Abrir menu principal
Made World Tour
Pôster promocional da turnê
Turnê mundial de Big Bang
Álbum associado Made
Data de início 25 de abril de 2015
Data de fim 6 de março de 2016
Partes 4
N.º de apresentações 56 na Ásia
7 na América do Norte
3 na Oceania
66 no Total
Audiência 1,500,000 milhão
Cronologia de turnês de Big Bang
Japan Dome Tour "X"
(2014-2015)
0.TO.10
(2016–2017)

Made World Tour (estilizada como MADE World Tour),[1] foi a segunda turnê mundial realizada pelo grupo sul-coreano Big Bang, em suporte a seu terceiro álbum de estúdio coreano Made (2016).[2][3] Sua primeira etapa asiática foi anunciada em abril de 2015, e iniciou-se com duas apresentações em 25 e 26 de abril em Seul, Coreia do Sul e foi finalizada no mesmo local em 6 de março de 2016.

A turnê que recebeu aclamação da crítica especializada, com críticos elogiando a diversidade de suas canções e os talentos individuais dos cinco membros, reuniu um público de 1,5 milhão de pessoas através de 66 apresentações em quinze países, que incluiu China, Japão e Estados Unidos,[4] tornando-se a maior turnê já realizada por um artista sul-coreano.[5][6]

AntecedentesEditar

Em 1 de abril de 2015, a turnê foi anunciada pela primeira vez através do Twitter oficial da YG Entertainment, trazendo a informação das duas primeiras apresentações a serem realizadas em 25 e 26 de abril em Seul, Coreia do Sul. Posteriormente em 16 de abril, o seu primeiro trailer foi lançado no canal oficial do Big Bang no Youtube e em 27 de abril, o restante da etapa asiática foi anunciada contendo um total de trinta apresentações.[7][8] Também foram revelados a equipe de profissionais que iriam se juntar a turnê, como LeRoy Bennett, Ed Burke, Gil Smith II e Jonathan Lia, que já haviam trabalho com os cantores estadunidenses Beyoncé e Jay-Z em sua turnê On the Run Tour (2014) e com o próprio grupo durante a sua Alive Galaxy Tour, realizada entre 2012 e 2013.[9][10]

Em julho de 2015, um total de nove novas datas foram anunciadas e incluíram concertos no México, Austrália, China, Taiwan e Macau, marcando a primeira vez que o Big Bang se apresentaria no México, Austrália, Macau e na cidade de Toronto no Canadá.[11][12][13]

Recepção comercialEditar

 
Big Bang durante concerto realizado em Dalian.

Para as apresentações em Seul, todos os seus 26,000 mil ingressos foram vendidos em minutos, causando falhas no servidor de vendas devido ao alto trafego.[14] Na China continental, o Big Bang reuniu um público recorde de 280,000 mil pessoas em treze concertos da Made World Tour,[6] realizando concertos com ingressos esgotados nas cidades de Guangzhou,[15] Pequim,[16] Xangai,[17] Dalian e Wuhan. Além disso, outros concertos com ingressos esgotados incluem as três apresentações em Hong Kong,[18] duas em Macau onde foi adicionado mais uma data[19] e em Toronto no Canadá.[20]

Em Singapura, a demanda por ingressos se deu de forma tão grande que foram colocados a venda os chamados "assentos com áudio", após os ingressos iniciais terem-se esgotado rapidamente.[21] Na Malásia, diversos fãs fizeram fila para comprar com antecedência os ingressos para o concerto a ser realizado em 25 de julho no Putra Indoor Stadium, que esgotou-se em poucas horas. Devido a alta demanda, uma segunda apresentação foi adicionada em 24 de julho.[22][23] O mesmo ocorreu em Sydney na Austrália.[24]

