Abrir menu principal
Fronteiras da região da Macedônia, divididas pelas fronteiras nacionais dos países vizinhos. A noroeste: Macedônia do Vardar, abrangendo a Macedônia do Norte; os municípios de Trgovište e Preševo, na Sérvia, e o município de Elez Han, no Kosovo.

Macedônia do Vardar[1] (macedônio e em sérvio: Вардарска Македонија, Vardarska Makedonija) foi um termo que fazia referência a um território no Reino da Sérvia e no Reino da Iugoslávia correspondendo aproximadamente à atual Macedônia do Norte (a parte noroeste da região geográfica da Macedônia).[2] Em geral, refere-se à parte da região da Macedônia atribuída ao Reino da Sérvia pelo Tratado de Bucareste (1913). Recebeu esta denominação devido ao rio Vardar, o principal rio da região. Oficialmente, a área foi chamada de Sérvia do Sul (em sérvio: Jужна Србија, Južna Srbija)[3][4][5], e mais tarde, Banovina do Vardar, uma vez que o próprio nome Macedônia foi proibido na Sérvia, depois no Reino da Iugoslávia. [6][7]

Referências

  1. Jean-Arnault Dérens (1 de outubro de 2001). «Macedônia: Riscos e perigos nos Bálcãs». Biblioteca Diplô. "Em 1913, a Macedônia “histórica” foi dividida, cabendo à Sérvia a Macedônia do Vardar (50% do território), à Grécia, a Macedônia do Egeu, e à Bulgária, a Macedônia do Pirin." 
  2. «Macedonia to add 'Vardar' to its name». EURACTIV. 16 de junho de 2010 
  3. Victor Roudometof, Collective Memory, National Identity, and Ethnic Conflict: Greece, Bulgaria, and the Macedonian Question, Greenwood Publishing Group, 2002, ISBN 0275976483, p. 102.
  4. Constantine Panos Danopoulos, Dhirendra K. Vajpeyi, Amir Bar-Or, Civil-military Relations, Nation Building, and National Identity: Comparative Perspectives, Greenwood Publishing Group, 2004, ISBN 0275979237, p. 218.
  5. Roland Robertson, Victor Roudometof, Nationalism, Globalization, and Orthodoxy: The Social Origins of Ethnic Conflict in the Balkans, Greenwood Publishing Group, 2001, ISBN 0313319499, p. 188.
  6. Donald Bloxham, The Final Solution: A Genocide, OUP Oxford, 2009, ISBN 0199550336, p. 65.
  7. Chris Kostov, Contested Ethnic Identity: The Case of Macedonian Immigrants in Toronto, Peter Lang, 2010, ISBN 3034301960, p. 76.

BibliografiaEditar