Abrir menu principal
Malhação
New Wave (PT)
Informação geral
Formato Série
Gênero Soap opera
Duração 30 minutos
Criador(es) Ricardo Hofstetter
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Mário Márcio Bandarra
Roberto Vaz
Roteirista(s) Alessandra Poggi
Daisy Chaves
Izabel de Oliveira
João Brandão
Laura Rissin
Lícia Manzo
Mariana Mesquita
Paula Amaral
Elenco
Tema de abertura "Te Levar", Charlie Brown Jr.
Tema de encerramento "Te Levar" (instrumental), Charlie Brown Jr.
dentre outras músicas
Exibição
Emissora de televisão original Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 19 de janeiro de 200414 de janeiro de 2005
N.º de episódios 250
Cronologia
10.ª temporada
(2003-2004)
12.ª temporada
(2005-2006)

A décima primeira temporada da série de televisão brasileira Malhação foi produzida e exibida pela Rede Globo entre 19 de janeiro de 2004 e 14 de janeiro de 2005, totalizando 250 capítulos. Escrita por Ricardo Hofstetter, com a colaboração de Alessandra Poggi, Daisy Chaves, Izabel de Oliveira, João Brandão, Laura Rissin, Lícia Manzo, Mariana Mesquita e Paula Amaral, direção geral de Mário Márcio Bandarra e Roberto Vaz e direção de núcleo de Ricardo Waddington.[1]

Contou com Juliana Didone, Guilherme Berenguer, Marjorie Estiano, Thaís Vaz, Paulo Nigro, Bruno Ferrari, Graziella Schmitt e João Velho nos papéis centrais.

ReexibiçãoEditar

Foi reexibida na íntegra pelo Canal Viva de 12 de outubro de 2015 a 26 de setembro de 2016, substituindo a 10ª temporada e sendo substituída pela 12ª temporada.[2]

SinopseEditar

Gustavo (Guilherme Berenguer) é um garoto rico, guitarrista de uma banda e encrenqueiro número um da escola. No fundo, ele tem bom caráter e talento. Embora seja de família rica, ele não dá valor ao dinheiro, e sua rebeldia é uma forma de chamar a atenção do pai, Marcelo Henrique (Eduardo Lago), um famoso advogado criminalista, obcecado por trabalho e ausente em casa. Sua relação é melhor com a mãe, Beatriz (Cissa Guimarães), mas ela sofre com as constantes confusões nas quais o filho se envolve. Gustavo tem ainda dois irmãos: Diogo (Humberto Carrão) e Camila (Lara Rodrigues), gêmeos não idênticos, de 12 anos. Ele se envolve numa brincadeira que culminou com o acidente trágico do jovem Fabrício (Pedro Nercessian) em um estaleiro, que sofre uma queda e entra em coma.

Por ter como defensor seu pai, um dos melhores advogados do país, é condenado apenas a prestar serviços comunitários. Quem vai parar atrás das grades é Cadu (Bruno Ferrari), irmão mais velho de Letícia, um rapaz revoltado com sua condição social e tem vergonha do trabalho do pai. Por culpa do defensor público, Cadu termina preso. Gustavo escapa da cadeia graças ao pai. Sua pena é reduzida, e ele é condenado a prestar serviços comunitários. Dessa forma, passa a conviver com Letícia também fora do Múltipla Escolha, já que ela está envolvida em vários trabalhos de assistência social. Letícia (Juliana Didone) é o oposto de Gustavo: bonita, inteligente e extrovertida, é uma jovem de 16 anos, de uma família de poucos recursos. Filha da inspetora do Múltipla Escolha, Lúcia (Tássia Camargo) e do gari José (Ricardo Petraglia), ela estuda no colégio como bolsista. É uma aluna aplicada, com preocupações sociais de família pobre, é madura e tem preocupações sociais.

Os dois vivem brigando feito cão e gato e sofrem com as armações de Natasha (Marjorie Estiano), que é de personalidade agressiva e é filha única de pais separados e que sempre foi apaixonada por Gustavo e tenta de todas as maneiras separá-lo de Letícia, de quem morre de ciúmes. Em suas armações, conta com a ajuda de Catraca (João Velho), que é apaixonado por ela. Natasha e Catraca são companheiros de Gustavo na Vagabanda, uma banda de pop rock iniciante e ao passar do tempo, Letícia percebe a transformação do rival, e aos poucos os dois se apaixonam, para desgosto do namorado da moça, Felipe (Jean Fercondini).