A turnê foi incluída na lista de final de ano da publicação Pollstar, referente ao Top 200 Turnês Norte-Americanas, posicionando-se no número 126, pela arrecadação de 7,8 milhões de dólares em quatro concertos.[25] Em Macau, o Big Bang arrecadou um total de 5,3 milhões, tornando-o uma das mais altas bilheterias brutas internacionais da região e listando o quinteto na posição de número 41 no Top 100 Faturamento International de 2015 da mesma publicação.[26]

Transmissão ao vivoEditar

Em 2 de dezembro de 2014, a YG Entertainment realizou uma conferência de imprensa em Hong Kong para anunciar uma colaboração entre si e a QQ Music, a maior plataforma online de música da China, pertencente a empresa de serviços de internet Tencent.[27][28] Em 20 de junho de 2015, foi anunciado que o mesmo teria exclusividade na transmissão ao vivo do último concerto do Big Bang em Xangai a ser realizado no dia seguinte. A sua transmissão ao vivo atraiu 18,8 milhões de visualizações, tornando-se o concerto online mais visto da história.[29] Em 25 de outubro, uma segunda transmissão ao vivo foi realizada pela plataforma, desta vez referente ao concerto de Macau, atraindo mais de 975,000 visualizações, sendo 120,000 mil delas de pagantes, o que estabeleceu um recorde nacional.[30][31]

O concerto final da Made World Tour realizado em Seul, Coreia do Sul foi transmitido ao vivo para a China continental através da Tencent e internacionalmente pelo aplicativo coreano "V" do portal Naver. Este último disponibilizou um serviço multi-câmera com seis transmissões, onde um deles focou em cada membro e um focou em todo o grupo, permitindo assim a escolha do espectador. No aplicativo V, o concerto obteve 3,62 milhões de visualizações no total, tornando-se o seu vídeo de transmissão ao vivo mais visto.[5][32]

RecordesEditar

 
Big Bang durante concerto de encerramento em Seul.

Através da Made World Tour, o Big Bang estabeleceu e quebrou diversos recordes. Os mais notáveis estão listados abaixo:

  • O maior público de um concerto coreano da história.
  • O maior público de um artista coreano na Austrália.[33]
  • O maior público de um artista coreano no Canadá.[20]
  • O maior público de um artista estrangeiro na China.[34]
  • O maior público de um artista coreano em concerto único na China.[35]
  • O único artista estrangeiro a realizar três concertos consecutivos na Mercedes-Benz Arena em Xangai, China.[17]
  • O maior público de um artista coreano nos Estados Unidos.[36]
  • O primeiro artista estrangeiro a vender três concertos em Hong Kong em duas ocasiões distintas.[37]
  • O maior público de um artista estrangeiro no Japão.[38][39]
  • O primeiro artista estrangeiro a apresentar-se em uma turnê pelas arenas de cúpula japonesas por três anos consecutivos.[40]
  • O primeiro artista coreano a realizar um concerto de dois dias no Kuala Lumpur.[22]
  • O maior público de um artista coreano no México.[41]

Crítica profissionalEditar

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
The Los Angeles Times (favorável)[42]
The New York Times (favorável)[43]
The Guardian      [44]
Billboard      [45]

A turnê recebeu diversos elogios, sendo aclamada pela crítica especializada. O jornal The Straits Times definiu a apresentação ao vivo do Big Bang, durante seu primeiro concerto em Kallang como "explosiva" e acrescentou que "Seus vocais sólidos os impulsionou através de baladas emotivas, melodias de alta octanagem e rap ardente".[46] August Brown em sua avaliação do concerto realizado em Anaheim para o The Los Angeles Times, classificou-o como um "momento extremamente significativo para o K-pop", além disso, elogiou a diversidade de canções e performances do grupo, descrevendo o Big Bang como "um dos artistas mais inventivos e esteticamente visionários do gênero".[42] David Lee da revista Vibe aclamou o quinteto como os "Os Reis do K-pop" e destacou as suas performances solo como um dos momentos mais interessantes de seu primeiro concerto em Nova Jersey.[47] Para o The Michigan Daily, o Big Bang "é um dos dos raros grupos que tanto inovam como definem a direção que o gênero toma", citando que tanto os trabalhos do grupo como os seus individuais, tem deixado uma marca musical que tem afetado o mercado de música global. Adicionalmente, o mesmo evento foi descrito como "uma elétrica experiência fora do corpo".[48]

