Malhação 1995

1995
(Redirecionado de Malhação (1.ª temporada))

Malhação 1995[1] é a primeira temporada da série de televisão brasileira, produzida pela Rede Globo e exibida de 24 de abril a 29 de dezembro de 1995.[2][3]

Malhação 1995
Informação geral
Formato série
Gênero soap opera
Duração 30 minutos
Criador(es) Emanoel Jacobina
Andréa Maltarolli
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Roberto Talma
Gonzaga Blota
Roteirista(s) Charles Peixoto
Márcia Prates
Patrícia Moretzsohn
Elenco
Tema de abertura "Assim Caminha a Humanidade", Lulu Santos
Exibição
Emissora original Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 24 de abril a 29 de dezembro de 1995
Episódios 179
Cronologia
Malhação 1996
Programas relacionados Malhação de Verão

Escrita por Andréa Maltarolli e Emanoel Jacobina com a colaboração de Charles Peixoto, Márcia Prates e Patrícia Moretzsohn, teve a supervisão de Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares. A direção foi de Leandro Neri e Flávio Colatrello Jr. com direção-geral de Roberto Talma, depois substituído por Gonzaga Blota.

Conta com as participações de Danton Mello, Juliana Martins, Luigi Baricelli, Carolina Dieckmann, Cláudio Heinrich, Fernanda Rodrigues, Daniela Pessoa e Ana Paula Tabalipa.

ProduçãoEditar

Logo no primeiro capítulo a Rede Globo foi multada pelo Juizado de Menores por exibir uma cena onde os personagens de Gisele Fraga e Cláudio Heinrich fazem sexo no vestiário e são flagrados por Bruno de Luca, que tinha 12 anos na época.[4] A Editora Globo investiu R$ 500 mil no lançamento de uma revista mensal chamada Malhação, focada em esporte, saúde e beleza.De fato,o projeto já havia sido elaborado meses antes da estreia da novela,mas o seu lançamento acabou sendo acelerado devido ao intenso sucesso da novela.[5] E esse não foi o único produto inspirado pelo sucesso da série; vários produtos com a marca Malhação foram lançados, como diversos itens de vestuário e cosméticos.[6]

Escolha do elencoEditar

Myrian Rios foi convidada para interpretar Paula e chegando os 5 primeiros capítulos para leitura, porém a atriz estava em uma viagem e não quis retornar antecipadamente, sendo que Sílvia Pfeifer acabou sendo escalada para o papel.[7] Nuno Leal Maia foi convidado para interpretar Gonzales, porém o ator preferiu aceitar o convite para História de Amor.[7] Patrícia de Sabrit entrou na trama quatro meses após a estreia.A função do seu personagem era clara,a de interferir na relação entre os personagens Cláudio Heinrich e Fernanda Rodrigues.[8]

EnredoEditar

[9][10]

Héricles Barreto (Danton Mello), jovem ingênuo e de bom caráter, chega do interior para estudar no Rio de Janeiro e consegue um emprego de auxiliar administrativo na Malhação, uma academia de ginástica na Barra da Tijuca (bairro da Zona Oeste do Rio). Em pouco tempo, Héricles começa a morar na academia e logo entra em contato com um grupo de adolescentes de classe média que frequenta o lugar o dia inteiro, mesmo fora do horário das aulas. As dificuldades de Héricles para aprender a viver por conta própria e para ser aceito pelos outros jovens servem como fio condutor da maioria das tramas. As histórias abriam a discussão de temas como virgindade, descoberta da sexualidade, aborto e preconceito social.

Ainda virgem e disposto a se guardar para uma moça que vive na Grécia, com quem se corresponde, Héricles se encanta por Isabella (Juliana Martins), aluna da academia. Inteligente e sensível, a moça está dividida entre tentar o curso de medicina para agradar aos pais adotivos ou se dedicar à música. Isabella também se apaixona por Héricles, mas não consegue se separar de Romão (Luigi Baricelli), o arrogante campeão de jiu-jítsu. O rapaz, apesar de mau-caráter, é fiel à namorada.

