Marco Otacílio Cátulo

Marco Otacílio Cátulo (em latim: Marcus Otacilius Catulus) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de setembro a dezembro de 88 com Sexto Júlio Esparso[1]. Conhecido por ter vivido com uma concubina para quem deixou uma fortuna de 200 milhões de sestércios.

Marco Otacílio Cátulo
Cônsul do Império Romano
Consulado 88 d.C.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Domiciano XIII

com Lúcio Volúsio Saturnino
com Caio Calpúrnio Pisão Crasso Frúgio Liciniano (suf.)
com Caio Belício Natal Públio Gavídio Tebaniano (suf.)
com Caio Ducênio Próculo (suf.)
com Caio Cílnio Próculo (suf.)
com Lúcio Nerácio Prisco (suf.)

Domiciano XIV
88

com Lúcio Minício Rufo
com Décimo Plócio Gripo (suf.)
com Quinto Nínio Hasta (suf.)
com Lúcio Escribônio Libão Rupílio Frúgio (suf.)
com Marco Otacílio Cátulo (suf.)
com Sexto Júlio Esparso (suf.)

Sucedido por:
'Tito Aurélio Fulvo

com Marco Asínio Atratino
com Públio Salústio Bleso (suf.)
com Marco Peduceu Seniano (suf.)
com Aulo Vicírio Próculo (suf.)
com Mânio Labério Máximo (suf.)


Referências

  1. Paul Gallivan, "The Fasti for A. D. 70-96", Classical Quarterly, 31 (1981), pp. 191, 217

BibliografiaEditar

  • Der Neue Pauly, Stuttgart 1999, T. 9, c. 106