Manuel Vieira de Matos

Manuel Vieira de Matos GOC (Poiares, Peso da Régua, 22 de Março de 1861Braga, 28 de setembro de 1932 (71 anos)) foi bispo da Guarda, arcebispo de Braga e fundador do Corpo Nacional de Escutas - Escutismo Católico Português.

Manuel Vieira de Matos
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo de Braga

Título

Primaz das Espanhas
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Braga
Nomeação 1 de Outubro de 1914
Predecessor Manuel Baptista da Cunha
Sucessor António Bento Martins Júnior
Mandato 1915 - 1932
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 22 de Setembro de 1883
Nomeação episcopal 22 de Junho de 1899
Ordenação episcopal 15 de Agosto de 1899
por D. José Sebastião de Almeida Neto
Nomeado arcebispo 1 de Outubro de 1914
Dados pessoais
Nascimento Poiares, Peso da Régua
22 de março de 1861
Morte Braga
28 de setembro de 1932 (71 anos)
Nacionalidade português
Funções exercidas -Bispo-auxiliar de Patriarcado de Lisboa (1899-1903)
-Bispo de Bispo da Guarda (1903-1915)
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo
Brasão de armas de D. Manuel Vieira de Matos

BiografiaEditar

Foi ordenado sacerdote em 22 de Setembro de 1883.

Em 22 de Junho de 1899 foi nomeado bispo auxiliar de Lisboa, com o título de arcebispo de Mitilene. A ordenação episcopal aconteceu a 15 de Agosto do mesmo ano.

Em 2 de Abril de 1903 foi confirmado para dirigir a Diocese da Guarda. Por essa altura nasce o Partido Nacionalista ao qual dará todo o seu apoio[1].

Em 1 de Outubro de 1914 foi escolhido para estar à frente da Arquidiocese de Braga.

A 31 de Dezembro de 1927 foi feito Grande-Oficial da Ordem Militar de Cristo.[2]

Referências

Ligações externasEditar


Precedido por
Tomás Gomes de Almeida
Bispo da Guarda
1903 — 1914
Sucedido por
José Alves Mattoso
Precedido por
Manuel Baptista da Cunha
 
Arcebispo Primaz de Braga

1915 — 1932
Sucedido por
António Bento Martins Júnior