Jon Caramanica do jornal The New York Times, descreveu o segundo concerto do Big Bang no Prudential Center, como um "extremo, intenso e irresistível carnaval pop coreano", citando que para a maioria das boy bands ter membros como G-Dragon e T.O.P já seria o bastante, uma vez que os demais integrantes seriam apenas um "enchimento", o que segundo ele não acontece com o Big Bang, pois os demais membros também possuem seus talentos individuais.[43] Além disso, ele avaliou a turnê como uma das melhores do ano de 2015.[49] Em sua avaliação, Bryan Armen Grahamo do jornal The Guardian, deu um total de quatro estrelas de cinco, ao mesmo evento, descrevendo o grupo como "os heróis do K-pop" e elogiando os talentos individuais dos cinco membros. Para o mesmo, as misturas de elementos feitas pelo grupo resultam em um pop plenamente realizado, no "auge de sua criatividade e sofisticação".[44] Jeff Benjamin da Billboard deu ao último concerto realizado nos Estados Unidos, a nota 4.5 de 5, destacando sobre os "cinco indivíduos que são, separadamente complexos, mas que em conjunto são um supergrupo inegável".[45]

Uma crítica positiva também foi feita pelo jornal The Village Voice, que descreveu a apresentação do grupo como única e "diferente de tudo o que há no esquema do pop ocidental", dizendo que o concerto em Nova Jersey "serviu para refletir o espectro das cores da emoção humana".[50] Para o The AU Review, a apresentação do grupo em Sydney foi "um concerto fantástico de um grupo fantástico de membros talentosos". O mesmo ainda faz elogios a produção do concerto, bem como a direção musical do grupo.[51]

