Marco Róscio Célio

Marco Róscio Coelho (em latim: Marcus Roscius Coelius ou Caelius) foi um senador e militar romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de março a abril de 81 com Caio Júlio Juvenal[1]. Existe uma incerteza em relação ao seu nome. Tácito o chama de Caelius, mas a Acta Fratrum Arvalium o chama de Coelius. O que reforça a hipótese de que seu nome possa ser traduzido por Coelho[2] ao invés de "Célio". Birley sugere que ele pode ter tido mais nomes, incluindo "Murena", e acrescenta que há vários Róscios Murenas no século II e que "podem ser seus descendentes"[3].

Marco Róscio Coelho
Cônsul do Império Romano
Consulado 81 d.C.

CarreiraEditar

Célio foi legado da Legio XX Valeria Victrix, que ficava na Britânia, em 68. Depois de brigar com o governador da província, Marco Trebélio Máximo, Célio aproveitou a confusão do ano dos quatro imperadores para fomentar um motim contra ele. Trébelio perdeu o comando do exército e fugiu para a proteção de Vitélio na Germânia. Célio e seus colegas legados governaram a província por um curto período até que Vitélio, já imperador, enviou Marco Vécio Bolano para assumir o comando no final de 69[4].

Depois da guerra civil, Vespasiano convocou Célio, cujo comportamento traiçoeiro havia sido informado a ele e o substituiu como comandante da XX Valeria Victrix por Cneu Júlio Agrícola[5]. Célio foi nomeado cônsul sufecto em 81. Segundo Birley, "o fato de ele não alcançar o consulado até quatro anos depois de seu sucessor como legado sugere que sua carreira foi um pouco impactada por sua conduta em 69"[3].

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Tito VIII

com Domiciano VII
com Aulo Dídio Galo Fabrício Vejento II (suf.)
com Lúcio Élio Pláucio Lamia Eliano (suf.)
com Quinto Aurélio Patumeio Frontão (suf.)
com Caio Mário Marcelo Otávio Públio Clúvio Rufo (suf.)
com Marco Atílio Póstumo Brádua (suf.)
com Quinto Pompeu Trião (suf.)
com Sexto Nerânio Capitão (suf.)
com Lúcio Acílio Estrabão (suf.)
com Marco Tício Frúgio (suf.)
com Tito Vinício Juliano (suf.)

Lúcio Flávio Silva
81

com Lúcio Asínio Polião Verrugoso
com Marco Róscio Célio (suf.)
com Caio Júlio Juvenal (suf.)
com Lúcio Vécio Paulo (suf.)
com Tito Júnio Montano (suf.)
com Caio Cédio Nata Pinário (suf.)
com Tito Tecieno Sereno (suf.)
com Lúcio Carmínio Lusitânico (suf.)
com Marco Petrônio Umbrino (suf.)

Sucedido por:
'Domiciano VIII

com Tito Flávio Sabino
com Lúcio Sálvio Otão Coceiano (suf.)
com Mânio Acílio Avíola (suf.)
com Públio Valério Patruíno (suf.)
com Lúcio Antônio Saturnino (suf.)
com Marco Lárcio Magno Pompeu Silão (suf.)
com Tito Aurélio Quieto (suf.)


Referências