Manuel II do Congo

Manuel II (Nkondo, c.1680 - São Salvador, 21 de abril de 1743) foi o manicongo (rei) do Reino do Congo entre 1718 e 1743. Sendo membro da Casa de Quimpanzo, foi o primeiro monarca a ser eleito pelo conselho real durante as "linhagens rotativas". [1]

Manuel II
Manicongo
Rei do Congo
Reinado 21 de fevereiro de 1718 - 21 de abril de 1743
Rainha Maria de Água Rosada
Antecessor(a) Pedro IV
Sucessor(a) Garcia IV
 
Descendência Nicolau
Dinastia Quimpanzo
Nome completo Manuel Pedro Nimi Makasa
Nascimento c.1680
  Nkonda
Morte 21 de abril de 1743
(63 anos)
  São Salvador do Congo
Filho(s) Nicolau
António II
Pai Álvaro, Duque de Sundi
Religião Catolicismo

BiografiaEditar

Manuel Pedro Nimi Macasa nasceu em 1680, sendo filho de Álvaro, duque de Sundi. Foi meio-irmão de Pedro Constantino da Silva e Afonso Aleixo, sendo logo sobrinho de Ana Afonso de Leão e primo de Manuel I. Em 1709 juntou forças com Pedro de Água Rosada pela unificação do Congo, que em troca lhe deu a mão de uma de suas filhas, Maria. Com esta união foi lhe atribuído o título de "Príncipe do Congo".

Com a morte de Pedro IV em 1718, foi eleito pelo conselho real como manicongo pelos Quimpanzo. O missionário português Estêvão Botelho da Silva, mesmo que presidiu o funeral de seu sogro também foi responsável pela sua coroação. [2][3]

Nos anos 1730 eclodiu uma revolta que gerou uma guerra em Umbamba. A ordem e a paz foram restaurada em 1734 devido a intervenção real de Manuel II. [4] No final de sua vida, ele tentou impor seu filho Dom Nicolau como sucessor, mas sem sucesso. Após sua morte, Dom Garcia de Quinzala foi eleito rei pelo conselho real.

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. Thornton, John K. (2020). A history of West Central Africa to 1850. Cambridge, United Kingdom: [s.n.] OCLC 1122686306 
  2. «Africa: Revista do Centro de Estudos Africanos». African Studies Companion Online. Consultado em 9 de junho de 2021 
  3. Coquery-Vidrovitch, Catherine (1 de janeiro de 2002). «Anderson, David M. & Rathbone, Richard, eds. – Africa's Urban Past. Oxford, James Currey ; Portsmouth (NH), Heinemann, 2000, 310 p.». Cahiers d'études africaines (166). ISSN 0008-0055. doi:10.4000/etudesafricaines.1482. Consultado em 9 de junho de 2021 
  4. Thornton, John K. (2020). A history of West Central Africa to 1850. Cambridge, United Kingdom: [s.n.] OCLC 1122686306