Já o Colégio Múltipla Escolha ganha novos ambientes, como uma nova cantina, um deck, uma biblioteca e uma quadra poliesportiva. Ao longo da temporada, a proximidade com Letícia e a natureza do seu trabalho levam Gustavo a amadurecer.[3][4]

ElencoEditar

Ator/atriz Personagem
Juliana Didone Letícia Gomes da Silva[5]
Guilherme Berenguer Gustavo Soares da Costa[5]
Marjorie Estiano Natasha Ferreira[6]
João Velho Olavo Ribeiro Jr. (Catraca)[7]
Thaís Vaz Flávia Araújo
Paulo Nigro Murilo Brito
Bruno Ferrari Carlos Eduardo Gomes da Silva (Cadu)[8]
Graziella Schmitt Viviane dos Reis Schneider (Vivi)[9]
Jean Fercondini Felipe Saldanha
Daniele Suzuki Miyuki Shimahara[10]
Sérgio Hondjakoff Artur Malta (Cabeção)[10]
Alexandre Slaviero Carlos Henrique Soares (Kiko)
Gisele Frade Adriana Spinelli (Drica)
Pedro Nercessian Fabrício Pereira
Ícaro Silva Rafael Monteiro (Rafa)
Laila Zaid Isabel Freitas (Bel)
Lidi Lisboa Aline Coimbra
Alex Gomes Antônio Marins (TDB)
Tássia Camargo Lúcia da Silva Gomes
Cissa Guimarães Beatriz Soares da Costa
Ricardo Petraglia José Gomes ()
Eduardo Lago Marcelo Henrique Soares da Costa
Bia Montez Vilma Ribeiro da Silva
Nuno Leal Maia Paulo Pasqualete
Chris Couto Beth Leão
André De Biase Vinícius Lemos
Dalton Vigh Oscar Nunes Medeiros
Vanessa Bueno Cláudia
Charles Paraventi Afrânio
Íris Bustamante Sabrina
Martha Mellinger Solange
Rodrigo Drippe Álvaro Honório (Alvinho)
Flávia Rubim Vanessa
Lara Rodrigues Camila Soares da Costa
Humberto Carrão Diogo Soares da Costa
Cleslay Delfino William

Participações especiaisEditar

Ator/atriz Personagem
Manuela do Monte Luísa Linhares Viana (Lu)
Sérgio Marone Victor Correia Amorim
Maria Flor Regina Portobelo (Rê)
Tatiana Muniz Manuela Ribeiro
Jorge de Sá Mateus Bueno
Bento Ribeiro marcelo andrade ( Marcelinho )
Mônica Torres Elisa Saldanha
Bruna di Tullio Mônica
Eva Todor Leonora
Aline Borges Giovana Lima
Marcos Breda Fernando
Flávio Bauraqui Sebastião (Tião)
Élcio Romar Delegado Edgar
Camilo Bevilacqua Advogado
Fábio Junqueira Promotor Público
Raul Gazolla Francisco Roberto
Stepan Nercessian Dr. Gusmão
Herbert Bianchi Luciano Souza
Nilton Bicudo James
Augusto Zacchi Mateus Albuquerque
Caio Fleischmann Ahmed
Floriano Peixoto Rodrigo Otávio
Anderson Lau Koji
José Rubens Chachá Calixto
Rachel Ripani Dominic Saad
Deyse Rose Joana (Assistente Amparo Social)
Letícia Medina Nininha
Karla Tenório Jasmim
Waldir Gozzi Produtor de Natasha
Mariana Spinello Cecília
Paula Pereira Silvinha
Clara Garcia Lélia
Larissa Bracher Liliane
Renata Paschoal Patrícia
Keruse Bongiolo Sofia
Débora Almeida Ângela
Otto Jr. Armandão
Roney Facchini Gérard
Keli Freitas Marcela
Evelyn Oliveira Joana Furtado
Michel Max Eduardo
Sophie Charlotte aluna que o Rafa quase tira fotos
Daniel Erthal rapaz que quer tirar fotos
Marcelo Adnet cliente cujo suco Bel derruba
Luiz Antônio do Nascimento Zezinho
Mateus Solano jornalista Carlos Oliveira
Luiz Guilherme Olavo (pai do Catraca)
Fernanda Vasconcellos Betina Sorrento (Tina)
Thiago Rodrigues Bernando Barreto (Be)
Rosamaria Murtinho Nair Sorrento (Naná)

