Abrir menu principal

Marcha atlética

Modalidade esportiva
(Redirecionado de Marcha 20 km)
Text document with red question mark.svg
Este artigo contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde dezembro de 2009). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
2005 World Championships in Athletics2.jpg

Marcha atlética é uma modalidade do atletismo onde se executa uma progressão de passos de maneira que o atleta sempre mantenha contacto com o solo com, pelo menos, um dos pés. A perna que avança tem que estar reta, (ou seja, não flexionada) desde o momento do primeiro contato com o solo até que se encontre em posição vertical.

Foi integrada aos Jogos Olímpicos em 1900 e, em 1992, passou a ser disputada também na categoria feminina. As provas de marcha atlética são disputadas na distância de 20 km, feminino, e 20 km e 50 km masculino, que se realizam normalmente em um circuito na rua de no mínimo 1 km e no máximo 2,5 km. A marcha é uma atividade em que a resistência e a técnica do atleta são fundamentais.

O regulamento estabelece que os juízes de marcha têm que avisar aos atletas que por sua forma de marchar correm o risco de cometer alguma falta, e para isso utilizam placas amarelas com o símbolo de uma possível infração. No julgamento de Marcha, quando um atleta comete infração é anotado no quadro de advertências um cartão vermelho correspondente a infração cometida. Quando três juízes diferentes mostram os cartões vermelhos a um atleta, o juiz chefe procede a sua desqualificação.

O atual recorde mundial masculino na categoria de 20 km é do japonês Yuzuke Suzuke, com 1 h 16 min 36 s e nos 50 km pertence ao russo Denis Nizhegorodov, com 3 h 35 min 29 s.

O maior nome da marcha atlética em todos os tempos é o do polonês Robert Korzeniowski, tetracampeão olímpico e tricampeão mundial, nas duas distâncias, entre 1996 e 2004.

Modalidades olímpicas de marcha atléticaEditar

Ligações externasEditar