Abrir menu principal
Grêmio Recreativo Torcida Organizada Mancha Alvinegra
Mancha Alvinegra CFC.JPG
Grêmio Recreativo Torcida Organizada Mancha Alvinegra
Fundação 05/04/1986
Alcunhas Maior de Ribeirão
Cores Preto e branco
Símbolo Mancha
Sede Ribeirão Preto
Presidente Renan

A Mancha Alvinegra é uma torcida organizada do Comercial Futebol Clube.

HistóriaEditar

 
Mancha no estádio do rival - Final da Copa Paulista 2011
 
Mancha Alvinegra em 2013

Depois do falecimento do grande Salim Nassif (presidente da TUC – Torcida Uniformizada do Comercial), em 26 de maio de 1983, o Leão do Norte ficou sem nenhuma torcida organizada ou movimento parecido de apoio incondicional ao clube. [1]

Durante os anos de 1984 até 1986, três torcedores apaixonados pelo Bafo estreitaram uma ótima amizade: Márcio Canassa, Adélio Gomes (Paraná) e Claudio Puya (Claudião). E o assunto de suas conversas era único: reorganizar a torcida do Comercial.

Em uma tarde, se encontraram por acaso no estádio Palma Travassos e, sentados em um banco que ficava na entrada do túnel de acesso ao gramado, decidiram que iniciariam um movimento para agitar os torcedores e, com uma faixa de 25x2m com os dizeres TORCIDA UNIDOS DA JOIA, foi usada uma única vez com a intenção de unir a torcida.

Depois da faixa, a torcida precisava de um nome forte, pois estaria ali nascendo a maior torcida organizada de Ribeirão Preto.

Paraná sugeriu o nome de MANCHA ALVINEGRA e o restante dos torcedores deu total apoio a iniciativa.

E no sábado de 05 de abril de 1986, Márcio, Paraná e Claudio foram pra Sertãozinho em um fusca para buscar bambus para colocar nas bandeiras e prepará-las para o Come-Fogo, que seria no dia 04 de maio.

O primeiro jogo da Torcida aconteceu no dia 06 de abril, entre Novorizontino e Comercial, dia que os torcedores ficaram no estádio escutando o jogo pelo radinho.

O primeiro Come-fogo aconteceu no mês seguinte, com empate por 2x2 fora de casa, mas a Mancha Alvinegra já começava a mostrar seu potencial.

A história mais marcante ocorreu também em 1986. Márcio e Paraná pediram para Miguel Said Netto e Maurílio Biagi um ônibus para acompanhar o jogo entre Juventus x Comercial, que aconteceria na capital. O Comercial precisava muito da vitória e precisava de apoio. A torcida do Leão, não foi somente um ônibus, mas com 52 ônibus lotados de Comercialinos, a Mancha também esteve presente na partida.

A Mancha Alvinegra já confeccionou três grandes bandeirões, que marcaram presença nos estádios por anos.

PresidentesEditar

O Grêmio Recreativo Torcida Mancha Alvinegra, teve três presidentes oficiais nestes 32 anos, o Paraná, o Wendel e, atualmente, o Renan. Porém, em diversas ocasiões de transição, outros torcedores ocuparam a presidência da torcida de forma extra-oficial, foram os casos de Gustavo, Lucas (Mãozinha) e Vandim.

Diretoria AtualEditar

  • Presidente - Renan Souza
  • Vice-Presidente - Caio Gaspar (Caim)
  • Diretor - Emerson Caio
  • Diretor - João Felipe
  • Diretor - Lucas (Mãozinha)
  • Diretor - Gabriel Strauss
  • Tesoureiro - Marcos Stella (Pirata)

AtualmenteEditar

 
Mancha Alvinegra em 2018

Hoje em dia, o Grêmio Recreativo Torcida Mancha Alvinegra, vive uma das suas melhores fases, com sede própria anexa ao estádio do clube, tendo milhares de sócios ativos e uma grande participação nas arquibancadas de Palma Travassos, evidenciam o crescimento da torcida aos longos dos anos, completando 25 anos em 2011, atualmente, a torcida esta com 32 anos nas pistas.

Mancha Alvinegra um nome feito nos estádios pelo Brasil, com várias caravanas anualmente realizadas, principalmente no estado de São Paulo, o embalo da torcida comercialina é visível nos últimos anos, mesmo com a situação adversa do time, pela tentativa de "dar a volta por cima", e o êxito é a palavra certa para entendermos essa excelente fase da Torcida Mancha Alvinegra e excepcionalmente tratando-se de Comercial Futebol Clube.[2]

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. Organizadas Brasil. «MANCHA ALVI-NEGRA». Consultado em 15 de novembro de 2018 
  2. Mancha Alvinegra (22 de abril de 2011). «GRTO Mancha Alvinegra». Consultado em 22 de abril de 2011