Trilha sonoraEditar

NacionalEditar

Malhação - Nacional 2004
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento 2004
Gênero(s) Trilha Sonora
Idioma(s) Português
Formato(s) CD
Download Digital
Gravadora(s) Som Livre
Cronologia de Vários artistas
 
Malhação - Internacional 2004
 

Capa: Ícaro Silva como Rafa[11]

N.º TítuloMúsicaPersonagem Duração
1. "Musa do Verão"  Felipe DylonLetícia 03:30
2. "Só Por Hoje"  Detonautas  03:58
3. "Solidão a Dois"  Sukhoi  03:18
4. "Me Deixa"  Michele OrnelasNatasha 03:33
5. "Amanhã Não Se Sabe"  LS JackLetícia e Gustavo 04:23
6. "Do Seu Lado"  Jota Quest  04:39
7. "Teto de Vidro"  PittyCatraca 03:32
8. "Sei... Já Não Sei"  Crase  03:14
9. "Pegadas Na Lua"  SkankGustavo 04:33
10. "Todo Mundo Quer Cuidar de Mim"  BravaDrica 03:20
11. "Seguindo Estrelas"  Os Paralamas do Sucesso  03:57
12. "O Amor é Mais"  LiahVivi 03:56
13. "Você Sempre Será"  Marjorie EstianoNatasha e Gustavo 03:29
14. "Nem Sempre o Que Se Quer"  US.4Cadu 04:02
15. "Eu Sei"  Legião UrbanaFabrício 03:25
16. "Sobre Nós Dois e o Resto do Mundo"  FrejatLetícia e Gustavo 03:20

InternacionalEditar

Malhação - Internacional 2004
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento 2004
Gênero(s) Trilha Sonora
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD
Download Digital
Gravadora(s) Som Livre

Capa: Daniele Suzuki como Miyuki[11]

N.º TítuloMúsicaPersonagem Duração
1. "Satisfaction"  Benny Benassi  04:44
2. "I Hate Everything About You"  Three Days GraceNatasha 03:50
3. "Behind Blue Eyes"  Limp BizkitLetícia e Gustavo 04:29
4. "Shut Up"  Black Eyed PeasBel 04:57
5. "Girlfriend (Remix)"  B2K  02:56
6. "I'm Still In Love With You"  Sean Paul Feat. SashaBel e Kiko 03:29
7. "I Miss You"  Blink-182Murilo e Flávia 03:46
8. "Don't Tell Me"  Avril LavigneLetícia 03:22
9. "My Immortal"  Gothic  04:12
10. "You're The Only One"  Maria Mena  02:43
11. "Here Without You"  3 Doors DownLetícia e Gustavo 03:53
12. "Waste"  Smash MouthNatasha e Gustavo 03:18
13. "Blond Thang!"  Babootz & Da Big Boy Daddy  03:56
14. "I Don't Make You Happy"  Phunk Freaks  03:40
15. "Piano"  New Deal  05:29
16. "Pause"  The Bombers  04:03

E ainda:

"Pretty Baby"   Vanessa Carlton como tema de Letícia e Gustavo

A temporada conta também com as seguintes músicas originais da Vagabanda:[12]

  1. "Você Sempre Será"
  2. "Versos Mudos"
  3. "Reflexos do Amor"
  4. "Por Mais Que Eu Tente"

RepercussãoEditar

A temporada gerou muita aceitação e é considerada uma das melhores do seriado.[13] Pelo site BuzzFeed, foi eleita a melhor temporada.[14] A Vagabanda foi a primeira banda na história da série,[15] a canção que faz a banda vencer um concurso foi disponibilizada na internet e foi campeã de downloads. Além disso, Marjorie Estiano seguiu carreira de cantora depois de sua participação.[16]

