Abrir menu principal

Marcela Temer

36.ª Primeira-dama da República Federativa do Brasil
Marcela Temer
36.ª Primeira-dama do Brasil
Período 31 de agosto de 2016
até 31 de dezembro de 2018
Presidente Michel Temer
Antecessor Marisa Letícia Lula da Silva
Sucessor Michelle Bolsonaro
22.ª Segunda-dama do Brasil
Período 1 de janeiro de 2011
até 31 de agosto de 2016
Vice-presidente Michel Temer
Antecessor Mariza Gomes
Sucessor Paula Mourão
Dados pessoais
Nome completo Marcela Tedeschi Araújo Temer
Nascimento 16 de maio de 1983 (36 anos)
Paulínia, São Paulo
Nacionalidade brasileira
Alma mater Faculdade Autônoma de Direito
Cônjuge Michel Temer (2003–presente)
Filhos Michel (n. 2009)

Marcela Tedeschi Araújo Temer (Paulínia, 16 de maio de 1983) é a esposa do 37.° Presidente do Brasil, Michel Temer, tendo servido como a 36.ª Primeira-dama do Brasil, de 31 de agosto de 2016 até 31 de dezembro de 2018. Também serviu como a segunda-dama do Brasil de 2011 a 2016. Como primeira-dama, ela trabalhou em políticas sociais voltadas para as crianças, tendo sido Embaixadora do Programa Criança Feliz.[1]

Marcela nasceu e cresceu em Paulínia. Graduou-se pela Faculdade Autônoma de Direito (FADISP).[2] Foi Miss Paulínia e vice-Miss São Paulo.[3]

Em 2003, casou-se com Michel Temer, com quem tem um filho: Michelzinho.[4]

Na posse presidencial de 2011 chamou atenção nacional e internacional pela beleza e diferença de idade do marido, fato que a levou ao longo dos mandatos de seu marido como vice-presidente, se manter reservada e longe dos holofotes, até Michel ascender em definitivo a presidência da República onde assumiu o comando de causas sociais.[5][6]

Em 2016, foi considerada a primeira-dama mais bonita do mundo, segundo a imprensa americana e diversos analistas, contando com nomes como as rainhas Rania da Jordânia e Letizia da Espanha.[7][8] Discreta, é admirada pela beleza e pelo charme que carrega, e também é tida como uma das esposas de presidentes mais bonitas, ao lado de Melania Trump, Angélica Rivera e Juliana Awada.[9][10]

Índice

BiografiaEditar

Família e educaçãoEditar

Nasceu em Paulínia, interior de São Paulo, filha do economista Carlos Antônio Araújo e da dona de casa Norma Tedeschi, possui um irmão mais velho, Karlo, e uma irmã mais nova, Fernanda.[11] Após concluir o ensino médio na Escola Estadual Porphyrio da Paz, em Paulínia, Marcela trabalhou como recepcionista no extinto jornal O Momento.

Em 2009, Marcela formou-se bacharel em Direito com trabalho de conclusão "Fertilização In Vitro no Direito Brasileiro"[2] pela faculdade particular Fadisp, em São Paulo, e em entrevista disse que não prestou o exame da OAB porque, na mesma época, nasceu o filho do casal, Michelzinho.[4] Desde que se casou, Marcela não trabalhou mais, dedicando-se a cuidar do filho e do lar.[12]

Carreira como missEditar

Em 2002, aos dezenove anos, disputou o concurso e recebeu o título de Miss Paulínia, tornando-se em seguida vice-Miss São Paulo, num concurso que não tinha nenhuma filiação com concursos nacionais.[3][13]

Relacionamento com Michel TemerEditar

 
Michel Temer, Marcela e o único filho do casal, Michel, em 2017.

Ainda em 2002 conheceu Michel Temer — que era candidato a deputado federal —, durante uma convenção do PMDB, à qual compareceu para acompanhar o tio Geraldo, filiado ao partido e funcionário da prefeitura de Paulínia. Após dois meses, seu pai pediu que ela enviasse um e-mail para o novo deputado o parabenizando pela eleição. Em uma entrevista concedida ao apresentador Amaury Jr., Marcela relatou como conheceu seu futuro marido:[14][15]

Ele não me paquerou […] eu que mandei um e-mail para ele depois do primeiro encontro […] depois começamos a namorar.
— Marcela Temer.

