Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Marco Perperna.

Marco Perperna Ventão ou Marco Perpena Ventão (? — 72 a.C.; em latim: Marcus Perpenna Vento) foi um general romano. Possivelmente, era filho de Marco Perperna, cônsul em 92 a.C.[1]

HistóriaEditar

 Ver artigo principal: Guerra contra Sertório

Ele levou apoio a Quinto Sertório, na forma de dinheiro e homens, quando Sertório estava na Espanha, com seus aliados ibéricos.[2] Perpenna queria lutar sozinho contra Metelo, mas seus soldados queriam se unir a Sertório.[2] Quando chegaram rumores de que Pompeu estava cruzando os Pirenéus, seus soldados ameaçaram desertá-lo, e ele foi forçado a se unir a Sertório com 53 coortes.[3]

Após o acordo entre Mitrídates VI do Ponto e Sertório,[4] os senadores na Espanha, aliados de Sertório, sentiram ciúmes e inveja de Sertório, tendo sido encorajados por Perpenna.[5]

Perpenna foi o líder na conspiração que assassinou Sertório.[6]

Perpenna usou os exércitos de Sertório para atacar Pompeu,[7] mas foi derrotado e capturado.[8] Perpenna tentou mostrar para Pompeu cartas que tinham vindo de pessoas importantes de Roma, convidando Sertório a vir para a Itália e mudar a constituição,[8] mas Pompeu as queimou sem ler, e executou Perpenna.[9]

Referências

  1. (em alemão) Karl-Ludwig Elvers: Perperna [5]. In: Der Neue Pauly (DNP). Volume 9, Metzler, Stuttgart 2000, ISBN 3-476-01479-7, Pg. 597.
  2. a b Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Sertório, 15.1 [en]
  3. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Sertório, 15.2
  4. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Sertório, 24.1-4
  5. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Sertório, 25.1
  6. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Sertório, 26.1-6
  7. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Sertório, 27.1
  8. a b Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Sertório, 27.2
  9. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Sertório, 27.3