Magno I da Saxónia

Magno I da Saxónia (10451106), ou Magno Bilunga, foi duque da Saxónia entre os anos de 1072 e 1106.

Magno I da Saxónia
Nascimento 1042
Morte 23' 23UTC 'agosto' 23UTC '1106
Ertheneburg
Progenitores
Cônjuge Sofia da Hungria
Filho(s) Vulfilda da Saxônia, Eilica da Saxônia
Ocupação político
Título duque

BiografiaEditar

Em 1070, ainda antes de ser duque, intrigou um rebelião em que juntou Otão de Nordheim, duque da Baviera, contra o imperador Henrique IV, Sacro Imperador Romano-Germânico da Dinastia saliana.

Por esse motivo Otão foi acusado de instigar um complô para assassinar o rei, e foi decidido que deveria apresentar-se em batalha com seu acusador. Receando pela vida o duque pediu um salvo-conduto para se deslocar ao local de reunião. Sendo o salvo-conduto recusado ele recusou-se a aparecer, e foi, consequentemente, privado do seu domínio sobre a Baviera, sendo as propriedades saqueadas.

Com o decorrer da rebelião, em 1071, Magno foi capturado, e preso no Castelo de Harzburgo, a imponente fortaleza imperial que tão controlado pelos homens livres saxões.

Por não ter descendentes masculinos, Magno I da Saxónia foi o último duque da Saxónia da dinastia Bilunga.

Relações familiaresEditar

Foi filho de Ordulfo da Saxónia (102028 de Março de 1072), duque da Saxônia, e de Vulfilda da Noruega (c. 1025 - 1072), filha do rei Olavo II da Noruega e Astride Olofsdotter (esta, filha do rei Olavo, o Tesoureiro).

Casou em 1071 com princesa Sofia da Hungria (104018 de Junho de 1095), filha do rei Bela I da Hungria, de quem teve:

  1. Vulfilda da Saxónia (c. 107529 de Dezembro de 1126), que se casou com Henrique IX da Baviera "o Negro" (1075 - 13 de Dezembro de 1126), duque da Baviera.
  2. Eilica da Saxónia (c. 10801142), que em 1094 se casou com Otão de Ballenstedt, conde de Anhalt (? — 1123).