Abrir menu principal

Maria Manuela Torres Carona Mendes Correia (Porto, 30 de dezembro de 1947)[1] é uma actriz portuguesa.

Índice

FamíliaEditar

Filha de Alexandre Luís Carona (Porto, Campanhã, 28 de Novembro de 1909 - Matosinhos, Matosinhos, Casa de Monserrate, 4 de Novembro de 1971) e de sua mulher (Matosinhos, matosinhos, Capela da Casa de Monserrate, 18 de Maio de 1945) Maria Eduarda Forbes Torres (Matosinhos, Matosinhos, 13 de Janeiro de 1918 - Matosinhos, Matosinhos, Casa de Monserrate, 31 de Março de 2008).[1]

BiografiaEditar

Em televisão participou nas séries Gente Fina é Outra Coisa (1982), Lá em Casa Tudo Bem (1987), Sozinhos em Casa (1994), Nico D'Obra (1995), Camilo e Filho (1995), Os Imparáveis (1996), Polícias (1996), Médico de Família (1997), Ballet Rose (1997), Bom Baião (1998), Jornalistas (1999), A Loja de Camilo (1999), Crianças S.O.S (2000), Super Pai (2000) e Cuidado Com as Aparências, (2001). Participou nas novelas Chuva na Areia (1984), Ricardina e Marta (1989), Desencontros (1994/1995), A Grande Aposta (1997), A Lenda da Garça (1999), Ajuste de Contas (2000) e Anjo Selvagem (2001).

Casamento e descendênciaEditar

Casou em Lisboa a 25 de Março de 1972 com Joaquim Manuel Barata Mendes Correia, filho de Joaquim José Rodrigues Mendes Correia e de sua mulher Maria Antonina de Campos Pereira Alves Barata, o qual foi morto em combate durante a Guerra Colonial em Bissau, na Guiné, a 19 de Março de 1974, e de quem teve, antes de casar, a sua única filha, Maria Manuela Carona Mendes Correia (Lisboa, 29 de Abril de 1971).[1]

TelevisãoEditar

CinemaEditar


Referências

  1. a b c "Forbes de Portugal e Outros Mais…", Manuel de Sampayo Pimentel Azevedo Graça, Universidade Moderna, Porto, 2002