Para homenagear o então namorado, fez uma tatuagem na nuca com o nome "Michel Temer".[16]

CasamentoEditar

Eles casaram em 26 de julho de 2003, em uma cerimônia para apenas doze convidados.[5] O casal teve um filho, Michelzinho, nascido em 2009.[4]

Posse de Dilma RousseffEditar

 
Marcela, Michel Temer e Dilma Rousseff, na posse em 2011.

Durante a posse da presidente Dilma Rousseff, no dia 1 de janeiro de 2011, Marcela acompanhou o marido durante a cerimônia e chamou a atenção da mídia brasileira e internacional devido à beleza e à grande diferença de idade, já que na época da posse tinha 27 anos e seu marido 70.[17][18][19]

Segundo o site especializado Twend.it, Marcela ficou 32 horas entre os dez termos mais comentados no mundo dos microblogs. E, segundo o serviço Trendistic, o pico aconteceu às 14 horas de domingo, quando os tweets com o nome da segunda-dama chegaram a 0,09% das mensagens em todo o mundo, enquanto o cantor Justin Bieber alcançava 0,24% dos tweets mundiais no mesmo horário. Dados do site Topsy.com afirmam que ela teve 55 mil citações na primeira semana de janeiro.[20][21]

Segunda-dama do BrasilEditar

Como segunda-dama esteve envolvida junto com a ex-presidente Dilma Rousseff no programa de Prevenção e Tratamento do Câncer de Colo de Útero e de Mama, onde foi lançado no Teatro Amazonas em 2011.[22]

Em 21 de junho de 2012 na Conferência Rio+20, recebeu primeiras-damas estrangeiras com uma programação no Rio de Janeiro. O encontro que foi feito em três partes, teve seu primeiro momento com um almoço no barco Pink Fleet, do empresário Eike Batista e o encerramento no Palácio do Itamaraty, com um chá em formato de desfile de moda e jóias.[23][24][25][26]

O casal vice-presidencial fez visita oficial ao Líbano em 18 de novembro de 2011, onde foram recebidos pelo Presidente Michel Suleiman e pela primeira-dama Wafaa Sleiman.[27]

Vida depois da posseEditar

O casal decidiu morar no Palácio do Jaburu, mas somente depois que o prédio passasse por uma reforma, inclusive com adaptação para o filho de quase dois anos. A faculdade onde ela se formou publicou um enorme anúncio no jornal O Estado de S. Paulo, com uma foto de Marcela e propaganda do seu vestibular 2011. Embora tenha se formado bacharel em Direito, ela nunca exerceu a profissão.[28]

Amigos de Temer sugeriram usar Marcela como uma boa imagem do governo federal, a exemplo de Michelle Obama, papel que normalmente seria exercido pela primeira-dama. Dessa forma, ela poderia visitar áreas pobres das grandes cidades, por exemplo. No entanto, ela se assustou com a repercussão da posse e se manteve longe da mídia.[29]

Primeira-dama do BrasilEditar

 
Marcela e Michel Temer com o presidente e a primeira-dama do Chile, Sebastián Piñera e Cecilia Morel, no Palácio Itamaraty, em 2018.

Em 31 de agosto de 2016, após seu marido Michel Temer tomar posse da Presidência da República, Marcela tornou-se primeira-dama do Brasil.

O seu primeiro evento oficial como primeira-dama foi no desfile em comemoração a Independência do Brasil, em 7 de setembro de 2016, em que apareceu ao lado do marido com um vestido branco, feito pela estilista brasiliense Luisa Farani.[30][31] O modelo, que se esgotou na loja virtual da estilista em menos de 24 horas, foi repetido por Marcela em seu último evento oficial como primeira-dama na posse do Presidente Jair Bolsonaro em 2019.[32][33]

No dia Nacional do Voluntariado em 28 de agosto de 2017, Marcela lançou, junto ao presidente Michel Temer, um programa nacional para estimular o trabalho voluntário, o Viva Voluntário, ação do governo que incentiva o engajamento social em atividades voluntárias e o desenvolvimento da educação para a cidadania. A iniciativa prevê também participação de alunos da rede pública e estipula que o voluntário ganhe pontos no critério de desempate em concursos públicos ou em processos internos de promoção na administração pública. A primeira-dama ressaltou que “ser voluntário é sobretudo um ato de amor. Abdicar de seu tempo para ouvir e ajudar alguém é a maior demonstração de altruísmo que o ser humano pode dar”, e continuou dizendo que “um mundo melhor só pode ser construído com todos”.[34][35][36][37]

 
Marcela Temer no lançamento do Programa de Voluntariado, em 2017.

