Marcelo Rangel

político brasileiro

Marcelo Rangel Cruz de Oliveira, mais conhecido como Marcelo Rangel (Ponta Grossa, 12 de setembro de 1970), é um advogado, radialista e político brasileiro filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).[2]

Marcelo Rangel
Marcelo Rangel na Assembleia Legislativa do Paraná.
Prefeito de Ponta Grossa
Período 1º de janeiro de 2013 até 31 de dezembro de 2016

1° de janeiro de 2017 até 31 de dezembro de 2020

Antecessor(a) Pedro Wosgrau Filho
Sucessor(a) Elizabeth Schmidt
Deputado Estadual do Paraná
Período 1º de fevereiro de 2007
até 31 de dezembro de 2012
Dados pessoais
Nascimento 12 de setembro de 1970 (51 anos)[1]
Ponta Grossa, Paraná
Partido PSDB

Vida pessoalEditar

Formado em direito na Universidade Estadual de Ponta Grossa em 1994,[3] é radialista e apresentador de programas da Mundi FM e Central do Paraná AM, emissoras de Ponta Grossa.[2] É irmão do deputado federal Sandro Alex.

Carreira políticaEditar

Foi deputado estadual no Paraná, eleito em 2006 e reeleito em 2010.[3] Em 2012 concorreu a prefeitura de Ponta Grossa, sendo eleito no segundo turno pelo Partido Popular Socialista (PPS), tendo como vice Jose Carlos Sahagoff Raad do PSD.[4][5]

Marcelo Rangel foi reeleito prefeito de Ponta Grossa no segundo turno das eleições municipais de 2016, pelo PPS, tendo como vice-prefeita Elizabeth Schmidt (PSB).[6] A chapa derrotou o deputado federal Aliel Machado (Rede), que tinha como vice Jose Elizeu Chociai (PTN).[7][8] Rangel deixou o partido no final de 2017 e anunciou ingresso no PSDB.[9]

ControvérsiasEditar

Possui vários processos tramitando na justiça em razão de acusações de improbidade administrativa no período em que esteve a frente da Prefeitura de Ponta Grossa. Foi acusado de não cumprir prazos e de não entregar documentos na Câmara de Vereadores de Ponta Grossa, podendo ser cassado se não garantisse os direitos dos vereadores, como afirmou Aliel Machado, presidente da Câmara, fato chamado de improbabilidade administrativa.[10] Durante a sua gestão, a prefeitura municipal de Ponta Grossa obteve dívida de 75 milhões de reais que não foram pagos a empresa responsável pela coleta de lixo no município.[11]

Os vereadores da Câmara de Ponta Grossa decidiram por unanimidade o projeto que autorizava as férias do prefeito Marcelo Rangel para um período de férias fora do país (10 a 25 de janeiro de 2015, 15 dias) mas que as vistas foram rejeitadas, com treze votos contrários e oito favoráveis. Os vereadores que se opuseram à decisão dizem que é um momento inoportuno para que atual prefeito tire férias, devido a dívidas no governo municipal, e cancelamento de pagamentos a servidores municipais.[12]

Referências

  1. «Eleições 2012 - Marcelo Rangel». Consultado em 22 de outubro de 2013 
  2. a b «Perfil de Marcelo Rangel no portal da ALEP». Consultado em 22 de outubro de 2013. Arquivado do original em 23 de outubro de 2013 
  3. a b «Marcelo Rangel é eleito prefeito de Ponta Grossa». G1. 28 de outubro de 2013. Consultado em 22 de outubro de 2013 
  4. «Eleitores de Ponta Grossa decidem entre Péricles e Marcelo Rangel». G1. 28 de outubro de 2013. Consultado em 22 de outubro de 2013 
  5. «Marcelo Rangel (PPS) vence segundo turno em Ponta Grossa (PR)». UOL. 28 de outubro de 2013. Consultado em 22 de outubro de 2013 
  6. «Ponta Grossa reelege Margelo Rangel». Gazeta do Povo. 30 de outubro de 2016. Consultado em 30 de outubro de 2016 
  7. «Marcelo Rangel (PPS) é reeleito em Ponta Grossa». Tribuna do Paraná. 30 de outubro de 2016. Consultado em 5 de maio de 2020 
  8. «Derrotado em Ponta Grossa, Aliel Machado agradece aos eleitores». G1. 30 de outubro de 2016. Consultado em 5 de maio de 2020 
  9. «Traiano anuncia filiação de Marcelo Rangel no PSDB». Bem Paraná. 11 de novembro de 2017. Consultado em 5 de maio de 2020 
  10. «Aliel alerta que Rangel pode ser cassado». Consultado em 30 de janeiro de 2014. Arquivado do original em 3 de fevereiro de 2014 
  11. «Ponta Grossa tem dívida de 75 mi reais em precatorios». Portal G1 - Globo. 13 de fevereiro de 2014. Consultado em 4 de dezembro de 2014 
  12. Johny Willian Soares (4 de dezembro de 2014). «Marcelo Rangel sai de férias em momento considerado inoportuno, de acordo com vereadores». Blog do Jhony. Consultado em 4 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 8 de dezembro de 2014 

Ligações externasEditar

Precedido por
Pedro Wosgrau Filho
Prefeito de Ponta Grossa  
20132020
Sucedido por
Elizabeth Schmidt