Marco Asínio Atratino (cônsul em 89)

político

Marco Asínio Atratino (em latim: Marcus Asinius Atratinus) foi um senador romano eleito cônsul em 89 com Tito Aurélio Fulvo[1][2]. Sua esposa, de nome desconhecido, era da prestigiosa gente Ânia, da dinastia nerva-antonina[3].

Marco Asínio Atratino
Cônsul do Império Romano
Consulado 89 d.C.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Domiciano XIV

com Lúcio Minício Rufo
com Décimo Plócio Gripo (suf.)
com Quinto Nínio Hasta (suf.)
com Lúcio Escribônio Libão Rupílio Frúgio (suf.)
com Marco Otacílio Cátulo (suf.)
com Sexto Júlio Esparso (suf.)

Tito Aurélio Fulvo
89

com Marco Asínio Atratino
com Públio Salústio Bleso (suf.)
com Marco Peduceu Seniano (suf.)
com Aulo Vicírio Próculo (suf.)
com Mânio Labério Máximo (suf.)

Sucedido por:
'Domiciano XV

com Marco Coceio Nerva II
com Lúcio Cornélio Púsio Ânio Messala (suf.)
com Lúcio Antíscio Rústico (suf.)
com Sérvio Júlio Serviano (suf.)
com Quinto Aceu Rufo (suf.)
com Caio Caristânio Frontão (suf.)
com Públio Bébio Itálico (suf.)
com Caio Aquílio Próculo (suf.)
com Lúcio Álbio Pulaieno Polião (suf.)
com Cneu Pinário Emílio Cicatricula Pompeu Longino (suf.)
com Marco Túlio Cerial (suf.)
com Cneu Pompeu Catulino (suf.)


Referências

  1. AE 1949, 23 = AE 2003, 588 = AE 2005, 457, Potenza (Itália)
  2. Paul Gallivan, "The Fasti for A. D. 70-96", Classical Quarterly, 31 (1981), p. 191
  3. Der Neue Pauly, vol. 2, Stuttgart, 1999, col. 83.