Recebeu personalidades como a rainha Sílvia da Suécia que fez viagem oficial ao Brasil em 2017. Junto a monarca, realizaram o Fórum Global da Infância na América do Sul em defesa da infância na sede da Fiesp, em São Paulo. Marcela em discurso ressaltou que foi um privilégio para o Brasil sediar Global Child Forum:[38][39]

A criança entende a vida como uma sugestão de gestos de carinho e solidariedade, o fórum é universal... É nosso dever apoiar a infância.
— Marcela Temer.

Em 23 de março de 2017 visitou uma associação que atende crianças de 6 a 15 anos e promove ações socioeducativas no bairro da Estrutural, na periferia de Brasília, local onde pode ser encontrado um maiores aterros sanitários da América Latina. Marcela ajudou a servir o almoço das crianças.[40]

A primeira-dama esteve em um evento promovido pelas esposas de militares da Marinha, denominadas Voluntárias Cisne Branco, em 20 de setembro de 2017. Conheceu o grupo Rosas do Cerrado, formado por mulheres do Distrito Federal diagnosticadas com câncer de mama.[41]

 
Marcela Temer e a Rainha Sílvia da Suécia, em 2017.

No dia 13 de novembro de 2017, viajou para o Rio de Janeiro junto ao presidente Michel Temer onde participou da Cerimônia de lançamento do Programa Emergencial de Ações Sociais para o Estado e seus municípios com contribuição de R$ 157 milhões. O evento também contou com a presença do governador Luiz Fernando Pezão e da primeira-dama Maria Lúcia Horta Jardim.[42]

No dia 22 de abril de 2018 Marcela virou assunto ao pular em um lago do Palácio da Alvorada para salvar seu cachorro Picoly, da raça jack russell. Ela que fazia sua caminhada diária ao lado do filho, Michelzinho, se jogou no lago ao ver que o animal estava conseguindo sair. Essa atitude resultou no afastamento de uma agente do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República que estava a serviço na segurança de Marcela e, segundo a assessoria da primeira-dama, ela pediu ajuda e não obteve auxílio no resgate. A servidora não foi demitida depois do episódio, mas ficou à disposição do GSI.[43][44]

Recebeu no dia 27 de abril de 2018 juntamente com o Presidente Temer, o Presidente da República do Chile Sebastián Piñera e a primeira-dama Cecilia Morel.[45]

 
Marcela Temer, Michel Temer, o governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão e a primeira-dama Maria Lúcia Horta Jardim, em 2017.

Em 24 de ago de 2018, para comemorar o Dia das Artes, recebeu cerca de 100 crianças dos projetos sociais "Dançar é Arte", "Música e Cidadania" e Garatuja" para uma visita ao Palácio da Alvorada. Após as crianças conheceram obras de artes, fizeram uma apresentação para alunos de outras instituições.[46] A primeira-dama disse:

O trabalho realizado pelos projetos sociais é de extrema relevância para o país, pois aproxima a criança e o adolescente da arte, estimula de forma positiva o desenvolvimento cognitivo e possibilita futura profissionalização do aluno naquela atividade artística.
— Marcela Temer.
 
Michel e Marcela Temer aguardam no alto da rampa do Palácio do Planalto o Presidente Jair Bolsonaro, a primeira-dama Michelle, o vice-presidente Hamilton Mourão e a segunda-dama Paula, em 2019.

