Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para o político brasileiro, veja Manuel Vitorino.

Manoel Vitorino é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2009 era de 14.138 habitantes.

Município de Manoel Vitorino
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 30 de julho de 1962
Gentílico manoel-vitorinense[1]
Prefeito(a) Heleno Vilar (PSD)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Manoel Vitorino
Localização de Manoel Vitorino na Bahia
Manoel Vitorino está localizado em: Brasil
Manoel Vitorino
Localização de Manoel Vitorino no Brasil
14° 08' 42" S 40° 14' 34" O14° 08' 42" S 40° 14' 34" O
Unidade federativa Bahia
Mesorregião Centro-Sul Baiano IBGE/2008 [2]
Microrregião Vitória da Conquista IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Jequié, Boa Nova, Itagi, Maracás, Mirante e Contendas do Sincorá
Distância até a capital 380 km
Características geográficas
Área 2 400,228 km² [3]
População 14 390 hab. IBGE/2010[4]
Densidade 6 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,566 baixo PNUD/2010 [5]
PIB R$ 44 205,209 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 3 072,15 IBGE/2008[6]

HistóriaEditar

Seu nome homenageia o governador da Bahia e vice-presidente brasileiro Manuel Vitorino. Seu território pertencia originalmente à Vila Nova do Príncipe e Santana de Caetité e, por sucessivos desmembramentos, veio finalmente a se emancipar de Boa Nova em 1962, da qual foi distrito, primeiro com o nome de Cachoeira de Manoel Roque (em 1936/37), alterado para Imbuíra em 1938.[1]

Sua emancipação ocorre com a Lei estadual nº 1771, de 30 de julho de 1962, composto por dois distritos: a sede e Catingal, antes denominado Volta dos Meiras por habitar ali numerosa população com este sobrenome. Catingal é também grande produtor de umbus o que possibilitou a instalação de uma agroindústria da fruta naquele município.[1]

Referências

  1. a b c IBGE. «Histórico de Manoel Vitorino» (PDF). Consultado em 11 de novembro de 2010 
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 28 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 14 de agosto de 2013 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.