Abrir menu principal

Madalena Schwartz

Fotógrafa húngaro-brasileira
Madalena Schwartz
Nascimento 9 de outubro de 1923
Budapeste
Morte 25 de março de 1993 (69 anos)
Cidadania Brasil
Ocupação fotógrafa

Madalena Schwartz (Budapeste, 9 de outubro de 1923- São Paulo, 25 de março de 1993) foi uma fotógrafa brasileira de origem húngara, membro do Foto Cinema Clube Bandeirante, onde se formou como fotógrafa, e da denominada Escola Paulista, junto a outros fotógrafos como Marcel Girou, José Yalenti[1] e Gaspar Gasparian, entre outros.[2][3][4]

A família de Magdalena Schwartz emigrou da Hungria a Buenos Aires quando ela tinha por volta de dez anos, e chegou ao Brasil na década de 1960. Ali, depois de começar uma vida profissional em outros ocupações, foi onde, com mais de 40 anos de idade, terminaria estudando e dedicando-se à fotografia. Conseguiu importante prestígio com uma grande predisposição pelo retrato. O fotógrafo brasileiro Pedro Karp Vásquez batizou-a como “a grande dama do retrato de nosso país”.[5]

Trabalhou para importantes publicações brasileiras, como Íris, Planeta ou Status, entre muitos outros.[6]

Prêmios (seleção)Editar

  • 1983. Prêmio de melhor fotógrafo. APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte)[7]

PublicaçõesEditar

  • Crisálidas (Editorial IMS)[8]
  • Personae: fotos e faces do Brasil, Companhia das Letras, 1997[9]

Exposições, trabalhos, prêmios (seleção)Editar

  • 2006. O contraluz na Escola Paulista, Foto Cinema Clube Bandeirante, São Paulo
  • 2007. Fragmentos: Modernismo na fotografia brasileira. Galeria Bergamin, São Paulo e Rio de Janeiro

Individuais nacionaisEditar

Individuais internacionaisEditar

  • 1983 - Frick Fine Arts Gallery, Pittsburgh, EUA.
  • 1983 - The Photo Center Gallery, New York University Tisch School of Arts, Nova York, EUA.
  • 1984 - Stanford Museum of Art. Standford, Califórnia, EUA.
  • 1984 - Martin Luter King Memorial Library. Washington, DC, EUA.
  • 1984 - Art Gallery. University of Florida. Gainesville, Flórida, EUA.
  • 1984 - Museo Nacional de Arte Decorativo. Palacio Errazuri. Buenos Aires, Argentina.
  • 1988 - Brazil Arcok, Pataky Korgaléria. Budapeste, Hungria.
  • 1990 - Brazilian Faces, Expo 90, Pavilhão do Brasil. Osaka, Japão.
  • 1993 - Paseo de la Recoleta. Buenos Aires, Argetina.


Referências