RepertórioEditar

Primeiro concerto em Seul, Coreia do Sul
  1. "Fantastic Baby"
  2. "Tonight"
  3. "Stupid Liar"
  4. "Haru Haru"
  5. "How Gee"
  6. "Feeling"
  7. "Loser"
  8. "Blue"
  9. "Bad Boy"
  10. "Cafe"
  11. "Lies"
  12. "Strong Baby" (Seungri)
  13. "Let's Talk About Love" (Seungri ft: G-Dragon & Taeyang)
  14. "Wings" (Daesung)
  15. "Doom Dada" (T.O.P)
  16. "Eyes, Nose, Lips" (Taeyang)
  17. "Good Boy" (GD X Taeyang)
  18. "Crooked" (G-Dragon)
  19. "Bae Bae"
  20. "Last Farewell"
Bis
  1. "Hands Up"
  2. "Heaven"
  3. "Bae Bae"
  4. "Loser"
Concerto em Pequim, China, após o lançamento de Made Series A
  1. "Bang Bang Bang"
  2. "Tonight"
  3. "Stupid Liar"
  4. "Haru Haru"
  5. "How Gee"
  6. "Feeling"
  7. "Loser"
  8. "Blue"
  9. "Bad Boy"
  10. "Cafe"
  11. "Lies"
  12. "Strong Baby" (Seungri)
  13. "Let's Talk About Love" (Seungri ft: G-Dragon & Taeyang)
  14. "Wings" (Daesung)
  15. "Doom Dada" (T.O.P)
  16. "Eyes Nose Lips" (Taeyang)
  17. "Good Boy" (GD x Taeyang)
  18. "Crooked" (G-Dragon)
  19. "Bae Bae"
  20. "Fantastic Baby"
Bis
  1. "We Like 2 Party"
  2. "Hands Up"
Segundo Bis
  1. "Bang Bang Bang"
  2. "Fantastic Baby"
  3. "Bae Bae"
Concerto em Bancoque, Tailândia, após o lançamento de Made Series D
  1. "Bang Bang Bang"
  2. "Tonight"
  3. "Stupid Liar"
  4. "Haru Haru"
  5. "Loser"
  6. "Blue"
  7. "Bad Boy"
  8. "If You"
  9. "Lies"
  10. "Strong Baby" (Seungri)
  11. "Let's Talk About Love" (Seungri ft: G-Dragon & Taeyang)
  12. "Wings" (Daesung)
  13. "Doom Dada" (T.O.P)
  14. "Eyes Nose Lips" (Taeyang)
  15. "Good Boy" (GD x Taeyang)
  16. "Crooked" (G-Dragon)
  17. "Sober"
  18. "Bae Bae"
  19. "Fantastic Baby"
  20. "We Like 2 Party"
  21. "Hands Up"
Bis
(variável, este refere-se ao concerto em Singapura, dia 2)
  1. "Good Boy"
  2. "Sober"
Concerto em Chengdu, China, após o lançamento de Made Series E
  1. "Bang Bang Bang"
  2. "Tonight"
  3. "Stupid Liar"
  4. "Haru Haru"
  5. "Loser"
  6. "Blue"
  7. "Bad Boy"
  8. "If You"
  9. "Lies"
  10. "Strong Baby" (Seungri)
  11. "Let's Not Fall in Love"
  12. "Wings" (Daesung)
  13. "Doom Dada" (T.O.P)
  14. "Eyes Nose Lips" (Taeyang)
  15. "Zutter" (GD&TOP)
  16. "Good Boy" (G-Dragon x Taeyang)
  17. "Crooked" (G-Dragon)
  18. "Sober"
  19. "Bae Bae"
  20. "Fantastic Baby"
  21. "We Like 2 Party"
  22. "Hands Up"
Bis
(variável, este refere-se ao concerto de Singapura dia 2)
  1. "Zutter"
  2. "Let's Not Fall In Love"
Concerto de encerramento em Seul, Coreia do sul
  1. "Bang Bang Bang"
  2. "Tonight"
  3. "Stupid Liar"
  4. "Haru Haru"
  5. "Loser"
  6. "Blue"
  7. "Bad Boy"
  8. "If You"
  9. "Strong Baby" (Seungri)
  10. "Wings" (Daesung)
  11. "Doom Dada" (T.O.P)
  12. "Eyes Nose Lips" (Taeyang)
  13. "Zutter" (GD&TOP)
  14. "Good Boy" (G-Dragon x Taeyang)
  15. "Crooked" (G-Dragon)
  16. "Sober"
  17. "Bae Bae"
  18. "Fantastic Baby"
Bis
  1. "We Like 2 Party"
  2. "Lies"
  3. "Bang Bang Bang"