Marcela acompanhou o marido em uma cerimônia no Palácio do Planalto no dia 27 de novembro de 2018, onde Temer lançou o Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Doméstica contra a Mulher. A ação que é comandada pelo Ministério dos Direitos Humanos, engloba também o Sistema Nacional de Políticas para as Mulheres.[47]

No dia 14 de dezembro de 2018, participou junto ao presidente Michel Temer e do presidente eleito Jair Bolsonaro da cerimônia de lançamento do submarino Riachuelo, no Complexo Naval de Itaguaí, litoral sul do Rio de Janeiro. A primeira-dama foi madrinha de honra do primeiro submarino construído pelo Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub), quebrando uma garrafa champagne e pedindo que a embarcação e os marinheiros que irão embarcar fossem abençoados.[48][49]

Durante o período em que foi primeira-dama do Brasil, Marcela e Michel Temer realizaram confraternizações de Natal com crianças no Palácio da Alvorada. No primeiro ato realizado em 2016, entregaram presentes de Natal para cerca de 100 alunos da Escola Classe Rural Boa Vista, região de Sobradinho, no Distrito Federal.[50] Em 2017, receberam crianças participaram do evento uma média de 100 crianças com idades de 6 a 13 anos de 2 projetos sociais: Centro Social Ingá, de São Sebastião, e Programa Forças no Esporte.[51]

Viagem oficialEditar

 
Marcela e Michel chegam na Índia, em 2016.

Marcela Temer fez sua primeira viagem oficial ao exterior em 14 de outubro de 2016, desembarcando na Índia no dia seguinte, acompanhando o presidente Michel Temer em um encontro da cúpula do BRICS. A primeira-dama se reuniu com as outras quatro esposas dos líderes que formam o grupo político.[52] Na mesma viagem após passagem pela Índia, chegou a Tóquio, capital do Japão, no dia 17 do mesmo mês.[53] Na cidade japonesa de Kamisato, província de Saitama, visitou uma escola conveniada pelo MEC em parceria com o governo japonês, para os filhos de imigrantes brasileiros, o Instituto Educacional TS Recreação, com média de 100 alunos.

Trabalho socialEditar

Programa Criança FelizEditar

 
Marcela discursa no Fórum Global da Criança, em 2017.

Logo após ter se tornado primeira-dama do Brasil, foi anunciado que Marcela seria a embaixadora do programa "Criança Feliz", cujo objetivo será dar assistência médica e psicológica a crianças carentes de 0 a 3 anos.[54][55] O programa Criança Feliz foi oficialmente lançado no dia 5 de outubro de 2016. Em seu discurso inaugural, a primeira-dama disse estar "feliz em colaborar em causas sociais do país". Marcela não teve funções deliberativas dentro do programa, que é de responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, sendo incumbida apenas de divulgação.[56][57]

Na semana em que o Criança Feliz completou 1 ano em 2017, Marcela e o Ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, viajaram até a cidade goianense de Águas Lindas, e visitaram famílias atendidas pelo programa. A primeira-dama em conversa com as família ressaltou que o “objetivo é cuidar das nossas crianças, pois elas são o futuro do nosso país”. Na ação promovida pela primeira-dama da cidade, Aleandra Sousa, também esteve presente a primeira-dama do Estado, Valéria Perillo.[58]

Em 20 de março de 2018, esteve presente na Conferência Nacional da Primeira Infância onde discursou e agradeceu ao marido "por acreditar no programa Criança Feliz". O evento também contou com a presença do Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos e o Ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra.[59]

