Manoel José Gomes Tubino (Pelotas-RS, 29 de maio de 1939 - Rio de Janeiro, 18 de dezembro de 2008), foi uma das maiores autoridades em Educação Física e política esportiva do Brasil[1], e ex-presidente mundial da Fédération Internationale d’Education Physique (FIEP)[2].

Graduado em Educação Física pela Escola de Educação Física do Exército, possuía o título de doutor pela Universidade Livre de Bruxelas e pela UFRJ[3].

Foi presidente do Conselho Nacional do Desporto entre 1985 e 1990[4], tendo sido um dos grandes responsáveis[5] pela inclusão de uma seção própria para o esporte na Constituição Federal de 1988 (art. 217)[6][7].

Escreveu mais de 20 livros sobre educação física, esporte e direito esportivo, dentre eles o popular "O Que É Esporte" da Coleção Primeiros Passos, Ed. Brasiliense.

Faleceu em 18 de dezembro de 2008, aos 69 anos.[8] Ele havia passado por uma cirurgia no intestino, e não resistiu a uma parada cardíaca.

Homenagens

editar
  • Desde 2015 a Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados homenageia os profissionais de educação física que se destacam com a Honraria Manoel José Gomes Tubino na Atividade Física.[9][10]
  • A "Vila Olímpica Professor Manoel José Gomes Tubino", no Rio de Janeiro, recebeu este nome em sua homenagem[11]

Livros Lançados

editar
  • 1979 - Metodologia Científica do Treinamento Desportivo
  • 1979 - Qualidades Físicas Na Educação Física E Nos Esportes
  • 1980 - Em Busca de uma Tecnologia Educacional para as Escolas de Educação Física
  • 1980 - Eficiência E Eficácia Nas Universidades
  • 1985 - Terminologia Aplicada A Educação Fisica
  • 1992 - Dimensões sociais do esporte
  • 1993 - O que é esporte
  • 1997 - O esporte no Brasil: do período colonial aos nossos dias
  • 1997 - Universidade, qualidade e avaliação
  • 2007 - O que é olimpismo
  • 2007 - Dicionário enciclopédico Tubino do esporte (co-autoria com Fábio Mazeron Tubino e Fernando Antonio Cardoso Garrido)
  • 2010 - Estudos brasileiros sobre o esporte: ênfase no esporte-educação
  • 2016 - Esporte E Cultura Física

Referências

  1. GO TANI. MANOEL JOSÉ GOMES TUBINO: BIOGRAFIA E LEGADO. Rev. bras. Educ. Fís. Esporte, São Paulo, v.23, n.2, p.183-84, abr./jun. 2009.
  2. «Prof. Dr. Manoel Gomes Tubino 29. 5. 1939 – 18. 12. 2008». Consultado em 14 de abril de 2018  line feed character character in |titulo= at position 31 (ajuda)
  3. TUBINO, Manoel (2007). O que é Olimpismo. São Paulo: Brasiliense 
  4. «PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 1467/2002 EMENTA: CONCEDE A MEDALHA TIRADENTES E RESPECTIVO DIPLOMA AO PROF. MANOEL JOSÉ GOMES TUBINO.». Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. 27 de novembro de 2002. Consultado em 14 de abril de 2018  line feed character character in |titulo= at position 34 (ajuda)
  5. AFONSO, Jesus (26 de outubro de 1986). «Correio Braziliense: Esporte quer garantir espaço na Constituição» (PDF). Correio Braziliense. Consultado em 14 de abril de 2018 
  6. CAMARGOS, Wladimyr (2017). Constituição e Esporte no Brasil. Goiânia - GO: Kelps. 200 páginas 
  7. MELO FILHO, Álvaro (1995). O desporto na ordem jurídico-constitucional brasileira. São Paulo: Malheiros. 247 páginas 
  8. BERTONI, ESTÊVÃO (20 de dezembro de 2008). «MANOEL JOSÉ GOMES TUBINO (1939-2008). Tratava o esporte como inclusão social». Folha de S. Paulo. Consultado em 14 de abril de 2018 
  9. camara.leg.br/
  10. fef.unicamp.br/ Entrega da Láurea Honraria Manoel Gomes Tubino
  11. rio.rj.gov.br/ Vila Olímpica Professor Manoel José Gomes Tubino