Datas da turnêEditar

Data Cidade País Local Público
Etapa 1 — Ásia[1]
25 de abril de 2015 Seul   Coreia do Sul Olympic Gymnastics Arena 26,000[52]
26 de abril de 2015
30 de maio de 2015 Guangzhou   China Guangzhou International Sports Arena 24,000[53]
31 de maio de 2015
6 de junho de 2015 Pequim MasterCard Center 23,000[16]
7 de junho de 2015
12 de junho de 2015 Hong Kong   Hong Kong AsiaWorld–Arena 36,000[54]
13 de junho de 2015
14 de junho de 2015
19 de junho de 2015 Xangai   China Mercedes-Benz Arena 30,000[55]
20 de junho de 2015
21 de junho de 2015
26 de junho de 2015 Dalian Zhongsheng Center 10,000[56]
28 de junho de 2015 Wuhan Wuhan Gymnasium 10,000[57]
11 de julho de 2015 Bancoque   Tailândia IMPACT Arena 20,000[58]
12 de julho de 2015
18 de julho de 2015 Kallang   Singapura Singapore Indoor Stadium 20,000[59]
19 de julho de 2015
24 de julho de 2015 Kuala Lumpur   Malásia Putra Indoor Stadium 45,000[60]
25 de julho de 2015
30 de julho de 2015 Manila   Filipinas Mall of Asia Arena
1 de agosto de 2015 Jacarta   Indonésia Indonesia Convention Exhibition
7 de agosto de 2015 Shenzhen   China Shenzhen Bay Sports Center 12,000[61]
9 de agosto de 2015 Nanquim Nanjing Olympic Sports Center Gymnasium 10,000[62]
14 de agosto de 2015 Chengdu Chengdu Sports Centre 30,000[63]
25 de agosto de 2015 Hangzhou Yellow Dragon Sports Center 21,000[64]
28 de agosto de 2015 Changsha Hunan International Convention & Exhibition Centre 7,000[65]
30 de agosto de 2015 Chongqing Chongqing International Expo Center 10,000[66]
24 de setembro de 2015 Taipé   Taiwan Taipei Arena 44,000[67]
25 de setembro de 2015
26 de setembro de 2015
27 de setembro de 2015
Etapa 2 — América do Norte[68]
2 de outubro de 2015 Las Vegas   Estados Unidos Mandalay Bay Events Center 9,000[69]
3 de outubro de 2015 Los Angeles Staples Center 13,400[70]
4 de outubro de 2015 Anaheim Honda Center 11,000[69]
7 de outubro de 2015 Cidade do México   México Mexico City Arena 15,000[41]
10 de outubro de 2015 Newark   Estados Unidos Prudential Center 22,000[71]
11 de outubro de 2015
13 de outubro de 2015 Toronto   Canadá Air Canada Centre 14,000[72]
Etapa 3 — Oceania[1]
17 de outubro de 2015 Sydney   Austrália Qudos Bank Arena 35,000[33][73]
18 de outubro de 2015
21 de outubro de 2015 Melbourne Rod Laver Arena
Etapa 4 — Ásia[1]
23 de outubro de 2015 Cotai   Macau CotaiArena 28,600[26]
24 de outubro de 2015
25 de outubro de 2015
12 de novembro de 2015 Tóquio   Japão Tokyo Dome 911,000[74][75]
13 de novembro de 2015
14 de novembro de 2015
15 de novembro de 2015
20 de novembro de 2015 Osaka Kyocera Dome
21 de novembro de 2015
22 de novembro de 2015
28 de novembro de 2015 Fukuoka Fukuoka Dome
29 de novembro de 2015
5 de dezembro de 2015 Nagoia Nagoya Dome
6 de dezembro de 2015
9 de janeiro de 2016 Osaka Kyocera Dome
10 de janeiro de 2016
11 de janeiro de 2016
6 de fevereiro de 2016 Fukuoka Fukuoka Dome
7 de fevereiro de 2016
23 de fevereiro de 2016 Tóquio Tokyo Dome
24 de fevereiro de 2016
4 de março de 2016 Seul   Coreia do Sul Olympic Gymnastics Arena 39,000[5]
5 de março de 2016
6 de março de 2016
Total 1,500,000[5][6]

Concertos canceladosEditar

Data Cidade País Local Motivo
16 de agosto de 2015 Yanji China Yanji People's Stadium circunstâncias imprevistas[76]

FaturamentoEditar

Local Cidade Ingressos vendidos / Disponíveis Receita
Staples Center Los Angeles 13,361 / 13,535 (99%) $1,715,587[70]
Prudential Center Newark 21,903 (91%) $3,397,699[71]
CotaiArena Cotai 28,598 (98%) $5,311,145[26]
Taipei Arena Taipé 44,000 (100%) $8,010,660[67]