Paula (Sílvia Pfeifer), dona da academia, vive em conflito com os filhos, com a mãe Olga (Nair Bello) e com seu ex-marido Gonzalez (Frederico Benedini), encontrando paz em um novo amor, Roberto (Mário Gomes).

Um núcleo importante do seriado é a família de Paula Prata, empresária bonita e charmosa, proprietária da Malhação. Ela vive com a mãe, Olga, uma ex-bailarina elegante e bem-humorada, viúva, que é adorada pela filha e pelos netos; com Nabuco (John Herbert), um militar reformado, amigo da família e como um pai para ela; e com os filhos adolescentes Luiza (Fernanda Rodrigues) e Fabinho (Bruno de Luca), ambos da turma de alunos da academia.

Fabinho, o filho mais novo, é gordinho e louco por fast food. Por isso, é forçado pela mãe a praticar natação e judô. Ele é uma máquina de aprontar confusões, a maioria com a ajuda do amigo Bróduei (Fabiano Miranda), ajudante na cantina da academia. Já Luiza, recém-saída da adolescência, está começando a se descobrir como mulher. Sonha ser campeã de jiu-jítsu e é apaixonada pelo mestre, que a trata como criança.

O mestre em questão é Dado (Cláudio Heinrich), o professor mais adorado e respeitado pelos alunos da Malhação. Ciente do papel exemplar que exerce na academia, lê compulsivamente livros de autoajuda e vive citando frases de efeito para aconselhar os alunos. Depois, diz com ar displicente: “Bonito isso, né? Li num livro”.

Dado divide um apartamento com a irmã Juliana, a Juli (Carolina Dieckmann), de quem toma conta porque os pais, muito ricos, viajam constantemente. Juli é uma garota dissimulada, do tipo que espalha intrigas só pelo prazer de ver os outros em apuros. Na verdade, ela se ressente do irmão – acha que ele foi mais amado pelos pais – e recusa-se a lidar com seus sentimentos.

Um dos personagens mais marcantes é Alexandre Ferreira, o Mocotó (André Marques), como é chamado devido ao seu gosto por geleias. Conhecido por todos na academia, é um irreverente nato e um mulherengo incurável, que frequenta todas as aulas com o único objetivo de paquerar as meninas. A única exceção é a aula de alongamento, que ele considera “coisa de frutinha”. Filho de pais separados, Mocotó mora com a madrasta – para seu desespero, uma bela e jovem mulher de 19 anos –, estuda Economia e faz estágio na corretora do pai, o que o gabarita a prestar consultorias financeiras para os amigos, com resultados catastróficos.

ElencoEditar

Ator Personagem[2]
Danton Mello Héricles Barreto
Juliana Martins Isabella Bittencourt (Bella)
Luigi Baricelli Romão Marques Macieira
Sílvia Pfeifer Paula Pratta
Mário Gomes Roberto
Carolina Dieckmann Juliana Siqueira (Juli)
Cláudio Heinrich Eduardo Siqueira (Dado)[2]
Fernanda Rodrigues Luiza Pratta Gonzalez
Ana Paula Tabalipa Tainá Rebouças
Pablo Uranga Leonardo Pinheiro (Léo)
André Marques Alexandre Ferreira (Mocotó)
Daniela Pessoa Magali Albuquerque
Ademir Zanyor Israel da Conceição
Frederico Benedini Fábio Gonzalez (Gonzalez)
Nair Bello Olga Pratta
John Herbert Nabucodonosor Pereira (Nabuco)
Dill Costa Maria Candelária Santiago
Mônica Areal Tininha
Bruno de Lucca Fábio Gonzalez Filho (Fabinho)
Fabiano Miranda Bróduei Washington do Nascimento