AudiênciaEditar

Sua maior audiência é de 42 pontos, com picos de 49, alcançada no dia 19 de outubro de 2004. Neste capítulo, Marcela, fã obsessiva de Gustavo, tenta empurrar Letícia do alto de uma construção[17]. Sua menor audiência foi 24 pontos, alcançada nas vésperas de Natal e Ano novo. Teve média geral de 32 pontos, a maior da história do folhetim.[14]

PrêmiosEditar

Por sua atuação na novela, o protagonista Guilherme Berenguer venceu na categoria "Melhor Ator Revelação" no Melhores do Ano de 2004,[18] e o IV Prêmio Jovem Brasileiro de Melhor Ator.[19] Já a antagonista Marjorie Estiano ganhou o Premio Pop Tevê de melhor atriz revelação[20] e o IV Prêmio Jovem Brasileiro de Melhor Atriz.[19]

Referências

  1. «Malhação (2004-2005) - Ficha técnica». Memória Globo. Globo.com. Consultado em 5 de outubro de 2016 
  2. «Viva reprisará "Malhação 2004", temporada da Vagabanda; saiba mais». Na Telinha. 16 de julho de 2015. Consultado em 16 de novembro de 2015 
  3. Nilson Xavier. «Malhação 2004». Teledramaturgia. Consultado em 5 de outubro de 2016 
  4. «Malhação (2004-2005) - Trama principal». Memória Globo. Consultado em 5 de outubro de 2016 
  5. a b Arthur Vivaqua (1 de junho de 2013). «Relembre todos os casais de protagonistas da história de "Malhação"». RD1. iG. Consultado em 30 de novembro de 2016 
  6. Cristina Cople (19 de maio de 2015). «Malhação 20 anos: Marjorie Estiano revela estranheza com antigo visual». Gshow. Globo.com. Consultado em 30 de novembro de 2016 
  7. «João Velho participa de 'Malhação' dez anos depois: 'Me dá uma nostalgia boa'». Gshow. Globo.com. 1 de dezembro de 2015. Consultado em 30 de novembro de 2016 
  8. «Bruno Ferrari fala sobre retorno à TV Globo». Gshow. Globo.com. 12 de janeiro de 2016. Consultado em 30 de novembro de 2016 
  9. «Graziella Schmitt fala sobre a Vivi». Canal Viva. Globo.com. Consultado em 30 de novembro de 2016 
  10. a b «Em Malhação, Cabeção e Miyuki estão "in love"». Terra. 6 de maio de 2004. Consultado em 30 de novembro de 2016 
  11. a b «A trilha sonora de Malhação 2004». Canal Viva. 4 de setembro de 2015. Consultado em 5 de outubro de 2016 
  12. «Malhação (2004-2005) - Trilha Sonora». Memória Globo. Consultado em 5 de outubro de 2016 
  13. Duh Secco (25 de setembro de 2015). «Os bastidores de Malhação 2004». Canal Viva. Globo.com. Consultado em 30 de novembro de 2016 
  14. a b «Todas as temporadas de Malhação, da pior para a melhor». Buzz Feed. 31 de agosto de 2014. Consultado em 5 de outubro de 2016 
  15. Fernanda Catania (25 de maio de 2014). «TOP 5: as melhores temporadas de Malhação». Capricho. Abril. Consultado em 5 de outubro de 2016 
  16. «Malhação (2004-2005) - Curiosidades». Memória Globo. Consultado em 5 de outubro de 2016 
  17. «Ninguém mais vai poder chamar de NOVELINHA». Diário do Nordeste. 30 de outubro de 2004. Consultado em 29 de junho de 2016 
  18. «Melhores do Ano: Confira todos os vencedores das 16 edições do prêmio». Gshow. 11 de outubro de 2011. Consultado em 5 de outubro de 2016 
  19. a b «Ganhadores». Prêmio Jovem Brasileiro. Consultado em 5 de outubro de 2016. Arquivado do original em 24 de setembro de 2016 
  20. «Todo Dia». UOL. Consultado em 5 de outubro de 2016. Arquivado do original em 3 de março de 2016