Referências

  1. a b c d «BIGBANG MadeTour». facebook.ygfamily.com. Consultado em 22 de julho de 2016 
  2. serendipity (17 de abril de 2015). «Big Bang leave fans in a frenzy with theatrical trailer for 'MADE' tour + YGE explains the meaning behind the album title». Allkpop. Consultado em 22 de julho de 2016 
  3. Ock Hyun-ju (2 de abril de 2015). «Big Bang to release new album in May». Asiaone. Consultado em 22 de julho de 2016 
  4. «K-pop icons BigBang announce world tour with Southeast Asian stops». The Straits Times. 2 de abril de 2015. Consultado em 22 de abril de 2016 
  5. a b c d «Big Bang's Seoul concert had it all». The Korean Times. 7 de março de 2016. Consultado em 22 de julho de 2016 
  6. a b c «BIGBANG is always different… World tour that has drawn 1.5 million fans ended in great success». YG Life. 6 de março de 2016. Consultado em 22 de julho de 2016 
  7. «Big Bang Spotted Filming New Music Video In L.A... With Taeyang In A Wheelchair?». Kpopstarz. 11 de abril de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  8. «Big Bang Members Spotted in Los Angeles Filming New MV». Mwave. 10 de abril de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016. Arquivado do original em 10 de setembro de 2015 
  9. «不搶票對不起自己!韓國天團BIGBANG來台開唱啦!». Vogue. 17 de julho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  10. «Excitement For Big Bang's Comeback Builds As Beyoncé-Jay-Z Concert Crew Joins Group's 2015 World Tour». Kpopstarz. 8 de abril de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  11. «BIGBANG 2015 WORLD TOUR 'MADE' IN YANJI AND TAIPEI CONFIRMED». YG Family Twitter. 10 de julho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  12. «BIGBANG 2015 WORLD TOUR 'MADE' IN MEXICO AND AUSTRALIA CONFIRMED». YG Family Twitter. 10 de julho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  13. «BIGBANG 2015 WORLD TOUR 'MADE' IN MACAO CONFIRMED». YG Family Twitter. 31 de julho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  14. «Fans Struggle to Get Tickets to Big Bang′s Upcoming Concert». Mwave. 10 de abril de 2015. Consultado em 27 de julho de 2016. Arquivado do original em 25 de setembro de 2015 
  15. «BIGBANG China Tour Guangzhou station tickets sold out two concerts». 网易娱乐_有态度的娱乐门户. Netease Arts. 14 de maio de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  16. a b «Overseas concerts sold out for top K-pop boy groups». Asiaone. Consultado em 22 de julho de 2016 
  17. a b «Shanghai Concert of BIGBANG's World Tour Electrified 30,000 Fans… Great Success». OSEN. 22 de junho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  18. «BIGBANG Rounded off Hong Kong Concert, "Singing All Together Anywhere around the World"». YG Life. 15 de junho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  19. «Additional Macau Concert added». Weibo. 2 de setembro de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  20. a b «K-pop band Big Bang doing booming business in Toronto» (em inglês). The Star. 26 de setembro de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  21. «BigBang brings on the party with fancy moves, solid vocals and off-the-wall humour». The Straits Times. 19 de julho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  22. a b «Big Bang Add Additional Date To MADE World Tour In Malaysia». Kpopstarz. 31 de maio de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  23. «Big Bang set to rock KL». The Star. 11 de julho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  24. «BIGBANG announce 2nd Sydney show!». SBS. 11 de agosto de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  25. «Top 200 North American Tours» (PDF). Pollstar. Consultado em 15 de novembro de 2017 