Participações especiaisEditar

Ator Personagem
Alexandra Marzo Suzy (ex-namorada alcoólatra de Israel)
Alexandra Richter aluna (capítulo 4)
Anna Cotrim Solange (jornalista que faz uma matéria sobre Héricles e ameaçada por Mocotó e Romão, mais tarde faz uma matéria sobre Romão e Léo)
Antônio Pedro Conde Fortuna (José Joaquim, namorado de Eudóxia)
Beto Simas Júlio Helmann (líder de uma turma de vale tudo)
Bruno Giordano policial que procura Cachorrão, Cruzeirinho e Merreca
Caíque Loyolla Jorge (aluno da academia)
Carla Cecato Raquel (aluna e secretária de Paula)
Carla Faour candidata a vaga de babá de Maria Clara, filha de Vivian e Roberto
Carla Regina Jane (aluna da academia)
Cláudia Lira Carla (prostituta contratada por Léo pra seduzir Héricles)
Clemente Visacaíno Capitão Oliveira (policial que prende Badboy)
Conexão Japeri eles mesmos, fazem show na academia
Cristiane Horta Alice (aluna da academia)
Cristina Mayrink Sílvia (aluna e amiga de Paula e Tereza)
Daniel Dantas Marcos Guimarães (pai de Rafa, namora Paula)
Daniel Lobo Teobaldo (aluno metaleiro da turma de Rei Star)
Daniel Marinho Ricardo (aluno da academia)
Danielle Winits Melissa Brown (modelo, namorada de Dado)
Demetrio Gil Cláudio (aluno gay da academia)
Duda Ribeiro Maurício (fotografo que faz o ensaio nu de Melissa Brown)
Eduardo Caldas Lucas Figueira Bragança (aluno paraplégico, filho de Antônia e Márcio)
Evandro Mesquita Jacaré (Ivan Reis, advogado e amigo de Gonzalez)
Fabiano Nogueira Pedrão (aluno da academia)
Fábio Junqueira Márcio Bragança (pai de Lucas e marido de Antônia)
Fábio Villa Verde Afonso César de Oliveira Neto (publicitário, amigo de Vivian, namorado de Juli)
Felipe Martins Mickey (membro da banda de Rei Star)
Flávia Bonato Rafa (Rafaela Guimarães, filha de Marcos, membro da banda de Rei Star, namora Héricles)
Giovanna Gold Vera Moraes (aluna da academia interessada em Gonzalez)
Gisele Fraga Lola Veiga (aluna que transa com Dado por uma armação de Juli)
Gonçalo Diniz Diego (aluno da academia)
Guga Coelho João Carlos Alcântara Diniz (amigo de Dado e Juli, primeiro namorado de Luiza)
Guilherme Fontes Rei Star (ex-integrante e empresário da banda Os Mortos-Vivos)
Guilherme Piva Merreca (Melchior, assaltante que se esconde na academia)
Gustavo Long Bruno (aluno da academia)
Henrique Farias Cabelo (Marcelo, namorado de Juli)
Houssein Minussi vocalista da banda Mortos-Vivos
Ivan Gradin Carne de Pescoço (Carlos Eduardo, vai a academia atrás de uma joia supostamente contrabandeada por Candelária)
João Carlos Barroso Inspetor José França (investiga o sumiço dos assaltantes)
João Rebello Caco (filho problemático de Tereza)
João Velho Dado (Eduardo Siqueira Júnior, criança)
José Mauro Brant fã da banda Os Mortos-Vivos
Júlio Levy Cachorrão (Adroaldo, assaltante que se esconde na academia e acaba falecendo)
Lorena Rigaud Carol (aluna da academia)
Luca Rodrigues Henrique Luís (namorado intelectual, esnobe e pedante da Juli)
Lúcia Alves Tulê Berná (mãe da Tainá)
Luciana Vendramini Paulinha (Paula Barreiro, namorada de Mocotó)
Ludmila Dayer Tati (sobrinha de Maurício que desperta o amor em Fabinho)
Lulu Santos ele mesmo, fazendo um show na academia no último capítulo no casamento de Tainá e Léo)
Lupe Gigliotti Arlete (assistente social)
Marcelo Faustini Juca (aluno da academia)
Marcelo Garcia Zeca (aluno da academia)
Mari Alexandre modelo (capa da revista OH! Yes! que aparece num sonho de Fabinho)
Maria Carolina Araújo Marina (aluna de jiu jitsu)
Mariana Leoni Tuca (judoca que compete com Luiza)
Marta Moesch mãe de aluno reclamando depois do escândalo de Dado transando no vestiário feminino
Maurício Manieri ele mesmo, tecladista que acompanha o show de Patrícia Marx
Mauro Jasmin Aluísio (gerente do banco de Paula)
Mylla Christie Alva/Branca (irmãs gêmeas que se envolvem com Dado e Israel)
Myrian Rios Tereza (socialite fútil que tem problemas com o filho Caco)
Murilo Rosa Jurandir (aluno gay que desperta o interesse de Juli)
Ney Santanna Hamilton Rebouças (jornalista, pai de Tainá)
Nico Puig Bad Boy (Raul, namorado violento de Juli)
Nina de Pádua Vivian Nogutt (publicitária, amiga de Afonso César, ex-esposa de Roberto)
Nívea Maria Antônia Figueira Bragança (mãe de Lucas, esposa de Márcio, implica com Israel)
Oswaldo Loureiro General Milton Barreiro (pai de Paulinha)
Otávio Müller Cruzeirinho (assaltante que se esconde na academia)
Patrícia Alencar Vânia (aluna da academia)
Patrícia de Sabrit Micaela Batista Palma (prima de Dado e Juli, apaixonada por Dado)
Patrícia Marx ela mesma, fazendo um show no capítulo 40
Paulo Carvalho Cássio (fotografo da Buxixo)
Paulo Reis Antenor (empresário que nega patrocínio a Israel)
Petrônio Gontijo Greg (pai do filho de Paulinha)
Renata Castro Barbosa menina que tenta seduzir Héricles
Renata Ghelli Ruth (aluna da academia)
Renato Vasconcelos Xandão (aluno da academia)
Ricardo Sampaio Carlão (bandido, amigo do filho preso de Candelária)
Roberta Little ela mesma, canta sua música da trilha sonora
Rodrigo Penna Tomás G. (diretor de teatro, namora Juli)
Rogério Cardoso Flávio Silvestre (apresentador do Academia x Academia, namora Olga)
Suzana Abranches Bia (assistente de Vivian e Afonso)
Suzana Faini Hilda Vargas (assistente social)
Tamara Taxman Eudóxia (mãe da Magali)
Thelma Reston sogra bruxa em um pesadelo de Dado em que ele imagina a rotina de seu casamento com Micaela
Totia Meireles Elaine de Souza da Silva (aluna da academia que se envolve com Nabuco)
Vinícius Marques Geraldo (técnico de Tuca no judô)
Viviane Novaes Lúcia (aluna da academia)
Wagner Silveira Lauro (aluno da academia)