Imagem públicaEditar

Ao se tornar primeira-dama, Marcela atraiu atenção nacional e tornou-se referência da moda. Discreta e com um estilo clássico e romântico, o mesmo vestido que usou no seu primeiro ato oficial como primeira-dama, repetiu no seu último ato oficial como primeira-dama, sendo associada a britânica Catarina, Duquesa de Cambridge.[60]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Marcela Temer apresenta programa Criança Feliz para estrangeiros». Planalto. Consultado em 9 de junho de 2019 
  2. a b «Marcela Tedeschi A | Escavador». Escavador. Consultado em 17 de maio de 2016 
  3. a b «Conheça um pouco da vice-primeira-dama Marcela Temer e da irmã Fernanda Tedeschi». Extra - Famosos. 23 de agosto de 2011. Consultado em 29 de março 2016 
  4. a b c «Para Marcela Temer, diferença de idade para o marido não importa». Estadão. 3 de janeiro de 2011. Consultado em 21 de abril de 2016. Arquivado do original em 25 de fevereiro de 2018 
  5. a b «Foi uma atração forte». IstoÉ Gente. 11 de agosto de 2003. Consultado em 21 de abril de 2016 
  6. «Temer quer mulher longe dos holofotes». O Globo. 4 de janeiro de 2011. Consultado em 9 de junho de 2019 
  7. administrador. «A Bela e a Fera: Marcela Temer é considerada a primeira-dama mais bonita do mundo segundo imprensa americana.». Consultado em 16 de agosto de 2019 
  8. GNI (12 de outubro de 2016). «Marcela Temer é considerada a primeira-dama mais bonita do mundo». Ciberia. Consultado em 16 de agosto de 2019 
  9. «As 8 primeiras-damas mais lindas do mundo». AreaH. Consultado em 16 de agosto de 2019 
  10. adm (20 de agosto de 2016). «Saiba quem são as primeiras-damas mais lindas do mundo». Jornal O Sul. Consultado em 16 de agosto de 2019 
  11. «Se a filha é recatada, Norma Tedeschi, sogra de Temer, exibe sua rotina na web». Extra Online. 21 de abril de 2016. Consultado em 10 de maio de 2019 
  12. «Entenda a polêmica após matéria com perfil de Marcela Temer». Diário Catarinense. 20 de abril de 2016. Consultado em 21 de abril de 2016 
  13. «Paulínia torce por Marcela na Alvorada». Estadão. 24 de abril de 2016. Consultado em 24 de abril de 2016 
  14. «Primeira-dama conta que se casou aos 19 anos: "Michel foi meu primeiro namorado"». Diário do Brasil. 11 de julho de 2017. Consultado em 12 de maio de 2019 
  15. «Marcela Temer: quem é a mulher do vice-presidente do Brasil». Trip. Consultado em 12 de maio de 2019 
  16. «Marcela Temer segue estilo discreto e tem tattoo com nome do presidente». Ego 
  17. «In New Brazil Government, ex-model steals the show» (em inglês). Americas on NBC News. 3 de janeiro de 2011. Consultado em 21 de abril de 2016 
  18. «Marcela Temer 'steals show' at Brazil inauguration» (em inglês). BBC News. 3 de janeiro de 2011. Consultado em 21 de abril de 2016 
  19. «Marcela Temer, la belleza brasileña que 'robó' el protagonismo a Dilma Rousseff en su investidura como Presidenta» (em espanhol). Hola. 3 de janeiro de 2011. Consultado em 21 de abril de 2016 
  20. «Marcela Temer fica mais de 32 horas no top 10 do Twitter». Terra. 3 de janeiro de 2011. Consultado em 21 de abril de 2016 
  21. «Mulher de Temer vira um dos tópicos mais comentados no Twitter». G1. 1 de janeiro de 2011. Consultado em 21 de abril de 2016 
  22. Estado, Agência (22 de março de 2011). «Com Hebe e Marcela Temer, Dilma lança programa de saúde - Política - iG». Último Segundo. Consultado em 3 de janeiro de 2019 
  23. Estado, Agencia (21 de junho de 2012). «Marcela Temer faz tour com primeiras-damas no Rio». Brasil. Consultado em 9 de maio de 2019 
  24. «Primeiras-damas passeiam no Rio com a segunda dama Marcela Temer». O Globo. 21 de junho de 2012. Consultado em 9 de maio de 2019 
  25. «Marcela Temer comanda programação 'mulherzinha' na Rio+20». O Globo. 21 de junho de 2012. Consultado em 9 de maio de 2019 
  26. Paulo, iG São (21 de junho de 2012). «Marcela Temer participa de encontro de primeiras-damas na Rio+20 - Política - iG». Último Segundo. Consultado em 9 de maio de 2019 
  27. Temer, Michel (20 de junho de 2014), 18-11-2011 Viagem ao Líbano feita pelo vice-presidente Michel Temer, consultado em 16 de agosto de 2019 
  28. Temer quer mulher longe dos holofotes. O Globo, acessado em 6 de janeiro de 2011.
  29. Conselheiros de Temer sugerem lançar Marcela. Último Segundo, acessado em 10 de janeiro de 2011.
