos de ProduçãoEditar

  • Alice in Chains - produtor
  • Audrey Morris
  • Jon Bates - engenheiro de som, assistente de engenheiro de som
  • Alex Coletti - produtor
  • John Harris - engenheiro de som
  • Rich Lamb - engenheiro de som, assistente de engenheiro de som
  • Stephen Marcussen - masterização
  • Toby Wright - produtor, engenheiro de som, mixagem
  • John Seymour - mixagem, assistente de mixagem
  • Brian Kingman - engenheiro de som, assistente de engenheiro de som
  • Don C. Tyler - edição digital, edição
  • Mary Maurer - direção de arte
  • Doug Erb - design
  • Danny Clinch - fotografia
  • John Bleich - assistente de engenheiro de som, mixagem
  • Joe Perota - diretor
  • Audrey Morris - produtor das letras de encarte
  • Audrey Morrissey - produtor
  • Susan Silver - empresária

Posições nas paradasEditar

ÁlbumEditar

Ano Parada Posição
1996 The Billboard 200 3

SinglesEditar

Ano Single Parada Posição
1996 "Would?" Mainstream Rock Tracks 19
1996 "Down in a Hole" Mainstream Rock Tracks 24
1996 "Over Now" Mainstream Rock Tracks 4

Referências