Abrir menu principal

Magnificent Obsession (1954)

filme de 1954 dirigido por Douglas Sirk
Magnificent Obsession
Sublime Expiação[1] (PRT)
Sublime Obsessão[2] (BRA)
Gregg Palmer em cena do trailer do filme
 Estados Unidos
1954 •  cor •  108 min 
Direção Douglas Sirk
Produção Ross Hunter
Roteiro Robert Blees
Wells Root
Sarah Y. Mason
Victor Heerman
Lloyd C. Douglas
(romance)
Elenco Jane Wyman
Rock Hudson
Agnes Moorehead
Gênero drama
Música Frank Skinner
Direção de arte Bernard Herzbrun
Emrich Nicholson
Direção de fotografia Russell Metty
Efeitos especiais David S. Horsley
Figurino Bill Thomas
Edição Milton Carruth
Companhia(s) produtora(s) Universal Pictures
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Estados Unidos 7 de agosto de 1954
Brasil 13 de setembro de 1954
Portugal 30 de novembro de 1954
Idioma inglês

Magnificent Obsession (bra: Sublime Obsessão; prt: Sublime Expiação) é um filme norte-americano de 1954, do gênero drama, dirigido por Douglas Sirk e estrelado por Jane Wyman e Rock Hudson.

Índice

Notas de produçãoEditar

Exemplo acabado do melodrama, Magnificent Obsession, considerado algures como "possivelmente, a obra-prima de Dougas Sirk", mas também chamado por outros de "extravagante" e "ridículo",[3] é o primeiro de uma série de sucessos que o diretor alcançou na década de 1950, produzidos por Ross Hunter ou Albert S. Zugsmith, todos na Universal Pictures.

O filme, um dos maiores sucessos entre os dramalhões luxuosos do estúdio naquela década,[4] é a refilmagem da produção homônima de 1935, com roteiro baseado no primeiro romance do escritor cristão Lloyd C. Douglas, best-seller em 1929.

Rock Hudson, até então cavando seu lugar ao sol em faroestes sem brilho e aventuras exóticas no deserto, tornou-se astro de um dia para o outro. Apesar de seu nome vir abaixo do de Jane Wyman (e de ser dela a única indicação ao Oscar recebida pela produção), o filme pertence a ele, indiscutivelmente.[5] O ator, aliás, tornou-se um dos prediletos de Sirk, com quem trabalhou oito vezes, entre 1952 e 1957.[6]

Segundo Ken Wlaschin, este é um dos dez melhores filmes de ambos os astros.[7]

SinopseEditar

O playboy Bob Merrick causa um acidente em que morre o muito amado Doutor Wayne Phillips. A esposa deste, Helen, recusa-se a perdoá-lo, mas Bob não a deixa em paz. Mais tarde, a moça fica cega ao tentar desvencilhar-se dele e ser atropelada por um táxi. Bob, então, decide reparar seus erros e estuda Medicina até ao ponto de alcançar a fama na profissão. Daí, ele comanda a cirurgia que devolverá a visão a Helen, por quem há muito se apaixonara.

PremiaçõesEditar

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Atriz (Jane Wyman) Indicado
Photoplay Medalha de Honra Melhor Filme do Ano Vencedor

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Jane Wyman Helen Phillips
Rock Hudson Bob Merrick
Agnes Moorehead Nancy Ashford
Otto Kruger Edward Randolph
Barbara Rush Joyce Phillips
Gregg Palmer Tom Masterson
Paul Cavanagh Doutor Henry Giraud
Sara Shane Valerie Daniels
Richard H. Cutting Doutor Derwin Dodge
Judy Nugent Judy
Helen Kleeb Senhora Eden
Rudolph Anders Doutor Albert Fuss
Fred Nurney Doutor Laradetti
John Mylong Doutor Emil Hofer
Alexander Campbell Doutor Allan
  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. Sublime Expiação no SapoMag (Portugal)
  2. Sublime Obsessão (em português) no AdoroCinema (Brasil)
  3. BUTLER, Craig. «Magnificent Obsession (1954)». AllMovie. Consultado em 9 de setembro de 2014 
  4. ERICKSON, Hal. «Magnificent Obsession (1954)». AllMovie. Consultado em 9 de setembro de 2014 
  5. HIRSCHHORN, Clive, The Universal Story, Londres: Octopus Books, 1986 (em inglês)
  6. MCARTHUR, Colin, Douglas Sirk's Magnificent Obsessions, in Movies of the Fifties, editado por Ann Lloyd, Londres: Orbis, 1984 (em inglês)
  7. WLASCHIN, Ken, The World's Great Movie Stars and Their Films, Londres: Peerage Books, 1985 (em inglês)
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.