Abrir menu principal

Malamir da Bulgária

(Redirecionado de Malamir)
Disambig grey.svg Nota: "Malamir" redireciona para este artigo. Para a cidade iraniana de mesmo nome, veja Malamir (Irã).
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde junho de 2019). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Malamir da Bulgária
da Bulgária
Reinado 831836
Antecessor(a) Omurtague
Sucessor(a) Presiano I
Dinastia "Dinastia de Crum" (possivelmente Dulo)
Morte 836
Pai Omurtague

Malamir (em grego medieval: Μαλαμιρ; em búlgaro: Маламир) ou Malomiro (Μαλ(λ)ωμηρός, Mal(l)omerós) foi o cã búlgaro entre 831 e 836. Era filho de Omurtague e neto de Crum. Seu nome pode ter origem eslava e alguns acreditam que ele pode ter sido o primeiro cã eslavo (alega-se o mesmo sobre Sabino). Uma outra teoria defende que ele teria um nome iraniano (havia inclusive uma cidade iraniana chamada "Malamir" - atual Izeh, Irã). Especulou-se também que sua mãe seria eslava. Porém, nada disso pode ser provado definitivamente.

HistóriaEditar

Malamir se tornou o cã da Bulgária em 831 com a morte de seu pai, Omurtague, pois seu irmão mais velho, Enravota (Voin), havia abdicado de seu direito de sucessão ao se tornar cristão. É possível que Malamir fosse ainda muito jovem e inexperiente na época de sua ascensão e que os assuntos de estado fossem tratados pelo seu caucano Isbul.

Por volta de 833, Malamir mandou executar Enravota por sua teimosia em renunciar o cristianismo[a]. Depois do fim do tratado original de 20 anos com o Império Bizantino em 836, o imperador Teófilo arrasou diversas regiões dentro da fronteira búlgara. Os búlgaros retaliaram e, sob a liderança de Isbul, alcançaram Adrianópolis. Nesta época, se não antes, eles anexaram também Filipópolis (Plovdiv) e redondezas. Diversas inscrições monumentais ainda existentes desta época fazem referência às vitórias búlgaras e outras, à retomada das construções em e nas proximidades de Plisca, a capital do Império Búlgaro. Malamir morreu em 836, supostamente numa vingança pela morte de seu irmão.

Em diversos estudos mais mais antigos, Malamir é identificado como sendo seu sucessor Presiano I e assume-se que ele teria sobrevivido até a década de 850 como um antecessor direto de Bóris I. É muito improvável que isso seja verdade, pois atesta-se que Malamir foi sucedido por seu sobrinho (o filho de seu irmão Zbenitzes) enquanto que Bóris I teria sido precedido por seu pai, Presiano. Zlatarski resolveu a questão das fontes fragmentárias ao determinar que o sobrinho e herdeiro de Malamir, cujo nome não foi citado, era, na realidade, Presiano e que Bóris era filho dele.

A compilação do século XVII dos búlgaros do Volga, Ja'far Tarikh, uma obra cuja autenticidade é disputada, apresenta Balamir (Malamir) como sendo filho de Yomyrčak (Omurtague) e irmão de Sabanša (Zbenitzes), o pai de Birdžihan (Presiano).

Ver tambémEditar

Malamir da Bulgária
Nascimento: ? Morte: 836
Precedido por:
Omurtague
Cã búlgaro
831–836
Sucedido por:
Presiano I

NotasEditar

[a] ^ Enravota acabou sendo canonizado como mártir pelas igrejas de tradição ortodoxa e é comemorado em 28 de março.

BibliografiaEditar

  • Jordan Andreev, Ivan Lazarov, Plamen Pavlov, Koj koj e v srednovekovna Bălgarija, Sofia 1999.
  • (fontes primárias), Bahši Iman, Ja'far Tarikh, vol. I, Orenburg 1997.