  26. a b c «Top 100 International Boxoffice Grosses» (PDF). Pollstar. p. 3. Consultado em 15 de novembro de 2017 
  27. «YG Entertainment partners up with Chinese group QQ Music». Koreaboo. 2 de dezembro de 2014. Consultado em 22 de julho de 2016 
  28. «Tencent Signs Deal With K-Pop Agency Behind Psy, Big Bang». Wall Street Journal. 2 de dezembro de 2014. Consultado em 22 de julho de 2016 
  29. «빅뱅, 월드투어 'MADE' 中 텐센트 비디오 통해 생중계 (BIGBANG's World Tour "MADE" Live on China's Tencent)» (em coreano). OSEN. 21 de junho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  30. Xiang, Tracey (22 de janeiro de 2016). «Live Concert Streaming Is Taking Off In China». Technode. Consultado em 22 de julho de 2016 
  31. «BIGBANG[MADE]世界巡演澳门站». QQ Music. Consultado em 22 de julho de 2016 
  32. «[V-APP] BIGBANG's concert recorded the highest number of viewers at 2,11 million… Over 3million when including multi-cam viewers». YG Life. 7 de março de 2016. Consultado em 22 de julho de 2016 
  33. a b «[스타캐스트] 빅뱅 'MADE' 첫 호주 투어!! 뜨거웠던 현장 스케치» (em coreano). Naver News. Consultado em 15 de novembro de 2017 
  34. «빅뱅, 韓가수 최다 中 11개도시-18만명 동원 투어 성료.."다시 올 것"» (em coreano). OSEN. 31 de agosto de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  35. «빅뱅, 중국 청두 공연 성료…3만 관객 매료» (em coreano). 10Asia. 15 de agosto de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  36. «BIGBANG Announce Huge Arena Tour for America This Fall». Billboard. 27 de maio de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  37. «Big Bang gigs sell out». South China Morning Post. 21 de maio de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  38. «BIGBANG's dome tour that drew as many as 911,000 fans marked grand finale…The first time ever». YG Life. 25 de fevereiro de 2016. Consultado em 22 de julho de 2016 
  39. «【ライブレポート】5万5000人が東京ドーム揺らす。BIGBANG、史上初の3年連続&91万人動員の日本ツアー終了». Barks Japan Music Network. 24 de fevereiro de 2016. Consultado em 28 de julho de 2016 
  40. «Big Bang Becomes First Foreign Artist to Hold Japanese Dome Tour Three Years Straight». Mwave. 27 de abril de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016. Arquivado do original em 29 de abril de 2015 
  41. a b «Bigbang Successfully Wrapped Up Its First Concert in Mexico». Yahoo!. 8 de outubro de 2015. Consultado em 15 de novembro de 2017 
  42. a b «Review BigBang explodes K-Pop convention at the Honda Center» (em inglês). Los Angeles Times. 5 de outubro de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  43. a b Jon Caramanica (12 de outubro de 2015). «Review: BigBang, Following the K-Pop Playbook With Flash». The New York Times. Consultado em 22 de julho de 2016 
  44. a b Bryan Armen Grahamo (13 de outubro de 2015). «Big Bang review – K-pop heroes deliver candyfloss hooks with a sharp edge» (em inglês). The Guardian. Consultado em 22 de julho de 2016 
  45. a b Jeff Benjamin (13 de outubro de 2015). «BIGBANG Confirm Their Power as a Group & Individuals at Jersey 'Made' Arena Shows: Live Review». Billboard. Consultado em 22 de julho de 2016 
  46. Ng, Gwendolyn (19 de julho de 2015). «BigBang brings on the party with fancy moves, solid vocals and off-the-wall humour». The Straits Times. Consultado em 22 de julho de 2016 
  47. David Lee (13 de outubro de 2015). «Review: Kings of K-Pop BIGBANG Performs First U.S. Show In 3 Years» (em inglês). Vibe. Consultado em 22 de julho de 2016 
  48. Allen Donne (25 de outubro de 2015). «Review: BIGBANG explosive for their "MADE" tour» (em inglês). The Michigan Daily. Consultado em 22 de julho de 2016 
  49. «All the Best Concerts, of What the Critics Have Seen». The New York Times. 29 de dezembro de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  50. Maria Sherman (12 de outubro de 2015). «K-POP KINGS BIGBANG FLY SEOUL'S SOUL TO NYC» (em inglês). The Village Voice. Consultado em 22 de julho de 2016 