Trilha sonoraEditar

Volume 1Editar

A trilha sonora oficial foi lançada em 1995 e traz na capa Danton Mello como Héricles.

Malhação - Volume 1
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento 06 de Julho de 1995
Gênero(s)
Idioma(s) Português, Inglês
Formato(s) CD , LP e K7
Gravadora(s) Som Livre
N.º TítuloMúsicaPersonagem Duração
1. "There is a Party"  DJ Bobo   
2. "O Paraíso"  Conexão Japeri   
3. "Move Your Body"  Odissey   
4. "Assim Caminha a Humanidade"  Lulu SantosAbertura  
5. "Lover On The Line"  The Free   
6. "Is This Life"  Linda Carriere   
7. "Sax Disco (instrumental)"  Paulo HenriqueMagali  
8. "Espelhos D'Água"  Patrícia MarxBella e Héricles  
9. "Malandragem"  Cássia EllerLuiza e Dado  
10. "Pecado"  Caetano VelosoPaula e Roberto  
11. "Joguei Com Seu Coração"  AbdulaJuli / Lola  
12. "Noves Fora"  Nico RezendeDado  
13. "Sensual (Instrumental)"  Paulo Henrique   
14. "Sonho Bom"  JosyeTainá e Léo  

Volume 2Editar

A trilha sonora oficial foi lançada em 1995 e traz na capa Cláudio Heinrich como Dado.