  30. «De vestido branco, Marcela Temer estreia como primeira-dama». O Globo. 7 de setembro de 2016. Consultado em 8 de maio de 2019 
  31. https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2016/09/07/interna_politica,547675/marcela-temer-atrai-olhares-no-desfile-de-7-de-setembro.shtml
  32. «Marcela Temer repete vestido de compromisso de 2016 em posse de Bolsonaro». universa.uol.com.br. Consultado em 8 de maio de 2019 
  33. «Redes exaltam discurso de primeira-dama e vestido repetido de Marcela Temer». noticias.uol.com.br. Consultado em 8 de maio de 2019 
  34. «Marcela Temer defende voluntariado em evento no Planalto». EXAME. 28 de agosto de 2017. Consultado em 9 de maio de 2019 
  35. https://oglobo.globo.com/brasil/marcela-temer-lanca-programa-nacional-de-voluntariado-21756290
  36. «Temer e Marcela lançam programa para incentivar trabalho voluntário». G1. Consultado em 9 de maio de 2019 
  37. «Primeira-dama ressalta importância do voluntariado para o País». Palácio do Planalto. Consultado em 9 de maio de 2019 
  38. «Marcela Temer se une à rainha da Suécia em defesa da infância». Terra. Consultado em 8 de maio de 2019 
  39. «Rainha Silvia e Marcela Temer encerram Fórum Global da Criança na Fiesp». FIESP. Consultado em 8 de maio de 2019 
  40. «Marcela Temer ajuda a servir o almoço de crianças na periferia de Brasília». O Globo. 23 de março de 2017. Consultado em 30 de maio de 2019 
  41. «Marcela Temer vai a evento de mulheres diagnosticadas com câncer». Metrópoles. Consultado em 30 de maio de 2019 
  42. «Temer anuncia pacote de ações sociais de R$ 157 milhões para atender 50 mil jovens». O Globo. 13 de novembro de 2017. Consultado em 30 de maio de 2019 
  43. «Marcela Temer pula em lagoa do Palácio da Alvorada para resgatar cachorro da família». G1. Consultado em 8 de maio de 2019 
  44. «Marcela Temer pula em lago do Alvorada para resgatar seu cachorro». O Globo. 7 de maio de 2018. Consultado em 8 de maio de 2019 
  45. «Brinde do Presidente da República, Michel Temer, no almoço oferecido ao Senhor Sebastián Piñera, Presidente da República do Chile, e à senhora Cecilia Morel, Primeira-Dama da República do Chile». Planalto. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  46. «Marcela Temer comemora Dia das Artes com crianças no Alvorada». Coluna do Estadão. Consultado em 30 de maio de 2019 
  47. «Temer assina decreto que cria Plano Nacional de Combate à Violência Doméstica». G1. Consultado em 30 de maio de 2019 
  48. «Temer e Bolsonaro participam de lançamento de submarino em Itaguaí (RJ)». G1. Consultado em 8 de maio de 2019 
  49. «Temer e Bolsonaro participaram de lançamento do submarino Riachuelo». Agência Brasil. 14 de dezembro de 2018. Consultado em 8 de maio de 2019 
  50. «Temer e Marcela entregam presentes de Natal para crianças no Planalto». G1. Consultado em 4 de junho de 2019 
  51. «Temer e Marcela recebem crianças em Natal no Palácio da Alvorada». Poder360. 22 de dezembro de 2017. Consultado em 4 de junho de 2019 
  52. G1, Luciana AmaralDo; Brasília, em (12 de outubro de 2016). «Marcela deve estrear em viagens internacionais como primeira-dama». Política. Consultado em 8 de maio de 2019 
  53. GP1 (18 de outubro de 2016). «Temer chega a Tóquio para visita após reunião na Índia». GP1. Consultado em 8 de maio de 2019 
  54. «Marcela Temer será embaixadora de programa social no novo governo». Consultado em 3 de setembro de 2016 
  55. «Marcela Temer assumirá cargo em programa social». Consultado em 3 de setembro de 2016 
  56. «Marcela diz que fará trabalho para 'melhorar a vida' de crianças». 5 de outubro de 2016. Consultado em 6 de outubro de 2016 
  57. «Temer lança nesta quarta programa que terá Marcela como embaixadora». 5 de outubro de 2016. Consultado em 6 de outubro de 2016 
  58. «Águas Lindas de Goiás | Águas Lindas recebe a 1ª visita da primeira-dama do Brasil, Marcela Temer, à frente do Programa Criança Feliz». Consultado em 30 de maio de 2019 
  59. «Ao lado de Temer, primeira-dama faz discurso em tom descontraído». O Globo. 20 de março de 2018. Consultado em 9 de maio de 2019 
  60. «Veja o estilo de Marcela Temer, a Kate Middleton brasileira». Notícias ao Minuto Brasil. 7 de setembro de 2016. Consultado em 4 de junho de 2019 

Ligações externasEditar