  51. «HELLO ASIA! LIVE REVIEW: BIGBANG MADE WORLD TOUR - ALLPHONES ARENA, SYDNEY (17.10.15)». The Au Review. 18 de outubro de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  52. Won Ho-jung (27 de abril de 2015). «Big Bang kicks off world tour with a nod to Seoul fans». Koreanherald. Consultado em 22 de julho de 2016 
  53. Yoon Sarah (31 de maio de 2015). «Big Bang kick off 'MADE' world tour in China». Koreanherald. Consultado em 22 de julho de 2016 
  54. «BIGBANG Rounded off Hong Kong Concert, "Singing All Together Anywhere around the World"». YG Life. 15 de junho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  55. «Shanghai Concert of BIGBANG's World Tour Electrified 30,000 Fans… Great Success». YG Life. 22 de junho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  56. «BIGBANG!"当1万人一起嘶喊这个名字,何等震撼?当1万人一起舞动,何等壮观» (em chinês). Zhongsheng Center. Consultado em 22 de julho de 2016. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2015 
  57. «BIGBANG武汉演唱会圆满落幕 万名粉丝大合唱» (em chinês). Sohu. 30 de junho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  58. «Big Bang Perform 'Sober,' 'If You' For 1st Time At MADE World Tour Stop In Bangkok, Thailand». Kpopstarz. 14 de julho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  59. «BigBang brings on the party with fancy moves, solid vocals and off-the-wall humour». The Straits Times. 19 de julho de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  60. «BIGBANG's World Tour in 3 Asian Countries 45,000 Fans Ecstatic». YG Life. 2 de agosto de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  61. «BIGBANG深圳完騷趕去蒲» (em chinês). Nextmedia. Consultado em 22 de julho de 2016 
  62. «韩国人气天团BIGBANG南京开唱 万名粉丝齐互动» (em chinês). news.cn. Consultado em 22 de julho de 2016 
  63. «BIGBANG's Enthralled 30,000 Chinese Fans in Chengdu». YG Life. 15 de agosto de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  64. «Bigbang To Fascinate China». Yahoo Entertainment Singapore. 26 de agosto de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016. Arquivado do original em 16 de outubro de 2015 
  65. «BIGBANG长沙"万鞋之夜"昨晚开唱» (em chinês). yule.com.cn. 28 de agosto de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  66. «BIGBANG重庆演唱会 粉丝"火红"应援大合唱» (em chinês). news.cn. 2 de outubro de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  67. a b «BIGBANG首場《BANG》轟蛋 TOP露酒窩撒嬌萌炸» (em chinês). ettoday.net. 24 de setembro de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  68. Adrienne Stanley (26 de maio de 2015). «Big Bang Announce North American Tour With Stops In Las Vegas, Los Angeles And New Jersey». Kpopstarz. Consultado em 22 de julho de 2016 
  69. a b «美 LA타임즈 "빅뱅, 왜 최고인지를 증명했다" 극찬» (em coreano). Joins. 6 de outubro de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  70. a b «Current Boxscore». Consultado em 14 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 15 de outubro de 2015 
  71. a b «Top 200 Concert Grosses» (PDF). Pollstar. p. 7. Consultado em 15 de novembro de 2017 
  72. «BIGBANG's MADE Tour in North America was a Huge Success Drawing 87,000 Fans». YG Life. 14 de outubro de 2015. Consultado em 22 de julho de 2016 
  73. «Big Bang's MADE tour in Australia!». Korea.com. Consultado em 15 de novembro de 2017 
  74. «BIGBANG 3年目のドームツアーに91万人 海外アーティスト最多動員「夢の中みたい」» (em japonês). Mainichi. 24 de fevereiro de 2016. Consultado em 22 de julho de 2016. Arquivado do original em 16 de agosto de 2016 
  75. «[【ライブレポート】5万5000人が東京ドーム揺らす。BIGBANG、史上初の3年連続&91万人動員の日本ツアー終了» (em japonês). 24 de fevereiro de 2016. Consultado em 22 de julho de 2016 
  76. «Update to Chinese tour dates». BIGBANG Facebook. Consultado em 22 de julho de 2016 

Ligações externasEditar