Malhação - Volume 2
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento Outubro de 1995
Gênero(s)
Idioma(s) Português/Inglês
Formato(s) CD , LP e K7
Gravadora(s) Som Livre
N.º TítuloMúsicaPersonagem Duração
1. "Ritmo da Chuva (Rhythm of the Rain)"  Sr. Banana & HeartbreakersIsrael  
2. "Generation of Love"  Masterboy   
3. "Chega Disso"  Skank   
4. "Break Out"  Gottsha   
5. "Coleção"  EzequiasHéricles  
6. "Essa Menina"  João Marcelo Bôscoli e SimoninhaJuli  
7. "Babilônia Rock (Disco Classic 3)"  Fernanda Abreu (part. especial Cláudio Zoli)Tema Geral  
8. "Fullgás"  Lulu SantosLéo e Tainá  
9. "Catch a Fire"  HaddawayTema da academia  
10. "Escotilha"  Maskavo RootsDado e Magali  
11. "Fly (Throught The Starry Night)"  2 Brothers On The 4th Floor   
12. "Dias e Noites"  VenezaPaula  
13. "Te Amo"  Roberta LittleLuiza  
14. "Mocotomóvel (Instrumental)"  Paulo HenriqueMocotó  

AudiênciaEditar

Malhação tinha a missão de aumentar os níveis de audiência de Irmãos Coragem,[11] novela das seis que a sucedia e que vinha sendo um fracasso, com médias beirando os 30 pontos. Devido aos baixos índices de audiência da trama, a Rede Globo pensou em encurtá-la, porém Malhação correspondeu às expectativas da emissora, e Irmãos Coragem passou de 31/32 pontos a até 38 pontos, e não precisou ser encurtada, tendo terminado em Julho, como previsto.[12] Teve uma média final de 25 pontos.

O primeiro capítulo de Malhação quase duplicou a audiência da Rede Globo na faixa das 17h30, com uma média de 31 pontos em São Paulo. O humorístico Escolinha do Professor Raimundo, que ocupava o horário do seriado, tinha médias entre 15 e 18 pontos.[13]

Malhação de VerãoEditar

 Ver artigo principal: Malhação de Verão

De 4 de março a 5 de abril de 1996, foram exibidos 25 novos capítulos de Malhação às 17h30. As cenas tiveram como cenário o Rancho da Maromba, em Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro. Teve direção-geral de Carlos Magalhães e supervisão de texto de Ana Maria Moretzsohn.[14]

RepriseEditar

Foi reexibida na íntegra no Canal Viva de 21 de setembro de 2020 a 27 de maio de 2021, substituindo Malhação 2008 e sendo substituída por Malhação de Verão.[15]

Outras mídiasEditar

Foi disponibilizada na íntegra na plataforma de streaming Globoplay em 5 de julho de 2021.[16]

Referências

  1. Memória Globo (28 de outubro de 2021). «Malhação 1995». Consultado em 17 de dezembro de 2022 
  2. a b c «Malhação 95». Teledramaturgia 
  3. «Malhação (1995-1996)». Memória Globo 
  4. «Folha de S. Paulo - Globo é multada por cena de nudismo». TV Pesquisa. 3 de maio de 1995 
  5. «Meio & Mensagem - "Malhação" em revista». TV Pesquisa. 19 de junho de 1995 
  6. «O Globo - Malhação vira grife e vende de sandália a boné». TV Pesquisa. 2 de julho de 1995 
  7. a b «Folha de S. Paulo - Globo quer 'pegar leve' com 'Malhação'». TV Pesquisa. 19 de março de 1995 
  8. «Patrícia de Sabrit entra em "Malhação"». Folha de S.Paulo. Consultado em 25 de outubro de 2019 
  9. Memoria Globo
  10. Memória Globo
  11. «Folha de S. Paulo - Globo põe 'Malhação' para salvar 'Coragem'». TV Pesquisa. 22 de abril de 1995 
  12. «Folha de S. Paulo - Malhação aumenta a audiência de Irmãos Coragem». TV Pesquisa. 7 de maio de 1995 
  13. «Folha de S. Paulo - 'Malhação' transforma jovens em corpos sem cérebro». 26 de abril de 1995 
  14. «Folha de S. Paulo - 'Malhação' estréia novo cenário». TV Pesquisa. 3 de março de 1996. Arquivado do original em 23 de janeiro de 2009 
  15. Canal Viva estreia em 21 de setembro primeira temporada de Malhação
  16. «Retorno de The Good Doctor e estreia de O.C.: Os lançamentos de julho no Globoplay...». Notícias Da TV. Consultado em 30 de junho de 2021